quinta-feira, 30 de abril de 2009

ArõesDigital. Com equipa reforçada

Opinião: 
O ArõesDigital, conta a partir de agora com o nosso jovem Aronense Luis Peixoto, como Director-Adjunto e como conhecedor e experiência desportiva, será o nosso editor desportivo. Estamos em crer que agora os nossos leitores em termos desportivos vai ser dada a oportunidade de ter melhor informação, que isso foi sempre uma lacuna assumida pelo director, e outros momentos que leve a ter destaque jornalístico. Agora toca o trabalho !
A Direcção agradece esta resposta positiva de Luis Peixoto em colaborar aquando do nosso convite.

No 25 de Abril inauguração já é tradição

Opinião: 


Foi no passado dia 26 de Abril e no âmbito das comemorações do 25 de Abril que em Arões São Romão, foi inaugurada a Biblioteca Escolar no escola dos Ferreiros.
Numa cerimonia discreta, com um atraso de meia hora em relação à hora prevista, onde apenas esteve presente um encarregado de educação por cada turma, alguns convidados e populares curiosos, deu-se a assim a inauguração deste espaço que pretende oferecer melhores condições aos alunos daquele espaço.
A honra de retirar a bandeira foi dada ao Presidente da Assembleia de Arões (Vitor Castro) e ao Presidente da Câmara, que deste modo inauguraram oficialmente aquele espaço expondo perante todos a placa alusiva à inauguração.
Numa cerimonia onde intervieram com discursos João Ricardo Lopes e José Ribeiro, salientando a importância de um espaço como aquele na escola primária de Arões e os benefícios que este pode trazer aos alunos.
De referir que este espaço está equipado com três computadores, uma televisão, sofás e dezenas de livros que os alunos daquele espaço poderão usufruir a partir de agora e tirar o melhor proveito.
Na parte final da inauguração foram citadas por dois alunos frases alusivas ao 25 de Abril e acompanhadas por flautas tocadas também por alunos de Música da escola, houve ainda tempo para brindar os convidados com a representação da peça ”A Carochinha e o João Ratão” encenada pelos alunos com o apoio das professoras.

domingo, 26 de abril de 2009

Editorial. Cabe-me dizer uma palavra

Opinião: 
1 - Bem vindos ao novo formato e servidor do ArõesDigital, que desde Março de 2008, vinha dar conhecimento das noticias da terra. Ao desactivarem sem dar água sem caneco ao administrador, optamos por este e mudamos para melhor, porque para melhor será servir os Aronenses e foi nessa ideia que nasceu este jornal. Foram muitos os nossos leitores e os números não deixavam duvidas. No entanto não fizemos concorrência a ninguém, até porque cada um tem um teor especifico, e porque se houver concorrência também não podemos ficar de deixar de pensar que valeu a pena parar uns dias. Vencemos esta crise informática, nunca deixamos de acreditar de continuar a informar. Este foi um sonho jornalístico, sem medo de errar, porque quem erra é porque não faz, e tivemos esperança que nada será impossível, para fazer mais e melhor pelos Aronenses.
2 - Os possíveis, e agora sondagens criadas, informamos que nenhum administrador contribuiu para as sondagens, como também não fazia sentido algum.

Administração

Assembleias aprovam a elevação de Arões (São Romão)

Opinião: 


