segunda-feira, 30 de maio de 2011

Solidários com Azevedo

Opinião: 

“Olá! Chamo-me Manuel António de Azevedo e tenho 61 anos. Infelizmente, fracturei a coluna devido a uma queda de uma árvore, o que levou à lesão total da medula, o que indica que estou “paraplégico”. Como não tenho condições financeiras para suportar despesas médicas, cadeira de rodas eléctrica e uma possível cirurgia no estrangeiro para me facilitar uma vida melhor e me tornar independente, resolvi para meu próprio bem-estar apelar ao vosso bom censo com um pequeno donativo.
Agradeço e fico grato. Azevedo”

NIB: 0033-0000-45408747353-05
IBAN: PT50-0033-0000-45408747353-05 
Esposa:
253591453
918678961
Filho:
917608081

domingo, 29 de maio de 2011

António é a primeira baixa confirmada para 2011 / 2012

Opinião: 

António. jogador do Arões Sport Clube despede-se dos adeptos aronenses através do Facebook.
Fica aqui a mensagem na integra: 

Venho por este meio agradecer os 2 maravilhosos anos que passei no clube que aprendi amar,o arões é sem dúvida um clube diferente e com gente humilde ,trabalhadora e verdadeira.Meus amigos chegou a hora de partir mas tenho a certeza que em cada um de voces deixei um amigo.Quero que se lembrem sempre do António brincalhão,amigo do amigo e que tentou sempre ser o mais profissional possível.Obrigado de coração a todos a todos mesmo nunca vos esquecerei.Não é um adeus mas um até já.....

sábado, 28 de maio de 2011

Convívio de cantares ao desafio - Portela Arões São Romão, 29 Maio às 14h

Opinião: 
Realizar-se à junto à capela de Santo Antão no lugar da Portela, Arões São Romão, amanhã, dia 29 de Maio pelas 14 horas um convívio de cantares ao desafio em torno do aronense Manuel Azevedo que tem como objectivo angariar fundos para as suas necessidades.

quarta-feira, 25 de maio de 2011

Comédia "Moços e Velhos" em exibição no Auditório da Junta de Freguesia de Arões São Romão

Opinião: 
Este Sábado pelas 22:30 horas
.
O Grupo de Teatro de Arões prepara-se para estrear a comédia "Moços e Velhos", que terá lugar no Auditório da Junta de Freguesia de Arões São Romão, com início pelas 21:30.
.
A peça, encenada por Marta Lopes, contará com a actuação dos actores António Soares, Benjamim, Elvira Leite, Isabel Lopes, Salette Castro e Manuel Costa. A sonoplastia e luminotécnica ficarão sob a responsabilidade de Rui Silva, o ponto ficará a cabo de Ângela Castro, a regra Rosa Castro e na contra-regra a Ana Rita Bastos e a Ana Margarida Faria.
.

Fonte: Teatro de Arões
.

