domingo, 10 de janeiro de 2010

Arões foi a Esposende "pescar" 3 pontos!

Opinião: 
Arões SC 3-2 Esposende
Golos:

Tiago aos 2 e 25 min
Romeu aos 7 min


Rui Silva
Na deslocação ao líder do campeonato, o Arões partia de Fafe confiante num bom resultado. E assim foi, a vitoria sobre o Esposende não sofre qualquer contestação.
Uma entrada de rompante, garantiu dois golos à equipa de Luís gomes. Logo no segundo minuto de jogo, uma falta assinalada a favor do Arões, na zona frontal da baliza. Romeu que habitualmente marca este tipo de lances, toca a bola para Tiago que remata vitoriosamente, enviando a bola a embater no poste e a entrar na baliza do Esposende. Volvidos 5 minutos Romeu apanha uma bola a saltar na sua frente à entrada da área, desferindo um remate violento, com a bola a parar no fundo das redes.
A vantagem de dois golos para o Arões, originou que o Arões protegesse a sua retaguarda, com naturalidade o Esposende teria de reagir ao resultado adverso.
Mas foi necessário esperar pelo minuto 30 para ver o golo do Esposende, apontado por um Aronense. Romeu na disputa de bola com o adversário tenta cabecear para fora, mas acaba por fazer um auto golo.
A 5 minutos do intervalo um atleta do Esposende esbarra-se em Duarte Nuno e o juiz da partida em cima do lance aponta a marca de penalti. Formoso chamado à conversão, falha o golo.
Notas desta 1ª parte, para o trabalho de Abreu que não sendo chamado a muito trabalho, esteve sempre bem quando foi chamado a intervir. E para a marcação de um livre erradamente a favor do Arões, quando se deveria ter marcado penalti, numa falta sobre António. Este mesmo atleta também sofreria uma falta violenta, ficando o cartão “ avermelhado” por mostrar ao atleta do Esposende.
No regresso dos balneários, notou-se nos atletas do Arões, que o jogo não estava ganho.
Não se observando como se poderia prever, a colocação do Autocarro à frente da baliza.
Consciente do valor do adversário o Arões fez o seu jogo, e com algum espaço aos 55 minutos, o Esposende reduz para 2-3 num remate fora da área, com Abreu a deixar escapar a bola, depois de tentar agarrar a bola.
O Arões continuou o seu jogo personalizado, sempre com o contra-ataque na mira, poderia ter ampliado o resultado. Quanto ao Esposende, procurou em Formoso a solução para os seus problemas, com bolas lançadas na frente e aproveitando os livres, em que Formoso é especialista. Mas em vão, pois os lances de verdadeiro perigo foram escassos.

Já em tempo de compensação duas situações dignas de registo, Abreu evita a igualdade e Vitinha vê o segundo amarelo e consequente vermelho ao 94º minuto, ficando desta forma privado de dar o seu contributo á equipa no próximo encontro em casa, frente ao Vilaverdense.

Sem comentários:

Enviar um comentário