Neste dia simbólico para Portugal, no auditório da Sede da Freguesia de Arões pelas 21 horas, realizou-se uma assembleia onde um dos pontos da ordem do dia foi a votação para a proposta de elevação da freguesia de Arões (São Romão) à categoria de Vila.
Nesta assembleia a oposição teve a oportunidade de confrontar o executivo, colocando questões as quais queriam obter uma resposta. Entre os vários temas debatidos os democratas colocaram questões nas quais focaram a realização do nó de Arões que permitisse uma ligação à circular de (Fafe - Guimarães) ponto muito reivindicado uma vez tratar-se de uma obra de extrema importância para o desenvolvimento de Arões (São Romão), fez se referência ao estado do pavimento e das estradas no lugar da Laje e na ponte da Portela sobre a circular referindo ainda a má localização do Ecoponto do Lar uma vez que este tem provocado incómodos àquela instituição.
Do outro lado o Presidente da Junta impôs-se e respondeu de forma a que esclarece as questões em causa.
O debate subiu de tom quando questionaram o Tesoureiro da Junta (Joel) relativamente às contas do ano passado, uma vez que este não se mostrou disponível para responder, dizendo que a entoação como a questão lhe foi colocada não foi a melhor uma vez que se sentiu ofendido.
O papel do presidente da Assembleia de Freguesia também foi visado, não só devido à data da marcação desta Assembleia (25 de Abril) que não foi muito oportuna, segundo o PSD e uma vez que segundo os mesmos não soube moderar o debate de forma equilibrada. Sentindo-se ofendido o Presidente da Assembleia esteve quase para encerrar a sessão uma vez que não estavam a respeitar a seriedade e imparcialidade tanto do Secretário como do Presidente da mesa de Assembleia.
Depois da Assembleia Municipal ter aprovado a elevação de Arões a Vila, com apenas duas abstenções, por parte do presidente da Junta de Fafe e um deputado do Bloco de Esquerda em Arões todos votarão a favor da elevação de Arões a Vila.
Esta acta foi de extrema importância uma vez que será enviada para São Bento ficando agora por isso nas mãos da Assembleia da Republica a elevação de Arões à categoria de Vila.

quinta-feira, 23 de abril de 2009

Festas em Honra Nª Senhora de Fátima. Em Oleiros.

Opinião: 



Festas em Honra Nª Senhora de Fátima, a realizar na capela dos Oleiros de trinta de Abril a três de Maio.
2 de Maio (sábado) - 8 horas - Saída dos Zés P´reiras
22 horas - Actuação da banda Akustica
24 horas - Grande sessão de fogo de artificio / continuação da banda Akustica.

3 de Maio (domingo) - 9 horas - Prova de atletismo para todas as idades
14 horas - Actuação do Grupo Folclórico Danças e cantares de Ribas
16 horas - Celebração da Santa Missa
17 horas - Majestosa Procissão
19 horas - Continuação da actuação do Grupo Folclórico Danças e cantares de Ribas
21 horas - Actuação da banda Tentação Latina
22 horas - Encerramento das Festas com grande Sessão de Fogo.

quarta-feira, 22 de abril de 2009

PSD de Arões, reunião magna. Dia oito de Maio

Opinião: 

Com o aproximar das eleições Autarquicas, antes os preparativos para a pré e campanha eleitoral e é natural , que cada vez venham mais militantes e simpatizantes do partido às reuniões, sabendo que esta leva mais rumo na sua formação da equipa, para o dia oito às 21 horas na sua sede da Portela de Arões.

domingo, 19 de abril de 2009

Jantar do Arões sport Clube

Opinião: 

No próximo dia nove de Maio, vai o ArõesSportClube realizar o seu habitual jantar anual. Este Jantar /convivio, com animação musical, terá lugar na quinta da Torre, em Paço Vieira (Guimaraes ). Devem os interessados contactar a direcção da colectividade para marcar a sua presença. Esta também é uma forma de contribuir para a colectividade desportiva mais representativa de Arões.

sábado, 18 de abril de 2009

Notícia Correio de Fafe

Opinião: 
ELSA LIMA, Correio de Fafe, 17 de Abril de 2009 – n.º1100

Cinco anos depois de ter sido apresentado no Parlamento

Projecto de elevação de Arões São Romão a vila volta a ser apreciado.

Assembleia Municipal de Fafe vai discutir projecto de lei apresentado por Luis Marques Mendes e Eugénio Marinho e dar o parecer em falta. Câmara já renovou parecer favorável.