sábado, 21 de maio de 2011

Divisão de Honra AF Braga - 30.ª Jornada: Porto D'Ave, 1 - Arões SC, 2

Opinião: 
Texto e fotos: Rui Silva
.
Golos de Hélder e Raimundo asseguram 4.ª lugar
.
Para o derradeiro jogo da época Francisco Branco apenas mexeu numa posição em comparação ao jogo com o prado, retirou o capitão Vitinha e entrou no onze Ângelo, pois ainda via o 3º lugar ao “fundo do túnel”, situação que não se verificou pois o Martim venceu o jogo que tinha e manteve o lugar no pódio.
.
Não foi um jogo de encher o olho a que se assistiu em Porto de Ave, mas foi um jogo que encheu o campo, onde visitantes e visitados procuraram sempre que possível a baliza contrário. E aos 8 minutos Ângelo fura a defensiva da casa e já perto da pequena área cruza, passando a bola a centímetros da baliza de Abreu, sem que ninguém lá fosse dar um empurrãozinho.
.
No minuto seguinte substituição forçada para o Arões, por lesão de Fernando Beijinhos, entrando Pinto para ocupara o seu lugar. Bruno ao minuto 13, viu a cartolina amarela por derrube a um adversário, este lance foi duvidoso, pois foi no limite da grande área, na minha opinião, mas houve quem, se calhar melhor posicionado afirmasse que a falta foi dentro da área. Enfim, após alguma confusão o juiz da partida assinalou livre.
.
A tentativa de chegar à baliza contrário permanecia bem viva, a cada lance que as equipas elaboravam. O Porto Ave teve mesmo uma bela oportunidade de inaugurar o marcador, quando Neves após a marcação de um canto, enviou, de cabeça, a bola à barra da baliza de Paulo Jorge. Mas o perigo voltou pouco depois aos 25 minutos quando Zé Beto depois de passar por Paulo Jorge não consegue melhor do que um canto, por intercepção de Pinto que evitou o cruzamento para Pimenta que se encontrava bem posicionado. Estávamos perante um sinal mais para o Porto Ave que criou alguns sobressaltos na defensiva Aronense. Prova disso foi novo cabeceamento de Pimenta que só não acertou com a baliza. Mas há um ditado que diz “quem não marca, sofre” e Hélder Silva a minuto 44, aproveitou um belo passe de Romeu para fazer jus ao ditado, levando assim o Arões em vantagem para o intervalo.
.
O Porto Ave ferido, procurou sempre chegar à igualdade, mas sem o conseguir. Ou por má pontaria ou porque Paulo Jorge estava no lugar certo à hora certa, como foi ao minuto o minuto 57, na sequência de um canto nega o golo a Pimenta, ao evitar em cima da linha, que a bola fosse para as dentro da sua baliza. Aos 62 minutos, gritou-se golo, mas Pimenta estava em posição irregular, que estava já assinalada ainda antes do cabeceamento.
.
Francisco Branco face ao desenrolar do jogo mexe na equipa retirando o autor do golo, Hélder Silva, lançando Vitinha.
.
Aos 75 minutos, Romeu, que já nos habituou a grandes golos, apercebendo-se de um ligeiro adiantamento de Abreu, tentou uma chapelada, que lhe foi negada pelo seu ex-colega que certamente o conhece bem. A 5 minutos do fim, Raimundo recém entrado na partida aproveita bem a frescura física, e perante um Abreu desamparado, faz o 2 a 0. Mas ainda aos 90 minutos, numa desatenção da defensiva Aronense, o Porto Ave reduziu par 1-2, Carlinhos de cabeça a apontar o tento de honra. Nota ainda para a expulsão de Pesca que no espaça de dois minutos vê dois amarelos e consequente expulsão, no último minuto dos descontos.
.
Terminada que está esta época, com uma brilhante classificação, resta ao Arões ver, nas próximas semanas, o seu parque desportivo em tons de verde, resultado do arrelvamento do seu campo de jogos, bem como a conclusão da bancada.
.
Jogo realizado no Parque de jogos Porto Ave , em Póvoa de Lanhoso.
.
Árbitro: Renato Freitas; Auxiliares: Henrique Pizarro e Pedro Alves.
.
GD PORTO AVE: Abreu (Cap.), Castelar (Pivas 78’), Gonça, Pesca, Mota, Pimenta, Cabreira, Neves, Leandro, Raul (Freitas 69’) e Zé Beto (Carlinhos 78’). Treinador: Armando Silva
.
ARÕES SC: Paulo Jorge, Vítor beijinhos, Duarte Nuno, F. Beijinhos (Pinto 9’), Zezinho, Bruno (Cap.), Ibrahima, Romeu, Hélder Silva (Vitinha 65’), Ângelo e André (Raimundo 82’). Treinador: Francisco Branco.
.
Marcadores: Hélder Silva 44’; Raimundo 85’; Carlinhos 90’
.
Disciplina - Cartão Amarelo: Bruno 13’; Ângelo 40’; Leandro 51’; Vitor Beijinhos 58’; Gonça 62’; Ibrahima 63’; Romeu 76’; Pesca 90’ e 92’.Cartão Vermelho: Pesca 92’.
.

