sábado, 13 de novembro de 2010

Divisão Honra AF Braga - 9.ª Jornada: Arões SC, 2 - Martim, 0

Opinião: 
Texto: Ricardo Castro | Fotos: Rui Silva
.
Finalmente uma vitória sobre os barcelenses
.
Três pontos separavam Arões e Martim à partida para a nona jornada da Divisão de Honra. Sem Vitinha, castigado, e Duarte Nuno, Pinto e Vítor Beijinhos lesionados, Branco foi obrigado a adaptar Hélder Silva no corredor direito da defensiva aronense.
.
E não podia ter começado melhor o encontro para o Arões. Tiago pegou na bola à entrada do meio campo do adversário, soltou a bola para Raimundo livre de marcação, que pela direita cruzou rasteiro para a área e Ângelo apareceu e encostou para o primeiro golo da partida, com um minuto de jogo decorrido.
.
O golo inicial, talvez inesperado, tornou o jogo muito táctico, sem grandes oportunidades de parte a parte. Na primeira meia hora, grande equilíbrio, com um Martim esforçado em busca de um empate, e um Arões bem fechado, com todo o sector defensivo em muito bom plano.
.
Os visitantes lá deram um ar da sua graça com um remate frontal de Horácio aos 36’, por cima da baliza de Paulo Jorge. O intervalo chegou com o Arões em vantagem por uma bola a zero.
.
Nos primeiros minutos da etapa complementar, foram os visitantes a pressionar, na tentativa de inverter o resultado, mas o avanço da equipa no terreno não se materializava, nem em oportunidades, nem em golos.
Ângelo em bom plano, foi um dos homens do jogo
Aos 57’, livre de Romeu da esquerda e César cabeceou ao segundo poste mas ao lado. Foi um aviso ao que se seguiria no minuto seguinte. Novo livre de Romeu, da direita, tenso, para a área e Tiago cheio de intenção aplicou um golpe de cabeça certeiro para o 2-0.
.
O Martim tentava fazer pela vida, e subia no terreno em busca agora de reduzir a desvantagem. Minuto 74’, livre de Gonçalo e Bié com um desvio subtil obriga Paulo Jorge a defesa apertada para canto. Na sequência do mesmo, Bruno falhou escandalosamente ao segundo poste. Aos 77’ golo anulado aos barcelenses por falta sobre Beijinhos, lance que motivou protestos do banco de suplentes dos visitantes.
.

O Arões soube gerir bem a vantagem mas o ímpeto atacante do Martim prevalecia e aos 79’ Marinho rematou de posição frontal, defesa incompleta de Paulo Jorge e Bié aproveitou mas atirou para fora.
.

Tiago apontou o sétimo golo na Honra

Nos últimos dez minutos de jogo acabaram por dominar os constantes apitos do árbitro, pois foi um jogo muito físico, com as duas equipas a darem tudo por tudo. A vitória sorriu ao Arões, que soube aproveitar os momentos decisivos do jogo, marcando logo a abrir e à hora de jogo, sofrendo para defender a vantagem quando foi preciso fazê-lo. Arbitragem que interrompeu bastante na parte final do encontro, face à atitude dos atletas e com dúvidas na falta que dá origem ao segundo golo do Arões.
.
De recordar que é a quarta vitória em outros tantos jogos de Francisco Branco, como treinador do Arões, com três êxitos no campeonato e um na Taça, e que é a primeira vitória do Arões sobre o Martim, de que há registo em encontros oficiais, sete deles para a Divisão de Honra e um para a Taça.
.
Com esta vitória, o Arões alcançou o segundo lugar do campeonato, à condição, com 15 pontos, igualando o Martim e o Vilaverdense (este à condição).
.
Jogo realizado no Campo de Jogos do Arões Sport Clube, na Vila de Arões São Romão.
.
Árbitro: Eduardo Miranda, auxiliado por Nuno Eiras e Pedro Ferreira
.
ARÕES SC: Paulo Jorge, Hélder Silva, Bruno (cap.), F. Beijinhos, Zézinho, César, Ibrahima, Romeu, Raimundo (André, 79’), Tiago (Miguel Castro, 91’) e Ângelo (Lameirão, 68’). Treinador: Francisco Branco.
.
AC. MARTIM: Filipe, Júlio (Sandro, 84’), Roque, Pedro, Quinteiro, Bruno, Pedro Nuno (Zé Miguel, 45’), Horácio (Marinho, 61’), Bié, Zé Luís e Gonçalo. Treinador: Paulo Faria.
.
Disciplina – cartões amarelos a: César (51’), F.Beijinhos (73’), Lameirão (80’), Zé Miguel (84’) e Pedro (91’).
.
MARCADOR: Ângelo, 1’ e Tiago, 58’.
.

Sem comentários:

Enviar um comentário