sábado, 6 de novembro de 2010

2.ª Div. Distrital AF Braga - 7.ª Jornada: Regadas, 0 - Agrupamento, 2

Opinião: 
.
Texto: João Carlos Lopes /Fotos: Tiago João Lopes

.
Monumental golo de Freddy na fuga para a vitória
.
O Agrupamento de Santa Cristina venceu o Regadas, em Silvares S. Martinho, por 2-0, numa partida em que a união dos de Arões contrastou com alguma desordem por parte dos regadenses. Mas isso tem uma explicação. É que o Agrupamento entrou melhor na partida e, logo aos cinco minutos de jogo marcou um golo digno dos melhores compêndios de futebol. Paulinho, um dos homens do jogo, marcou um canto que sofreu um primeiro desvio, a bola subiu, Freddy mediu a trajectória da mesma e aplicou-lhe um magnífico pontapé de bicicleta fazendo a bola entrar no ângulo da baliza à guarda de Cláudio Faria. Lembram-se do golo do Pelé no filme “Fuga para a vitória”? Este golo teve muitas semelhanças, com a única diferença de ser apontado dentro da área. Foi um poema ao futebol a confirmar que em casa jogador pode haver um poeta.
.
A equipa do Regadas acusou sobremaneira o golo sofrido perdendo um pouco o Norte, o mesmo será dizer, a orientação dentro de campo, o que provocou alguma desordem interna em busca do melhor caminho para a baliza adversária.
.
O agrupamento voltou a mostrar inconformismo aos 12 minutos, altura em que Eurico solicitou Freddy na esquerda e este seguiu na diagonal para a baliza culminando com um remate que obrigou Claudio Faria a defesa apertada.
.
Outros remates se seguiram da equipa treinada por Marcelo Fernandes mas sem a melhor direcção.
.
O Regadas teve uma oportunidade soberana para chegar à igualdade na passagem do minuto 16. Aliás, foram duas em uma. Buga desmarcou Russo na direita este apareceu na cara de Zé Luís, permitiu uma primeira defesa ao guardião, a bola sobrou novamente para Russo que, desta vez colocou a bola por cima do guarda-redes mas quando se preparava para gritar golo, Stivenn, defesa central do Agrupamento negou-lho, mesmo em cima da linha.
.
Seguiu-se um período com remates dos dois lados, com supremacia para o Agrupamento mas qualquer deles sem consequências directas.
.
O Regadas voltou a ter uma excelente oportunidade para marcar aos 35 minutos. O juiz da partida entendeu que Bruno Preto fez um passe ao seu guarda-redes e marcou livre indirecto. Com uma linha de jogadores do Agrupamento a tapar praticamente toda a baliza, Buga tocou para Nando mas este enviou a bola por cima da trave.
.
Antes do intervalo o Agrupamento teve que fazer uma substituição forçada devido á lesão de Ricardo que cedeu o lugar a Fifi.
.
No segundo tempo, como era de esperar, o Regadas apareceu com mais frequência junto da área do Agrupamento mostrando mais agressividade e outra postura em campo.
.
Aos 50 minutos, Guga cobrou um livre directo mas a mesma saiu contra a barreira. Ripostou Eurico com remate ao lado da baliza regadense ao minuto 56.
.
Freddy
Um pouco contra a corrente do jogo netse segundo tempo, o Agrupamento conseguiu uma grande penalidade. Novamente Paulinho na jogada. O ex-jogador do Gandarela e antigo campeão Distrital de juniores pela AD Fafe, ainda mexe bem na bola e, tentou passá-la por cima de Caravela, entendendo o auxiliar que este terá tocado na mesma com o braço, indicando a marca de grande penalidade. Decorria o minuto 60 e Eurico foi chamado á cobrança. O primeiro remate teve uma grande defesa de Cláudio Faria, porém, a bola sobrou novamente para Eurico que à segunda não perdoou.
.
O Regadas bem porfiou mas não era dia sim para os seus jogadores. Aos 64 minutos, Buga marcou um livre directo que levava o selo de golo. A bola saiu ao poste mais distante e bateu mesmo á frente do guarda-redes Zé Luís que fez uma excelente defesa mostrando atenção e reflexos.
.
Aos 71 minutos Tiago Nogueira serviu Talho mas este atirou por cima. Aos 78, César rematou forte mas Duscher ofereceu o corpo á bola e cedeu canto. Na sequência deste, Tiago Nogueira de cabeça atirou para a baliza mas viu Bruno Preto negar-lhe o golo, sobre a linha da baliza. Aos 82, César, em boa posição voltou a rematar por cima da baliza de Zé Luís.
.
O Agrupamento soube sofrer neste segundo tempo e isso valeu-lhe uma vitória importante e moralizadora, a segunda consecutiva no campeonato. Na primeira parte esteve melhor que o Regadas que não se encontrou nessa parte do jogo. No segundo tempo os regadenses acordaram para a realidade jogaram mais no meio campo contrário mas faltou-lhe discernimento e objectividade. O que valeu a pena ver neste jogo foi mesmo o golo espectacular de Freddy.
.
Jogo realizado no Campo Professor Manuel José Dias, em Silvares S. Martinho, Fafe.
.
Árbitro: Vítor Hugo Barbosa, auxiliado por Rui Amaral e Sérgio Ferraz.
.
GCD REGADAS: Cláudio Faria; Nando, Marco André, Alex (Tiago Nogueira, 55’), Russo, Caravela (Marco, 65), Buga, Talho, Tiago, César e Marquinho. Treinador, Jorge Teixeira.
.
AGRUPAMENTO SANTA CRISTINA: Zé Luís; Ricardo (Fifi, 41’), Bruno, Miguel, Stivenn, Duscher, Eurico, Paulo, Freddy, Serafim (Deco, 81’) e Paulinho (Carneiro, 63’). Treinador, Marcelo Fernandes.
.
MARCADORES: Freddy, 5’ e Eurico, 60 (g.p).
.

Sem comentários:

Enviar um comentário