Futsal - Fase Final: Arões,1 - Nun'Álvares, 2

Opinião: 
Título tornou-se uma miragem
.
O Arões saiu derrotado pelo Grupo Nun'Álvares, no jogo da sexta jornada da Fase de Apuramento do Campeão do Campeonato Popular de Futsal de Fafe.
.
É a segunda derrota nesta fase da prova, e que deixa o Arões praticamente fora do título. Em três jornadas que faltam por disputar, a distância para o líder Sol Poente, é agora de oito pontos, devido à vitória da equipa de Tista diante do Cepanense por 3-1.
.
Resta agora ao Arões lutar agora pelas vitórias nos últimos três jogos, e o próximo é diante do Vinhós, esta sexta-feira, pelas 22:30 horas no Pavilhão Municipal de Fafe.
.

Abertas as inscrições para o programa "Voluntariado para as Florestas 2011"

Opinião: 
Fonte: JF Arões São Romão
.
De 1 de Maio a 30 de Setembro 
.
Estão abertas as inscrições para o programa "Voluntariado para as Florestas2011", com base no plano anual de actividade do Instituto Português da Juventude (IPJ).

Tal como aconteceu nos anos anteriores, podem inscrever-se jovens entre os 18 e os 30 anos, no período que decorre de 1 de Maio a 30 de Setembro. Para formalizar a candidatura, os interessados deverão proceder ao preenchimento de um formulário próprio, bem como de uma declaração (em que, sob compromisso de honra, atestem não terem cometido qualquer crime contra a natureza).

Recorda-se, ainda, que a inscrição é totalmente gratuita, estando disponíveis ambos os documentos obrigatórios na Secretaria da Junta de Freguesia.

O IPJ garante aos jovens participantes uma bolsa diária no montante de 10 euros, um seguro de acidentes pessoais, equipamento e um certificado de participação, a emitir pela Direcção Regional.
Para mais informações, consulte o Portal da Juventude aqui.

sexta-feira, 20 de maio de 2011

Div. Honra: Porto D'Ave - Arões SC

Opinião: 
Fonte: Arões Sport Clube
.
cartaz_20110521.jpg

Futsal - Fase Final: Arões - Nun'Álvares

Opinião: 
Texto: Ricardo Castro
.
Só a vitória interessa
.
- Hoje pelas 21:30 no Pavilhão Municipal de Fafe
.
O Arões defronta esta sexta-feira à noite o Grupo Nun'Álvares, na sexta de nove jornadas da fase final de apuramento do campeão do Campeonato Concelhio de Futsal. É sem dúvida um jogo crucial para a equipa de José Salvador, se ainda quiser pensar em alcançar o primeiro lugar, tarefa essa que se adivinha muito complicada, mas de nenhum modo impossível.
.
Após uma goleada sobre os Amigos de Fafe por 10-2, o Arões cedeu dois importantes pontos na semana passada ao empatar diante do Fornelos, a duas bolas. Já a equipa de Nelo Barros goleou o Sol Poente por 4-0 e ficou apenas a um ponto da equipa de Tista. Foi sem dúvida um triunfo mais que importante para os nun'alvaristas, que avivou assim a luta pelo título.
.
Mas o Arões vai querer parar o ímpeto vencedor e atacante do seu adversário. Quatro pontos separam as duas equipas, com vantagem para os pupilos de Nelo Barros. Em caso de vitória, o Arões fica a um ponto, pelo que também qualquer resultado que não a vitória praticamente acaba com as possibilidades da equipa de José Salvador de voltar a vencer o campeonato.
.
Jogo esta noite, pelas 21:30 horas, no Pavilhão Municipal de Fafe.
.

