sábado, 14 de novembro de 2009

Divisão de Honra: Arões SC 2 x Apúlia 0

Opinião: 


Arões e Apúlia disputaram este Sábado mais um jogo a contar para a Divisão de Honra, relativo à 8ªjornada. O Arões, equipa que ainda não perdeu esta época, procurava manter esse registo e tentar somar os três pontos para consolidar a sua posição nos lugares mais cimeiros da tabela classificativa. Já o Apúlia, que melhorou as suas prestações e resultados nos últimos jogos, após um mau início de época, viajou a Arões com o intuito de manter esse crescimento recente de exibições e resultados.
O árbitro apitou para o início da partida e logo no primeiro minuto de jogo, a equipa da casa beneficiou de um canto. E foi através desse canto que surgiu aos dois minutos de jogo o primeiro golo, por intermédio de Piruta. O Arões entrava praticamente a vencer no encontro e isto entusiasmou os adeptos que assistiram ao mesmo. O Apúlia, em desvantagem, tentou responder e aos 9’, Carlos enviou a bola à trave da baliza do Arões. Muito por mérito dos visitantes, a formação de Luís Gomes reduzia-se ao seu meio campo, tentando travar as investidas do Apúlia que, ao longo da primeira parte após o golo consentido, esteve sempre com mais vontade para chegar ao empate. Aos 30’, talvez a melhor oportunidade para o Arões chegar ao segundo golo: Tiago cruza e Romeu aparece isolado, mas de primeira e com o seu pior pé (o direito) rematou fraco e o esférico saiu ao lado da baliza de Stray. A partir daqui, o jogo, se já pobre estava, pior ficou, pois a bola não saía do meio campo. Ambos os treinadores estavam muito interventivos mas as equipas não reagiram. Ao intervalo, o Arões vencia por 1-0, num jogo pouco espectacular.

Regressados dos balneários, os jogadores voltaram para a segunda parte. Aos 48’, Duarte Nuno carrega Marco Lima. Os visitantes reclamaram penalti, no entanto o árbitro mandou seguir o jogo. Fica a dúvida no primeiro lance discutível no encontro. O Apúlia, mais determinado, procurava constantemente chegar ao empate. O seu treinador fez duas substituições ao longo da segunda parte, para dar mais frescura, nomeadamente, ao ataque da equipa. Aos 67’, Carlos, de livre directo, remata colocado mas a bola saiu um pouco ao lado da baliza de Abreu. No entanto e sem nada o fazer prever, o Arões chegou ao “golo da tranquilidade”: aos 77’, uma falha do defesa André, com o atleta do Arões, Ângelo, recentemente entrado no jogo, a ficar isolado, e a encostar para o fundo da baliza de Stray. Aos 80’, os atletas do Apúlia pediram novamente penalti, por alegada mão de Ibrahima. Fica mais uma vez a dúvida se existe ou não, penalti a favor dos visitantes. Até ao final do jogo, o Apúlia tentou ainda chegar ao golo para incomodar os atletas da casa, mas sem sucesso. O final do jogo chegou e o Arões somou mais 3 pontos, num jogo que, para a formação de Luís Gomes, valeu bem mais pelo resultado, do que pela exibição.

Resultado final: Arões 2 x Apúlia 0

Golos: Piruta, 2’; Ângelo, 77’.

Jogo realizado no Centro para a Formação e Juventude de Arões, em Arões S.Romão, às 15:00h. As equipas alinharam com:

Arões SC: Abreu, Peixoto, Duarte Nuno, Vitinha, Zézinho, Ibrahima, Romeu, Bruno, Piruta (Ângelo, 69’), António (Vasco, 83’), Tiago (Raimundo, 77’). Treinador: Luís Gomes.

Apúlia: Stray, André, Matreco, Ricardo, Sousa, Milhares (Tiago Rocha, 63’), Trinta, Manso (Torres, 55’), Jijo, Carlos, Marco Lima. Treinador: Sérgio Lino.

Disciplina - Cartões amarelos: Carlos (Apúlia) 55’; Trinta (Apúlia) 58’; Matreco (Apúlia) 74’; Zézinho (Arões SC) 78’.

Equipa de arbitragem: Nélson Freitas, auxiliado por Hugo Matos e Luís Costa.

Melhor em campo ArõesDigital: Ibrahima (Arões SC) – O médio senegalês do Arões cumpriu da melhor forma a posição no eixo defensivo, numa posição que não costuma ocupar. Exceptuando o lance polémico aos 80’, na área do Arões, o atleta esteve sempre atento às movimentações atacantes do Apúlia e correspondeu da melhor forma às tentativas de ataque dos visitantes, travando as mesmas.

Na próxima jornada, o Arões desloca-se ao terreno do Águias da Graça, para a 9ªjornada da Divisão de Honra.
Texto: Ricardo Castro
Fotos: João Laranjeiro

Sem comentários:

Enviar um comentário