sábado, 13 de março de 2010

Divisão de Honra AF Braga - 22ªjornada: Arões S.C. 1 x Martim 1

Opinião: 
Golaço de Tiago não foi suficiente para a vitória.

O Arões recebeu o Martim e não foi além de um empate a uma bola. Dois pontos de distância entre estas equipas à partida para este jogo, e no final do jogo manteve-se, com vantagem para o Arões.


Aos 9 minutos, livre directo de Zé Miguel, do lado esquerdo, com Abreu a intervir bem na primeira vez em que foi chamado a tal. Na sequência do lance, o Martim beneficiou de dois pontapés de canto, mas sem perigo para a equipa do Arões. No primeiro quarto de hora, os visitantes conseguiram ter mais posse de bola, criando mais oportunidades. Aos 16 minutos, remate de Pedro Nuno mas nova defesa, tranquila, de Abreu. Pouco depois, no minuto 19, Filipe bate mal um pontapé de baliza, Romeu aproveita a bola e remata de pronto, mas pressionado por um adversário, não conseguiu fazer melhor do que enviar a bola ao lado. No minuto seguinte, o árbitro mostra o cartão amarelo a Romeu, por alegadamente ter simulado uma grande penalidade.

Aos 25 minutos Zézinho, pelo flanco esquerdo efectua um cruzamento, com a bola a bater num atleta do Martim e Piruta, na sobra, a rematar mas por cima da baliza. Zé Miguel entrou novamente em acção ao minuto 28, rematando à baliza e Abreu a intervir bem mais uma vez. A partir daqui o Arões impôs-se no jogo, e no minuto seguinte Romeu marca um livre para a área com cabeçeamento de Tiago para defesa apertada de Filipe. À meia-hora de jogo, Tiago pela direita, tira um adversário do caminho mas ainda pressionado por este, não conseguiu mais do que um remate à malha lateral. Aos 33 minutos, o Martim dispôs de um livre indirecto, após pé em riste de Zézinho mesmo à entrada da área. Na cobrança do livre, Quinteiro enviou a bola contra a barreira de jogadores formada pelo Arões. Cinco minutos depois, António ganha um canto e marca-o para a área, onde após sucessivos toques a bola fica em Romeu que remata em direcção à baliza mas Filipe a evitar o primeiro golo, na melhor defesa do guarda-redes visitante. Aos 41', passe a rasgar de António que isola Piruta mas Filipe opôs-se ao lance de ataque do Arões, chegando primeiro que o jogador do Arões e a bola saíu pela linha de fundo.



No último lance da primeira parte, António, pelo lado direito à entrada da área, desfere um potente pontapé, mas o guarda-redes do Martim "disse" mais uma vez não ao golo do Arões, e ao intervalo o empate acabava por se ajustar.

O Arões entrou melhor na segunda parte e, nem um minuto decorrido e num lance disputado na área da equipa de Paulo Faria, Tiago cabeçeia forte para (mais uma!) espectacular defesa de Filipe. Aos 53 minutos surgiu a melhor ocasião de golo para o Arões: remate à entrada da área de António de pé esquerdo, com selo de golo mas o esférico encontrou a trave no caminho. Aos 58 minutos, Tiago, com astúcia, ganha a bola na linha de fundo e toca para Piruta, que por sua vez deixa para Romeu e o médio do Arões rematou com o "pé cego", o direito, e a bola foi ao lado.

As equipas tentavam inaugurar o marcador mas o nulo parecia cada vez mais uma realidade. Mas eis que surgiu um período frenético na partida. Aos 64 minutos, Ricardo Cruz, após bola introduzida na área do Arões, remata mas a bola passou um pouco por cima da trave, no entanto, sofrendo um desvio, que deu canto. Na sequência do canto, Beijinhos falha o corte ao primeiro poste e na confusão, Roque desviou para o fundo da baliza, marcando o primeiro golo, aos 65'. No entanto, o Arões foi 100% eficaz na resposta. Livre favorával à equipa de Luís Gomes, toque de Romeu para Tiago, e o avançado do Arões, pleno de intenção, manda um míssil para o fundo da baliza de Filipe, num golo daqueles da fazer levantar um estádio. Sem hipóteses.


Aos 70', canto de Romeu do lado esquerdo e António salta mais alto que os seus oponentes mas a bola passa a centímetros do segundo poste. Passados dez minutos, Tiago tenta de novo fazer o gosto ao pé mas o seu remate de meia distância não criou perigo. Aos 82', livre de Zé Miguel e Abreu, após alguns toques consegue evitar o golo da vantagem do Martim. A três dos noventa, livre de Quinteiro da direita, para a área mas a bola foi direitinha parar às mãos do guardião do Arões.

No final, um empate a uma bola, que mantem o Arões nos lugares cimeiros e com os mesmos dois pontos de vantagem sobre o Martim.

Jogo realizado no Centro para a Formação e Juventude de Arões, às 15:00h.

Árbitro: Gaspar Fernandes, auxiliado por Hugo Fernandes e Pedro Sequeira.

Arões S.C.: Abreu, Vitinha (cap.), Beijinhos, Duarte Nuno, Zézinho, César, Ibrahima, Romeu (Miguel Castro, 85'), Tiago, António (Raimundo, 76') e Piruta (Ângelo, 80'). Treinador: Luís Gomes.

Martim: Filipe, Júlio, Roque, Pedro, Quinteiro, Horácio, Zé Miguel (Pedro Cepa, 90'), Pedro Nuno, Ricardo Cruz, Zé Luís (Óscar, 85') e Gonçalo (cap.). Treinador: Paulo Faria.

Disciplina - cartões amarelos a: Romeu (Arões), 20'; Gonçalo (Martim), 62' e Roque (Martim), 78'.

Golos: Roque, 65' e Tiago, 66'.


Fotos: Rui Silva.
.

Sem comentários:

Enviar um comentário