domingo, 15 de maio de 2011

Divisão de Honra - AF Braga - 29.ª Jornada: Arões SC, 1 - GD Prado, 1

Opinião: 
Texto e fotos: Rui Silva
.
Quarto empate consecutivo
.
- Repetir 3.º lugar de 2009/2010 ainda é possível
.
A luta pelo 3º lugar, para os Aronenses e a manutenção à vista para os Pradenses, resultou num empate a uma bola.
.
O jogo teve um início lento com as duas equipas a denotarem falta de iniciativas, mas o minuto 13, despertou para o lado do Arões, quando Vitinha bem posicionado falha na cara de João, após um bom cruzamento. Este lance despertou os homens da casa, que tomaram então conta do jogo, tentando o remate de meia distância, na tentativa de surpreender o adversário. Aconteceu primeiro por Ibrahima, depois por Romeu, e Duarte Nuno mas ambos os remates saíram ou por cima ou ao lado da baliza de João.
.
O Arões chegaria com naturalidade ao golo aos 27 minutos, por intermédio de André que se antecipou bem a defensiva Pradense, correspondendo com êxito a um cruzamento de Vitinha. Até ao intervalo duas situações de registo, uma para o Arões com Romeu a tentar surpreender João, com um belo remate a mais de 30 metros e depois para o Prado, num canto Gonçalo cabeceia com muito perigo, mas a bola sai por cima.    
.
Para o segundo tempo, os dois técnicos mexeram nas suas equipas, com resultado para o lado do Prado, que entrou com outra entrega ao jogo. Mas apesar dessa vontade, foi o Arões a ter as melhores oportunidades de golo.
.
Aos 51 minutos, um remate forte de Ibrahima a errar o “alvo”, para mais tarde aos 65 minutos, foi André a falhar um cabeceamento que levava rótulo de golo.
.
O Arões não dilatou o marcador e o Prado aproveitou para empatar, sem que criasse um lance de verdadeiro perigo. Schweppes inspirado, recebe ao minuto 69, a bola, à entrada da área e desferre um belo remate colocando a bola no ângulo superior da baliza de Paulo Jorge.
.
Reposta a igualdade com justiça ou não o placar assinalava Arões 1 : Prado 1. Nos últimos 10 minutos houve ainda a hipótese de se gritar golo, primeiro por Duarte Nuno a falhar de forma incrível o cabeceamento para golo. O Prado também poderia marcar aquando um cabeceamento de Barroso, que poderia levar selo de golo, não fosse Beijinhos aliviar a bola, negando-lhe o golo.
.
De realçar a postura do juiz da partida que não mostrou qualquer cartão na partida, mérito também dos atletas em jogo. Apenas houve um lance que suscitou dúvidas, na área Aronense, aquando de uma suposta mão, que os Pradenses reclamar grande penalidade. Beneficio da dúvida para o juiz da partida que bem colocado nada assinalou.
.
Próximo e último jogo da época joga-se em Porto de Ave, Sábado 21 de Maio, frente ao GD Porto Ave. O Arões a apenas um ponto do 3º lugar, ainda poderá lá chegar, igualando assim o brilhante 3º lugar do ano passado.
.
Jogo realizado no Campo do Atães F.C., em Atães, Guimarães.
.
Árbitro | Ricardo Pinto, auxiliado por Pedro Leitão e Carlos Torres.
.
ARÕES SC: Paulo Jorge, Vítor Beijinhos, Duarte Nuno, Fernando Beijinhos, Zézinho, Bruno, Ibrahima, Romeu, Vitinha, Hélder Silva e André. Jogaram ainda: Ângelo, António e Miguelote. Treinador: Francisco Branco.
.
GD PRADO: João, Jorginho, André, Evandro, Bruno Costa, Schweppes, Gonçalo, Lopez, Zé Manel, Daniel e Barroso. Jogaram ainda: Joy, Nelinho e Flávio. Treinador: Aníbal Ferreira
.
MARCADORES: André, 27’; Schweppes, 69’.
.
Cartões: nada a assinalar.
.

Troféu Cidade da Póvoa passou por Arões São Romão

Opinião: 
Troféu cidade Póvoa Varzim 2011 
Percurso:

Memorial Bruno Neves 
Póvoa de Varzim
Fafe
Senhora da Graça

sábado, 14 de maio de 2011

Arões SC: agenda de jogos do fim de semana

Opinião: 
Fonte: Arões Sport Clube
.
- Hoje (dia 14, e não dia 8, como refere o cartaz), realiza-se o jantar do clube, na Quinta das Vinhas, pelas 20:00 horas
.

cartas_201010_NA HORA_NOVO.jpg

.

domingo, 8 de maio de 2011

Div. Honra: CD Celoricense, 1 - Arões SC, 1

Opinião: 
Texto: Ricardo Castro | Fotos: Rui Silva
.
C’um Catan(a), mais um empate!
.
- André voltou aos golos e deu empate ao Arões
.
O Arões empatou esta tarde de Domingo na deslocação a Celorico de Basto, a uma bola, com a equipa local. É o terceiro empate consecutivo no campeonato para o conjunto de Francisco Branco, numa partida em que o resultado se acaba por aceitar. O Celoricense aproveitou a sua melhor fase da primeira parte para inaugurar o marcador. Na etapa complementar, o Arões marcou logo a abrir e dispôs de claras ocasiões para dar a volta ao jogo, mas manteve-se tudo tal e qual como a partir do 51.º minuto, quando André marcou para o Arões, voltando aos golos.

