domingo, 28 de março de 2010

Divisão de Honra AF Braga - 24ªjornada: Arões S.C 3 x Águias da Graça 1

Opinião: 
Vitória sofrida, mas justa.

O Arões consolidou e isolou-se, no terceiro lugar na Divisão de Honra. Na recepção ao Águias da Graça, a turma de Luís Gomes venceu por 3-1.

Aos 6 minutos, Romeu deu o primeiro sinal de algum perigo quando, na área, ganha uma disputa de bola mas na tentativa de servir Tiago, não foi bem sucedido porque um defesa do Águias cortou a bola. No minuto seguinte, o primeiro remate, por Tiago, à baliza, mas Salto opôs-se bem. A equipa visitante respondeu através de um cruzamento para a área ao qual Abreu desvia o esférico com uma palmada e cede lançamento. Aos 20 minutos, remate frontal de Ibrahima com o pé esquerdo mas o guarda-redes do Águias defendeu. Cinco minutos depois, Romeu pelo flanco direito cruza para a área onde aparece Hélder ao segundo poste a cabecear bem mas Salto fez uma defesa espectacular. No minuto 27, Valete lesionou-se e saiu do terreno de jogo mas pouco depois regressou. Esta situação viria a suceder-se com alguma frequência no jogo, com alguns atletas, nomeadamente do Águias da Graça.

O Arões estava instalado no meio campo adversário mas, contra a corrente do jogo, os visitantes chegaram à vantagem, num livre para a área onde após alguns toques, Marinho introduziu a bola no fundo da baliza. Na resposta, o Arões podia ter empatado, não fosse o remate de Romeu defendido pelo guardião do Águias. Logo após a equipa de Luís Gomes teve dois cantos a seu favor mas deles nada resultou. Aos 38 minutos, de livre, Romeu toca para Tiago e o avançado do Arões disparou uma "bomba" que passou muito perto da trave. Ainda antes do intervalo Romeu podia ter empatado quando dispôs de espaço para progredir até à área mas não o fez e o remate passou bem longe do alvo.


Para a segunda parte ambos os treinadores não procederam a alterações na equipa. Nos primeiros minutos, duas paragens para assistência a jogadores da equipa de Lininho. O primeiro lance digno de registo da etapa complementar aconteceu aos 57 minutos, numa boa jogada da equipa visitante, com cruzamento de Gala e Marinho a rematar cruzado, com a bola a passar a centímetros da baliza à guarda de Abreu. Passados dois minutos, jogada de insistência do Arões na área, por Hélder, que deixa para Tiago e este simula e remata logo de seguida mas Salto defendeu com o pé, para canto.

À hora de jogo, Luís Gomes fez a primeira substituição, colocando Piruta em campo por troca com António. O certo é que, com a raça de Piruta e a sua luta, as coisas parece que melhoraram e aos 64 minutos, Romeu bate um livre da direita, a cerca de 25/30 metros da baliza para a área, onde apareceu César ao segundo poste que cabeceou e Tiago encostou para o empate. O Arões continou à procura do golo, agora o da vantagem. César subiu no terreno em apoio a Tiago e Piruta. O brasileiro do Arões tentou a sua sorte aos 68 minutos através de um remate a meio do meio campo, mas a bola passou bem ao lado. O Águias ainda ia dando um ar da sua graça mas sem grande perigo. Aos 74', Afonso remata mas ao lado; aos 79, livre de Lixa para a área e Valete cabeceia masp ara fora. No entanto, já havia sido assinalado fora de jogo. No minuto seguinte Romeu, de livre directo, atira um pouco por cima da baliza. O tempo escasseava cada vez mais mas eis que, aos 84 minutos, o Arões chegou ao merecido golo da vantagem: canto de Piruta, do lado esquerdo do modo como atacava a equipa aronense e César cabeceia na área para o fundo da baliza.



Aos 87 minutos numa jogada na área da equipa visitante, Vasco cabeceia mas Salto segurou bem a "redondinha". No entanto, o Arões continuava a pressionar e no minuto seguinte, Vitinha deixa para César, que envia a bola para a área e Piruta aparece sozinho à entrada da área, cabeceando para o terceiro golo do Arões. O árbitro deu 5 minutos de compensação, talvez devido às excessivas paragens no jogo para assistência a jogadores do Águias da Graça.

Vitória justa do Arões, que sofreu a bom sofrer para arrancar este triunfo que coloca o Arões a 3 pontos do agora líder, Esposende, e a 2 pontos do 2º, o Taipas.

Nesta partida, destaque para dois homens do Arões, talvez os melhores em campo, César, que demonstrou um espírito de sacrifício inesgotável e ajudou muito na linha da frente e à conquista da vitória com um golo e duas assistências, e Piruta, que dinamizou a equipa após a sua entrada em campo, tendo feito igualmente um golo e também uma assistência.

Jogo realizado no Centro Para a Formação e Juventude de Arões, na Vila de Arões São Romão.

Árbitro: Luís Cunha, auxiliado por Fancisco Mendes e Carlos Torres.

Arões S.C: Abreu, Vitinha (cap.), Duarte Nuno, Bruno, César, Zézinho, Ibrahima, Romeu (Miguel Castro, 80'), Tiago, António (Piruta, 60') e Hélder (Vasco, 74'). Treinador: Luís Gomes.

Águias da Graça: Salto, Siso, Rui Costa (Bruno I, 71'), Valete, Agostinho, Barbosa (Gama, 86'), Lixa (cap.), Maca, Gala, Marinho e Gusto (Afonso, 65'). Treinador: Lininho.

Disciplina - cartões amarelos a: Agostinho (Águias), 49' ; Tiago (Arões), 54' ; Romeu (Arões), 78' ; Valete (Águias), 87' e Piruta (Arões), 88'.

Golos: Marinho, 31' ; Tiago, 64' ; César, 84' e Piruta, 88'.

Fotos: Rui Silva.

Sem comentários:

Enviar um comentário