sábado, 12 de setembro de 2009

Nulo abre época em Arões

Opinião: 
As oportunidades criadas pelos aronenses não se traduziram em golos que poderiam muito bem ter aparecido durante a partida.
Os cerca de 300 adeptos que assistiram ao jogo em Arões procuraram a sombra para assistirem a esta partida devido à temperatura elevada registada à hora do jogo.

Logo no pontapé inicial dado pelo Arões a equipa da casa tentou a velocidade de Broquinha para criar perigo.
Corridos 10 minutos de jogo na sequencia de uma falta que resultou em amarelo para a equipa do Prado e através da conversão do livre por Romeu no bico da área, César saltou mais alto que a defesa forasteira mas o seu toque na bola apenas resultou num pontapé de baliza depois da bola ter saído pela linha de fundo. Aos 15 minutos de jogo o Arões registou uma baixa. Romeu sentiu fortes dores nos gémeos e apesar da vontade de este em continuar em campo ser manifesta tal não foi possível entrando assim para o seu lugar Bruno. No primeiro canto da partida aos 24 minutos de jogo, convertido por António, não resultou numa jogada de perigo depois de este ter sido convertido directamente para a baliza escapando-se pela linha a bola.
O jogador Piruta encantou os adeptos quando pegou na bola no lado esquerdo de Arões driblando-a com fintas pelo corredor esquerdo conseguindo fazer ainda uma “coxinha” numa jogado que culminou com um remate forte que não passou muito longe do poste esquerdo do Prado.
Na primeira parte registe-se também um remate forte baixo pela equipa do Prado que a cerca de 35 metros da baliza de Arões.
Na segunda parte o Prado entrou melhor conseguindo a posse de bola e obtendo uma série de cantos nos primeiros instantes. E aos cinco minutos do segundo tempo um remate de fora de área imprevisível colocado com força bate com estrondo na barra dos de Arões com o guarda redes aronense a ficar fixo ao chão seguindo a bola com os olhos.
A superioridade inicial registada pelo Prado foi diminuindo e o Arões através de um canto cobrado por Piruta poderia muito bem ter chegado ao golo por intermédio de Tiago que de cabeça coloca a bola nas redes laterais. Não só através de cantos mas também através de livres o Arões tentou chegar ao golo. No final do jogo um lance polémico “gelou” Arões, onde o guarda redes aronense fica mal na fotografia, atrapalhando-se permitindo a bola fugir-lhe das mãos depois da cobrança de um livre, o Prado ainda reclamou golo mas a equipa de árbitros deu por terminado o jogo.

Equipas apresentadas:

Arões SC: Ricardo; Peixoto; Nuno; Zézinho; César; Vitinha; Piruta; Romeu (Bruno 13’); António; Tiago (Vasco 85’); Broquinha (Ângelo 80’)
Treinador: Luís Gomes


Prado: João Pedro; Bruno Dias; Banana; Hernani; Joy; Martinho; Lelo; Sérgio; Lagoa (Pedro Reis 70’) ; Diego; Barroso
Treinador: João Santos

Sem comentários:

Enviar um comentário