Aos 7’, Catana rematou dentro da área e a bola passou pouco acima da trave. Respondeu o Arões aos 14’, com um passe a rasgar de César, que isolou Ângelo pela esquerda, o canhoto entrou na área e com um defesa já perto de si, deixa para André que se esticou todo mas a bola saiu pela linha de fundo.

Aos 19’, um lançamento longo de Zezinho para a área, mas nem Ângelo nem André conseguiram concluir. Na sequência, dois cantos consecutivos a favor dos forasteiros mas sem perigo. Foi desde então que se viu mais Celoricense. Miguel Ângelo respondeu com um disparo ao lado da baliza do Arões e pouco depois, aos 23’, Dani com um cruzamento venenoso obriga Duarte Nuno a um corte perigoso que quase dava auto-golo.

O ascendente dos locais traduziu-se em golo aos 34 minutos. Após uma sucessão de passes à entrada da área, com algum facilitar por parte da defensiva aronense, Catana fica em boa posição e dribla Paulo Jorge, encostando para o 1-0.

Em desvantagem, a equipa de Francisco Branco respondeu por Romeu, aos 40’, num remate vistoso à entrada da área, descaído para a esquerda, ao qual César respondeu com uma boa defesa. Chegava então o intervalo, com a vantagem dos de Basto.

Voltaram os mesmos intervenientes para o recomeço da partida, a qual começou praticamente com o golo do Arões. Aos 51 minutos, Zezinho pelo corredor esquerdo cruza a bola para a área, André domina, desenvencilha-se de um defesa e na cara do guarda-redes, encostou e fez o empate. Caso para dizer que finalmente o avançado voltou a facturar, após um longo período de jejum, sendo que é o primeiro golo no campeonato.

Aos 57’, lance bem trabalhado por Romeu e Zezinho, cruzamento deste, e Hélder falha no cabeceamento, quase sem se saber como. Foi novamente Hélder no minuto seguinte a tentar o golo, num remate um pouco ao lado.

Após um período onde se registaram duas alterações para cada lado, o jogo voltou a mexer já nos últimos 20 minutos, com uma tentativa de chapéu de Romeu ao guarda-redes da equipa da casa, e logo de seguida Paulo Jorge a salvar a equipa, antecipando-se e aliviando a bola à entrada da área, após uma distracção da defensiva.

Aos 79’, o Celoricense só não marca por milagre, numa bola caída na pequena área após um lançamento lateral, que deu canto. Na marcação deste, Miguel Ângelo atirou por cima.

A partir daqui assistiu-se a um jogo de nervos, com muitas interrupções que estragaram o espectáculo. Entretanto, Miguelote estreou-se na equipa, entrando aos 84 minutos para o lugar de Ângelo. Aos 90’, Catana foi mas forte que Duarte Nuno e na cara de Paulo Jorge, é aparentemente derrubado pelo guarda-redes aronense. Muitos protestos dos adeptos da equipa da casa, que não queriam acreditar no sucedido. No entanto, segundo informações recolhidas por pessoas que estavam melhor posicionadas a assistir ao jogo, afirmam que o árbitro esteve bem e que não existe qualquer contacto intencional que levasse à marcação do castigo máximo.

Nos descontos, o árbitro usou e abusou no capítulo disciplinar, com um certo prejudicar do espectáculo. O final do jogo acabou por chegar com a igualdade a uma bola, e com muitos protestos dos adeptos da casa relativamente à arbitragem.

O Arões caiu assim para o 5.º lugar, com 42 pontos. O Celoricense soma agora 38 pontos e ocupa o 8.º lugar. Na próxima jornada, o Arões recebe o GD Prado.

Jogo realizado no Estádio Municipal de Celorico de Basto, em Celorico de Basto.