Volvidos cinco anos de ter sido apresentado no Parlamento em Outubro de 2004, pelos deputados fafenses, Luís Marque Mendes e Eugénio o Marinho, o Projecto de Lei que tem em vista a elevação da Freguesia de Arões São Romão à categoria de vila vai, finalmente, ser apreciado na Assembleia de Fafe agendada para o próximo dia 23 de Abril, que dará o parecer sobre o mesmo. Lembre-se que foi precisamente a falto parecer da Assembleia Municipal de Fafe que impediu que o assunto subisse a plenário no Parlamento, em Dezembro desse ano, deixando esta pretensão em águas de bacalhau. Nessa altura a dissolução do Parlamento fez com que a votação deste e de outros projectos fosse antecipada, e por sinal, para uma data anterior ao dia em que o assunto seria levado a Assembleia Municipal para votação, surgindo assim o problema. Já existiam os pareceres da Assembleia de Freguesia, da Junta de Freguesia e da Câmara Municipal, faltou o parecer da Assembleia Municipal, o que inviabilizou que o projecto subisse a plenário. Um assunto que deu polémica, na altura, uma vez que se colocou a hipótese de ser feito um parecer pela mesa da Assembleia Municipal, que seria ratificado na Assembleia Municipal de Fafe, mas quando contactado para o efeito, o presidente da Assembleia Municipal, Laurentino Dias, recusou-se a fazê-lo, entendendo que não era o procedimento correcto. Uma recusa que não caiu bem para o lado do PSD que imputou responsabilidades a Laurentino Dias pelo facto de Arões S. Romão não ter sido elevada à categoria de Vila. Em declarações ao Correio de Fafe, nessa altura, Laurentino Dias disse que se limitou a respeitar a lei “que manda submeter à votação da Assembleia Municipal. E tanto eu, como o doutor Eugénio Marinho, enquanto juristas, temos de ser os primeiros a respeitar a lei”, declarou na altura.
Em 23 de Dezembro de 2005, já após Eugénio Marinho ter deixado o parlamento, o PSD voltou a apresentar o mesmo Projecto de Lei, que aparece agora no último ponto da ordem de trabalhos da próxima Assembleia Municipal de Fafe, para ser discutida.

Câmara renova parecer favorável

O projecto de lei foi já levado ontem dia 16 de Abril, à reunião do Executivo Municipal que renovou o parecer favorável dado em 2004. “Já tínhamos dado anteriormente esse parecer e não há razões para modificar”, disse o presidente da Câmara.
Ainda assim, José Ribeiro que nunca olhou com muito entusiasmo para a ideia, afirma que mantêm a mesma opinião, apesar de Arões São Romão reunir os requisitos mínimos exigidos para a elevação. “Apesar de haver requisitos mínimos para a qualificação dos locais, todos nós conhecemos vilas que não deixaram de ser freguesias e aglomerações predominantemente rurais”, disse.
Apesar de Arões São Romão ser a segunda freguesia mais populosa do concelho, ter industria e gerar emprego, “daí a identificarmos com urbanidade, vemos pouco. Agora, quanto aos equipamentos que a assembleia define como essenciais para essa qualificação, se eles existem, se é aspiração também da própria freguesia, nós não temos nada a objectar a essa aspiração”, declarou.

Argumentos defendidos

Em 2004, os parlamentares subscritores do Projecto de Lei 513/IX/3, Luís Marques Mendes e Eugénio Marinho, consideraram que Arões São Romão reunia todas as condições necessárias e cumpria os requisitos legais exigíveis, à sua elevação a Vila, sustentando que “tal facto contribuirá, por certo, para ampliar o seu crescente desenvolvimento e incentivará a instalação dos poucos serviços e equipamentos de que ainda carece”.
No documento, que foi emitido no dia três de Novembro de 2004 e que, na mesma data, baixou à Comissão de Poder Local, Ordenamento do Território e Ambiente, Luís Marques Mendes e Eugénio Marinho enumeraram as potencialidades e os serviços de que dispõe a freguesia apontada como “eminentemente industrial” onde a agricultura assume um papel de destaque, nomeadamente na vitivinicultura, realçando a existência de uma marca de vinho rotulada – “Quinta de Naíde”.
No documento, são ainda destacadas as boas acessibilidades, equipamentos e serviços existentes, justificando a sua elevação à categoria de vila.

ELSA LIMA, Correio de Fafe, 17 de Abril de 2009 – n.º1100