sábado, 22 de outubro de 2011

Arões sem chama perde novamente pontos em casa

Opinião: 
Associação de Futebol de Braga – 2011/2012 7ª Jornada 
Divisão de Honra: Arões SC 2-2 Porto D’Ave
Na sétima jornada da divisão de honra da AF Braga o Arões recebeu o Porto D’Ave e empatou, naquele que foi o terceiro jogo consecutivo sem o sabor da vitória no seu terreno. 

O jogo à partida já tinha começado mal para o Arões que viu-se impossibilitado de usar o seu habitual titular no centro da defesa, Duarte Nuno, pois no treino durante a semana lesionou-se seriamente não podendo ser opção para Francisco Branco nas próximas jornadas, juntando-se assim a Fernando Beijinhos e Ibrahima no Departamento Médico por lesão. 
O tempo estava convidativo e portanto não faltou público no campo de jogos do Arões numa tarde com quatro golos e pouco futebol. Começou aos 13 minutos o quebra-cabeças do Arões, que estreou uma nova dupla de centrais (Pinto e Bruno), que na entrada da área se desentendeu e permitiram assim a inauguração do marcador por intermédio de Zé Beto que consegui ser mais inteligente e oportunista na cara de Paulo Jorge. 
A resposta do Arões não tardou e Rui Ossos ainda fora dá área de grande penalidade consegui aproveitar-se do adiantamento do guarda-redes, Ruben, executando uma chapelada que só parou no fundo das redes do Porto D’Ave. Após o empate o Arões parecia querer assumir o jogo mas as tentativas não se executaram registando-se um potentíssimo remate de César entre o meio-campo e grande área que passou com força a rasar a barra. Houve ainda tempo na primeira parte para defesa por instinto de Paulo Jorge que após alguma atrapalhação consegui segurar o empate até ao fim da primeira parte. 
O inicio da segunda parte foi quase um espelho daquilo que se passou na primeira, o Arões muito perdulário permitiu que de cabeça, Zé Fernandes, coloca-se novamente o Porto D’Ave em vantagem. Mais uma vez o Arões teve de fazer pela vida e correr atrás de um resultado positivo, nessa tentativa o treinador do Arões efectuou aos 60 minutos uma dupla subsituição, saindo Pinto e César para a entrada de Pedro Rosita e Bruno Cunha. 
Certo foi que após a entrada destes em campo o Arões consegui restabelecer a igualdade e a após bom cruzamento de Ângelo pela esquerda Pedro Rosita, acabado de entrar facturou o golo da igualdade. 
Houve tempo ainda no decorrer do encontro para mais uma subsituação no encontro com a saída de Rui Ossos e entrada de Ismael aos 82 minutos. Já com Ismael em campo o Arões viu-se em vantagem numérica quando aos 86 minutos Diogo foi expulso por acumulação de amarelos. Nos minutos finais quando se esperaria um maior caudal ofensivo por parte do Arões por jogar em casa tal não se sucedeu tendo o jogo acabado com o justo empate para ambas as equipas. Jogaram-se ainda cinco minutos de descontos sem nada de relevante. 

Advertências: 
ARÕES: Raimundo (79 min.), Ângelo (81min), Bruno (88min.) 
PORTO D’AVE: Gonça(73 min.) , Diogo (50 + 86 min.) , Neves (90+3 min.) 

Expulsões: 
PORTO D’AVE: Diogo (86min.) 

EQUIPAS: 
Arões: Paulo Jorge; Vitinha(C); Pinto; Bruno; João; César; Romeu; Fernandez; Rui Ossos; Raimundo; Ângelo 
Suplentes: Nélson; Bruno Cunha; Hélder Silva; Ismael; André; César Costa; Pedro Rosita.

Porto D’Ave: Ruben; Marco; Neves; Gonça(C); Pesca; Raul; Mota; Cabreira; Zé Fernandes; Diogo; Zé Beto. 
Suplentes: Pedroto; Freitas; Nuno; Daniel; Peixoto; Eduardo; Xica

Sem comentários:

Enviar um comentário