Árbitro: Hugo Fernandes, auxiliado por Marco Teixeira e Joel Dias

CD CELORICENSE: César, Mateus, Tony, Sérgio, Russo (Davide, 82’), Peixe, Catana, Dani ( Cristophe, 59’), Diogo, Miguel Ângelo e Nandinho (Brokinha, 59’). Treinador: Cafu.

ARÕES SC: Paulo Jorge, Vitinha, Duarte Nuno, Fernando Beijinhos, Zezinho, César (Bruno, 69’), Ibrahima, Romeu, Hélder Silva (Chiquinho, 68’), André e Ângelo (Miguelote, 84’). Treinador: Francisco Branco.

ACÇÃO DISCIPLINAR – amarelos a: Dani, 55’; Ibrahima, 56’; Catana, 90’; Cristophe, 90+1’; Miguel Ângelo, 91’; André, 90+2; César, 90+3’. Vermelhos: nada a registar.

MARCADOR: Catana, 34’ e André, 51’.

sábado, 7 de maio de 2011

Divisão de Honra: CD Celoricense - Arões SC

Opinião: 
Arões pode agarrar terceiro lugar
.
- Santa Eulália sofre derrota caseira com o Forjães
.
O Arões volta a entrar em acção na Divisão de Honra amanhã (Domingo), na 28.ª Jornada, com a deslocação a Celorico de Basto, para jogar com a equipa local, o CD Celoricense. Após um empate caseiro diante do Santa Eulália, a equipa de Francisco Branco tem de pensar em vencer para continuar nos primeiros cinco lugares da tabela. No entanto, vai ter pela frente um adversário que tem um registo muito positivo em casa. Em 13 jogos, venceu 9, empatou e perdeu 2. Na primeira volta, foi um jogo electrizante, que acabou com vitória aronense por 3-2. A ver vamos o que acontece amanhã.
.
Boas notícias chegaram entretanto há momentos de Santa Eulália de Vizela, com a derrota do conjunto de João Fernando por uma bola a zero, diante do Forjães, em jogo realizado às 21:00 horas de hoje. O Forjães dá assim um passo fulcral para a manutenção. Na abertura da antepenúltima ronda do campeonato, o Polvoreira bateu o Pevidém e ainda sonha com a manutenção. Já os pevidenses "reforçam" com esta derrota, o último lugar e a despromoção é um dado já adquirido. De recordar que, com a derrota do Santa Eulália, o Arões, em caso de vitória, volta ao pódio da Divisão de Honra, numa jornada em que muita coisa se pode começar a decidir, nomeadamente no que diz respeito à despromoção à 1.ª Divisão Distrital.
.
28.ª Jornada
.
Sábado, 07-05:
.
Polvoreira, 2 - Pevidém, 0 | Pintas, 32' e Nandinho, 62'.
.
Santa Eulália, 0 - Forjães, 1 | Kaka
.
Domingo, 08-05:
.
CD Celoricense - Arões
.
Ac. Martim - AD Ninense
.
Terras de Bouro - U.Torcatense
.
Louro - Vilaverdense
.
Porto D'Ave - Marinhas
.
GD Prado - Desp. Ronfe
.

quinta-feira, 5 de maio de 2011

Futsal - Fase Final: Jogos

Opinião: 
Amigos de Fafe - Arões - Sábado, pelas 21:00 horas no Pavilhão do Grupo Nun'Álvares
.
4.ª Jornada:
.
Série 1 - Apuramento do Campeão
.
Sexta-Feira, 06 de Maio:
.
Fornelos – Sol Poente / 21:30 / PM
.
Cepanense – Ases / 22:00 / GN

Sábado, 07 de Maio:
.
Amigos de Fafe – Arões / 21:00 / GN
.
Nun’Álvares – Santo Ovídio / 21:45 / PM
.
ARA Bugio – Vinhós / 22:45 / PM
.

terça-feira, 3 de maio de 2011

Novo livro do aronense João Ricardo Lopes apresentado na sua terra natal

Opinião: 
Capa do livro "reflexões à beira de cena"

Fonte: Junta de Freguesia de Arões São Romão

O escritor aronense João Ricardo Lopes (n. 1977) regressa este ano ao meio literário com a publicação de reflexões à boca de cena, obra que será apresentada no próximo sábado (dia 7), no auditório da Junta de Freguesia de Arões São Romão.

