domingo, 21 de junho de 2009

Divulgação do nome de Arões pelo Grupo de Concertinas da Casa do Povo de Arões

Opinião: 
Um pouco por toda a região do Minho multiplicam-se os grupos de tocadores do popular instrumento. Os encontros de concertinas fazem já parte obrigatória do programa das principais romarias e a de Braga não foge à regra.No dia 20 de Junho à tarde, grupos vindos um pouco de todo o distrito participaram no ‘Encontro de Tocadores de Concertinas do Minho’, uma organização da delegação de Braga do Inatel, em colaboração com a Associação de Festas de S. João.Em tarde de intenso calor o público não era muito, mas vontade de tocar foi coisa que não faltou aos grupos participantes. Mesmo antes da entrada em palco, não paravam de tocar, conferindo à Avenida Central o ambiente sonoro próprio das romarias minhotas.

Com idades compreendidas entre os 7 e os 14 anos de idade o Grupo de Concertinas da Casa do Povo de Arões é sem dúvida um dos grupos mais jovens do encontro que decorreu mas isso não lhes tira nenhum mérito porque o espectáculo foi garantido. Exibindo-se perante a plateia numa das mais prestigiadas Avenidas de Portugal a Avenida Central de Braga esta foi sem dúvida mais uma conquista para este grupo.

Com um pouco mais de um ano de existência, este agrupamento é o resultado de um curso de concertinas organizado por José Baptista na Casa do Povo de Arões. O maestro do grupo revelou que tem muitos espectáculos marcados até ao final do Verão. José Baptista, que é também director do Rancho Folclórico da Casa do Povo de Arões, ensina a concertina a 25 jovens, confirmando também ele que o popular instrumento “está na moda”
adaptação: Correio do Minho

Sem comentários:

Enviar um comentário