domingo, 20 de fevereiro de 2011

Div.Honra: Forjães SC, 2 - Arões SC, 1

Opinião: 
Texto: Ricardo Castro | Foto: Rui Silva
.
Golo de César insuficiente
.
- Primeira derrota da 2ª volta e descida ao sexto lugar
César
.
O Arões saiu derrotado esta tarde do Horácio de Queiroz, pelo Forjães, por duas bolas a uma. Foi um bom jogo, com as duas equipas a lutarem pelo resultado, mas os locais acabaram por ficar com os três pontos.
.
Bom inicio de jogo, com ambas as equipas organizadas, demonstrando atitude e determinação para chegar ao golo. No entanto, foram 25 minutos iniciais sem grandes oportunidades.
.
O Forjães criou uma boa ocasião aos 28’, com um passe longo de Pedro Ribeiro para Kaka, este cruza e Cannigia a cabecear ao lado. Aos 41’, primeiro golo da partida e para os locais. Após livre de Pedro Ribeiro, Kaka domina de peito e inaugura o marcador.
.
Ao intervalo, vantagem da equipa de Zé Miguel.
.
Na segunda parte, primeiro sinal dado pela equipa da casa, por Joel, num remate forte aos 48 minutos para uma defesa espectacular de Paulo Jorge para canto. Na sequência do canto, o autor do primeiro golo da partida cabeceia ao lado.
.
O Arões mostrava atitude e respondia às investidas adversárias. Aos 53’ minutos, o empate acabou por chegar com alguma naturalidade. Transição rápida da equipa de Francisco Branco, que ganhou um canto e na sequência deste, César fez valer a sua estatura e empatou a partida.
.
Foi então que o técnico do Forjães fez duas alterações para refrescar a equipa. Como consequência, a equipa da casa foi capaz de ocupar espaços no meio campo aronense mas não conseguia criar perigo, dada a consistência e estatura defensiva do Arões, que por sua vez, apostava em transições rápidas para surpreender.
.
Aos 75’, César, em novo cabeceamento, obriga Stray á defesa da tarde.
.
Pouco depois, aos 77’ minutos, o Forjães adiantou-se novamente no marcador, por Kaka, que bisou na partida, após um passe atrasado de Fredo, ao qual o dianteiro da equipa da casa respondeu com um remate certeiro com o pior pé.
.
A partir daqui o Arões pressionou, tomando a iniciativa de jogo, com um maior caudal ofensivo, em busca do empate, mas acabou por não consegui-lo.
.
Final da partida, com o Forjães a acabar por ser mais feliz ao somar os três pontos. Já o Arões continua sem vencer em Forjães e sem vencer na segunda volta, somando a primeira derrota nesta. De notar que nos dois jogos com a equipa de Esposende, o Arões não somou qualquer ponto. Como consequência desta derrota, o Arões desceu para o sexto lugar, com 25 pontos, só com cinco de vantagem sobre a linha de água, mas igualmente a cinco do terceiro colocado, o Martim.
.
O próximo jogo é diante do segundo classificado, o Vilaverdense, em Atães, casa emprestada enquanto as obras decorrem no Parque Desportivo do Arões Sport Clube.
.
Jogo realizado no Estádio Horácio de Queiroz, em Forjães, Esposende.
.
Árbitro: Nuno Miguel Salgado, auxilado por Joaquim Gayo e Miguel Ângelo Silva.
.
FORJÃES S.C.: Stray, Ricky (Fredo, 67'), Mané, Pedro Ribeiro, Zé Avelino, César, Joel, Postiga (Kiko, 52'), Ruizinho (Mika, 86'), Káká e Caniggia. Treinador: Zé Miguel.
.
ARÕES SC: Paulo Jorge, Vitinha (cap.), Duarte Nuno, Pinto (André, 69'), Ângelo (António, 60'), César, Ibrahima , Bruno , Romeu, Lameirão (Chiquinho, 84') e Raimundo. Treinador: Francisco Branco.
.
MARCADOR: Kaka, 41 e 77'; César, 53'.
.

Sem comentários:

Enviar um comentário