Trata-se de um volume bilingue (Português e Inglês), composto ao longo dos últimos dois anos e meio, no qual o autor compila 50 poemas alusivos ao universo do teatro e onde tece irónicas considerações sobre o quotidiano da personagem central (mistura de eu e nós poético).


Depois de a pedra que chora como palavras (2001), além do dia hoje (2002), contra o esquecimento das mãos (2002), dias desiguais (2005) e Dos Maus e Bons Pecados (2007), o poeta completa a sua primeira década de vida literária com um trabalho integralmente traduzido, por Bernarda Esteves (professora da Universidade do Minho).

A sessão de lançamento, com início previsto para as 21h30, contará com a presença do escritor, da tradutora e do investigador César Freitas (IESF), que partilhará com o auditório a sua leitura da obra.

domingo, 1 de maio de 2011

Futsal: Arões, 8 - ARA Bugio, 3

Opinião: 
Texto e foto: Ricardo Castro
.
Poker de Jorge Gonçalves
.
- Regresso às vitórias com goleada
.
O Arões venceu na passada sexta-feira o Ardegão, por 8-3, em jogo a contar para a 3.ª jornada da fase final do Campeonato de Futsal Popular de Fafe.
.
Perante um adversário que vencera o Nun’Álvares na passada jornada, e após duas derrotas diante do Sol Poente (campeonato e na taça, que ditou a eliminação nesta) o jogo não podia ter começado melhor para a equipa de José Salvador. Aos 2 minutos, recuperação de Paulo Vítor que entrega a Jorge Gonçalves que inaugura o marcador.
.
Pouco depois, aos 5’, boa jogada atacante pela esquerda por Jorge Salgado que entrega a Jorge Gonçalves que faz o segundo na partida. Mas ainda no mesmo minuto, o ARA respondeu e fez o 2-1.
.
Aos 9 minutos, Jorge Gonçalves fez o terceiro golo aronense, e o seu terceiro na conta pessoal, após recarga a um cabeceamento à baliza do adversário. O jogo acalmou um pouco, com algum equilíbrio e com o ARA a tentar contrariar alguma superioridade do Arões, mas as suas tentativas esbarravam no guarda-redes Gorby. Aos 18 minutos, Gilberto Fernandes fez o 4-1 num remate rasteiro, resultado esse com que se chegou ao descanso.
.
Na segunda parte mais do mesmo, com Gilberto Fernandes a bisar aos cinco minutos, numa boa jogada apoiada por Marcelo Freitas. 5-1 para o Arões, e a goleada estava à vista. Não demorou muitos mais minutos o sexto golo, talvez na jogada mais bonita do jogo. Uma estupenda combinação atacante entre Marcelo e Gilberto Fernandes, com o primeiro a rematar de pronto, em “bica”, com potência, e a deixar a sua marca na partida.
.
O ARA ainda deu um ar da sua graça e reduziu aos 15 minutos para 6-2. Três minutos depois, Jorge Gonçalves completou o “poker”, numa noite mais que conseguida do jogador do Arões, talvez o melhor em campo. Estava feito o 7-2. Mas ao sétimo golo da equipa de José Salvador, respondeu o adversário com o terceiro golo, reduzindo distâncias.
.
O golo final foi da autoria de Gilberto Costa, aos 23’ após um livre de Marcelo. Com esta vitória, o Arões, com 26 pontos, aproximou-se do terceiro classificado que é agora o Nun’Álvares, que empatou (2-2) com o Ases e desceu para o último lugar do pódio com 27 pontos, por troca com o Santo Ovídio, que ganhou (1-4), ao Cepanense e soma 28 pontos. Em primeiro lugar continua o Sol Poente, que segue firme após triunfo por 3-1 diante do Amigos de Fafe. A equipa de Tista soma agora 32 pontos.
.

