segunda-feira, 9 de novembro de 2009

Divisão de Honra: Martim 2 x Arões SC 2

Opinião: 
Martim e Arões entravam em campo separados por apenas um ponto na classificação. Uma vitória de qualquer das equipas colocá-la-ia numa posição bem confortável na tabela classificativa.

Ainda no decorrer do aquecimento das três equipas intervenientes no encontro, o árbitro da partida lesionou-se, levando a que um colega de equipa dirigisse o encontro.
Este era um bom teste para pôr à prova a consistência defensiva aronense e a sua eficácia no ataque. O Martim, melhor defesa do campeonato, iria tentar complicar a vida da formação de Luís Gomes ao máximo.
Praticamente sem nada o ter justificado o Martim chegou à vantagem, beneficiando de uma perda de bola de Duarte Nuno, em que o adversário envia o esférico para a área e um colega inaugura o marcador.
O Arões teve na 1ª parte uma prestação razoável, enviando a bola ao poste por duas vezes:
a primeira num livre de Romeu que obrigou o guarda-redes do Martim a aplicar-se a fundo. Por sua vez, Tiago (na foto), num lance onde aparece descaído sobre o lado direito, tenta desviar a bola do alcance do guarda-redes que saiu aos seus pés, mas a bola embate novamente no poste.
Ao intervalo o Martim regressava aos balneários em vantagem (1-0).



Início da 2ªparte: as equipas voltaram ao terreno de jogo. O Arões entrou melhor, determinado e com ganas de mudar o resultado com mais determinação. Luís Gomes fez recuar Bruno para central, avançando Vitinha para trinco, melhorando significativamente a prestação da equipa.
Ainda nos primeiros 10 minutos da segunda parte, surge um lance duvidoso na área do Martim, com os atletas do Arões a reclamaram penalti. Mas assim não entendeu o juiz da partida.
Até que aos 60 minutos o árbitro assinala um livre a favor do Arões. Romeu encarregou-se de colocar o esférico na área, onde aparece Tiago, com este a cabecear para trás e Duarte Nuno a rematar forte, colocando justiça na partida. O esforço recompensava no fim do primeiro terço da segunda parte a equipa forasteira, que muito fez para chegar ao golo.
A meio da segunda parte, revés para o Arões: Duarte Nuno lesionou-se, obrigando Luís Gomes a mexer mais uma vez no eixo da defesa. Relembre-se que César por castigo e Beijinhos, por lesão, não deram o seu contributo à equipa neste desafio importante. Desta vez seria Ibrahima a recuar no terreno para cumprir funções defensivas.
No entanto e um pouco contra a corrente do jogo o Martim, equipa muito combativa, também na sequência de um livre colocou-se em vantagem aos 75 minutos, num belo cabeceamento, sem oposição da defensiva do Arões. Posto isto, parecia que o Martim iria ganhar motivação para conseguir os três pontos mas aos 80 minutos o Arões chegou de novo ao empate, de penalti: um remate leva a bola em direcção à baliza e a bola é impedida de seguir o seu trajecto pela mão de um adversário. Desta vez e sem dúvidas o juíz da partida assinalou a infracção. Tiago pega na bola e assume a marcação do penalti. Com sucesso, o avançado do Arões coloca a baliza no fundo das redes. O guarda-redes da equipa local ainda tenta defender mas a bola ultrapassa a linha de golo.

Ainda antes do final da partida a formação de Luís Gomes poderia ter alcançado a vitória, com um lance em que o guardião da equipa da casa viu a bola embater novamente no poste.
No último lance da partida, os atacantes do Martim também permitiram que Abreu, o guarda-redes do Arões, mostrasse as suas qualidades.

O jogo terminou com um empate (2-2), destacando-se uma segunda parte de grande entrega e valentia da equipa do Arões.

A equipa de Luís Gomes ocupa agora a 4ªposição, com 11 pontos, e com um belo registo, sem derrotas até ao momento. Na próxima jornada, o Arões recebe o Apúlia, num jogo a contar para a 8ªjornada do escalão maior do futebol distrital da AF Braga.

Sem comentários:

Enviar um comentário