domingo, 1 de maio de 2011

Div. Honra: Arões SC, 2 - Santa Eulália, 2

Opinião: 
Texto e fotos: Rui Silva
.
Com São Romão até aos 45' e com Santa Eulália até ao fim
.
- Primeira parte muito conseguida, em oposição a uma má etapa complementar
.
A 4 jornadas do fim, o Arões, 4º classificado recebeu o S.Eulália, 3º classificado.
.
As duas formações estavam separadas por 2 pontos. E no final assim ficaram.
.
A primeira equipa a criar uma situação de perigo foi o Santa Eulália, decorridos apenas 6 minutos de jogo, quando Paulo Jorge não recepciona uma bola aparentemente fácil, e quando esta se aprontava para entrar, o guarda-redes do Arões, num golpe de rins, impede que a bola ultrapasse a linha de golo.
.
Jogo muito disputado, com algum exagero por parte dos Homens do CCD, talvez com o juiz da partida a poder ter colocado água na fervura, com a mostragem de alguns cartões. O Arões mais solto que o CCD, surgia com frequência à baliza de Salto, e teve mesmo por intermédio de Ibrahima e depois por Raimundo oportunidade para inaugurar o marcador.
.
O S.Eulália por sua vez teve ao minuto 24 um lance com triangulações que terminaria com uma boa defesa de Paulo Jorge, à guardião de andebol. E pouco passava da meia hora de jogo, quando César, do meio da rua, desfere um forte remate a baliza de Salto que impávido, só viu a bola parar no fundo das redes. Um “golão” de César dava então vantagem para o Arões.
.
E ao minuto 42, o marcador voltou a mexer. Raimundo recebe a bola de Miguel Castro a meio campo, pressionado por um adversário, trabalha a bola e coloca de novo em Miguel Castro, que embalado só parou quando Salto saiu dos poste e este mete a bola no buraquinho que Salto deixou em aberto, fazendo o 2º para o Arões. Vantagem merecida com que o Arões foi para o descanso.
.
No segundo tempo, com forte entrada do Santa Eulália, que se julgava passageiro, aquando de um bom lance em que Miguel Castro poderia ampliar para 3 os golos de vantagem, não fosse o chapéu a Salto, ser mal executado.
.
Foi então que se assistiu a um recuo notório da formação fafense, instalada no seu meio campo defensivo, a sentir enormes e evidentes dificuldades em sair para o ataque, facto que alimentou a esperança do CCD chegar ao golo.
.
E se Miguel Castro não conseguiu o chapéu que daria o 3-0 para o Arões, Zézé, aos 75 minutos, fê-lo de forma exemplar reduzido para 2-1. O técnico aronense, ainda tentou abanar um pouco lançando Chiquinho e André para a frente de ataque, mas o sentido de jogo era mesmo virado para a baliza de Paulo Jorge.
.
A equipa do Arões algo desorientada, em pleno minuto 90, vê o juiz da partida assinalar um penalti, por suposta falta, admoestando mesmo o capitão de equipa, Vitinha. Mau demais para ser verdade. Mas o golo do empate aconteceu mesmo por Zézé, para descontentamento dos adeptos. Desilusão nas faces Aronenses, contrastantes com a alegria estampada nos homens de Vizela. Repartição de pontos que permitem ao Santa Eulália manter-se a 2 pontos do Arões na 3ª posição.
.
Próximo jogo em Celorico de Basto, no Domingo, 8 de Maio, frente ao Celoricense.
.
Jogo realizado no Campo do Atães F.C., em Atães, Guimarães.
.
Árbitro: Nicolas Oliveira, auxiliado por Valdemar Maia e António Ribeiro.
.
ARÕES SC: Paulo Jorge, Vitinha, Duarte Nuno, Fernando Beijinhos, Zézinho, César (Bruno 65’) , Ibrahima, Romeu, Miguel castro (André 80’), Raimundo (Chiquinho 77’) e Ângelo. Treinador: Francisco Branco.
.
CCD S.Eulália: Salto, Tiago (Filipe 62’), Luís Carlos (Ruben 74’), Basílio, Benito, Kita (Tiago Castro 45’), Inácio, André Cunha, Zézé, Nelson e Carlitos.
.
Treinador: João Fernando
.
MARCADORES: César, 38’; Miguel Castro, 42’; Zézé, 75’ e 90’(g.p);
.
Cartões Amarelos: Kita 10’; César 15’; Luís Carlos 16’; Romeu 82’; Zézé 84’; Basílio 88’ e Vitinha 90´.
.

Sem comentários:

Enviar um comentário