Div. Honra: Arões SC, 2 - Santa Eulália, 2

Opinião: 
Texto e fotos: Rui Silva
.
Com São Romão até aos 45' e com Santa Eulália até ao fim
.
- Primeira parte muito conseguida, em oposição a uma má etapa complementar
.
A 4 jornadas do fim, o Arões, 4º classificado recebeu o S.Eulália, 3º classificado.
.
As duas formações estavam separadas por 2 pontos. E no final assim ficaram.
.
A primeira equipa a criar uma situação de perigo foi o Santa Eulália, decorridos apenas 6 minutos de jogo, quando Paulo Jorge não recepciona uma bola aparentemente fácil, e quando esta se aprontava para entrar, o guarda-redes do Arões, num golpe de rins, impede que a bola ultrapasse a linha de golo.
.
Jogo muito disputado, com algum exagero por parte dos Homens do CCD, talvez com o juiz da partida a poder ter colocado água na fervura, com a mostragem de alguns cartões. O Arões mais solto que o CCD, surgia com frequência à baliza de Salto, e teve mesmo por intermédio de Ibrahima e depois por Raimundo oportunidade para inaugurar o marcador.
.
O S.Eulália por sua vez teve ao minuto 24 um lance com triangulações que terminaria com uma boa defesa de Paulo Jorge, à guardião de andebol. E pouco passava da meia hora de jogo, quando César, do meio da rua, desfere um forte remate a baliza de Salto que impávido, só viu a bola parar no fundo das redes. Um “golão” de César dava então vantagem para o Arões.
.
E ao minuto 42, o marcador voltou a mexer. Raimundo recebe a bola de Miguel Castro a meio campo, pressionado por um adversário, trabalha a bola e coloca de novo em Miguel Castro, que embalado só parou quando Salto saiu dos poste e este mete a bola no buraquinho que Salto deixou em aberto, fazendo o 2º para o Arões. Vantagem merecida com que o Arões foi para o descanso.
.
No segundo tempo, com forte entrada do Santa Eulália, que se julgava passageiro, aquando de um bom lance em que Miguel Castro poderia ampliar para 3 os golos de vantagem, não fosse o chapéu a Salto, ser mal executado.
.
Foi então que se assistiu a um recuo notório da formação fafense, instalada no seu meio campo defensivo, a sentir enormes e evidentes dificuldades em sair para o ataque, facto que alimentou a esperança do CCD chegar ao golo.
.
E se Miguel Castro não conseguiu o chapéu que daria o 3-0 para o Arões, Zézé, aos 75 minutos, fê-lo de forma exemplar reduzido para 2-1. O técnico aronense, ainda tentou abanar um pouco lançando Chiquinho e André para a frente de ataque, mas o sentido de jogo era mesmo virado para a baliza de Paulo Jorge.
.
A equipa do Arões algo desorientada, em pleno minuto 90, vê o juiz da partida assinalar um penalti, por suposta falta, admoestando mesmo o capitão de equipa, Vitinha. Mau demais para ser verdade. Mas o golo do empate aconteceu mesmo por Zézé, para descontentamento dos adeptos. Desilusão nas faces Aronenses, contrastantes com a alegria estampada nos homens de Vizela. Repartição de pontos que permitem ao Santa Eulália manter-se a 2 pontos do Arões na 3ª posição.
.
Próximo jogo em Celorico de Basto, no Domingo, 8 de Maio, frente ao Celoricense.
.
Jogo realizado no Campo do Atães F.C., em Atães, Guimarães.
.
Árbitro: Nicolas Oliveira, auxiliado por Valdemar Maia e António Ribeiro.
.
ARÕES SC: Paulo Jorge, Vitinha, Duarte Nuno, Fernando Beijinhos, Zézinho, César (Bruno 65’) , Ibrahima, Romeu, Miguel castro (André 80’), Raimundo (Chiquinho 77’) e Ângelo. Treinador: Francisco Branco.
.
CCD S.Eulália: Salto, Tiago (Filipe 62’), Luís Carlos (Ruben 74’), Basílio, Benito, Kita (Tiago Castro 45’), Inácio, André Cunha, Zézé, Nelson e Carlitos.
.
Treinador: João Fernando
.
MARCADORES: César, 38’; Miguel Castro, 42’; Zézé, 75’ e 90’(g.p);
.
Cartões Amarelos: Kita 10’; César 15’; Luís Carlos 16’; Romeu 82’; Zézé 84’; Basílio 88’ e Vitinha 90´.
.