sábado, 28 de novembro de 2009

Taça AF Braga: Arões vence Arco (1-0) e confirma passagem à eliminatória seguinte.

Opinião: 
Foi com uma vantagem de 4 golos, conquistada na 1ªmão que o Arões entrou para este jogo com o Arco de Baúlhe. A passagem da equipa de Luís Gomes era praticamente certa, e o treinador aproveitou para colocar em campo alguns jogadores mais novos.
Devido à forte chuva e algum vento que se faziam sentir na vila de Arões, as condições para a prática de um bom jogo não foram as melhores, nomeadamente na 1ªparte, bem como para a presença de um maior número de adeptos que costumam assistir aos jogos realizados em casa.

Na 1ªparte, o jogo foi equilibrado e logo aos 6 minutos, o Arco “cheirou” o golo e conseguiu ganhar um canto, do qual resultou uma saída em contra-ataque do Arões, em que Vasco correu com a bola desde o meio campo, isolado, mas o chapéu que tentou fazer ao guarda-redes dos visitantes não teve sucesso. Ambas as equipas, com atitude, tentavam chegar ao golo mas as oportunidades não surgiam pelo que, a 1ªparte terminou com uma justa igualdade (0-0).

Para o recomeço do jogo, ambos os treinadores alteraram jogadores na sua equipa, com o intuito dos mesmos darem algo de novo ao jogo. O Arco, sem nada a perder, entrou bem na 2ªparte e os jogadores trocavam bem a bola, mas na hora do remate as coisas não saíam bem. Mas o Arões com o jogo controlado, chegou à vantagem ao minuto 58 - Vasco liberta-se bem ds defesas do Arco e cruza, onde Romeu cabeceia para a pequena área e Carlos encosta para o fundo da baliza.

Ao minuto 65, o Arões, por Broquinha, apareceu isolado na direita e rematou forte, mas a bola passou um pouco acima da trave. Os treinadores aproveitaram o decorrer do jogo para esgotarem as substituições e Luís Gomes lançou Novais, para a baliza, para “ganhar” minutos e mostrar as suas capacidades. Até ao final do jogo manteve-se o equilíbrio, em que o Arco tentou por várias vezes o golo de honra na eliminatória, mas não o conseguiu. Soou o apito final do árbitro, para o fim do jogo, em que o Arões, justa e incontestavelmente confirmou a passagem à próxima eliminatória da Taça, num total de 5-0 no conjunto dos dois jogos. O Arco fica pelo caminho, mas mostrou que tem qualidade e capacidade para fazer boas coisas no futuro.

Jogo realizado no Centro para a Formação e Juventude de Arões, às 14:30, na vila de Arões São Romão.

As equipas alinharam com:

Arões SC: Abreu (Novais, 74’), Luís Carlos (Carlos, 45’), Bruno, Costa, Hélder Silva, Ibrahima, Fábio (Broquinha, 57’), Romeu, Raimundo, Vasco, Ângelo. Treinador: Luís Gomes.

Arco de Baúlhe: Paulo, Pedro, Nuno, Isidro, Moreira, Tiago Pacheco (Licínio, 60’), Filipe, Tiago, Jorge (Zequinha, 45’), Zé Arlindo (Edu, 45’), Simão. Treinador: Rui Rovira.

Árbitro: José Santos Silva, auxiliado por Joaquim Gaio e Joel Vale.

Disciplina – Cartões amarelos a: Luís Carlos (Arões) 25’; Pedro (Arco) 43’; Moreira (Arco) 44’. Cartões vermelhos: nada a registar.

Na próxima jornada do campeonato há “jogo grande” em Arões, com um prometedor desafio entre o Arões e o Taipas, equipa esta que lidera o campeonato e ainda não perdeu qualquer jogo.

Sem comentários:

Enviar um comentário