sábado, 11 de fevereiro de 2012

Div. Honra: Arões SC, 2 - GD Gerês, 2

Opinião: 
Texto e fotos: Rui Silva
.
Hat-trick amargo de Romeu …
.
O Arões voltou a empatar, à semelhança da jornada anterior, foi para o intervalo em vantagem, mas sofrem “a frio”, ao minuto 2 da segunda parte, o golo que ditaria o resultado final.
.
Cumpriu-se um minuto de silêncio, em memória de um membro da família Aronense. Agostinho Silva Soares, serviu o clube durante quase duas décadas, primeiro como director e depois como membro do conselho fiscal. O clube mais uma vez aproveita para manifestar o seu profundo pesar pelo seu falecimento e expressa à família as suas sentidas condolências.
.
A equipa do Gerês que desde a chegada do Técnico Roger Bastos, não perde há 10 jogos, entrou da melhor forma na partida, ao minuto 6, canto para o Gerês e Romeu na tentativa de cortar o lance, desvia a bola para a sua baliza, colocando o Gerês em vantagem bem cedo.
.
Mas a equipa de Paulinho, que se estreava em jogos casa, respondeu de seguida, com Romeu a redimir-se apontando de cabeça o golo da igualdade, na sequência de um canto.
.
A partir daí só deu Arões e do “bom”. Excelente atitude, com bons lances de futebol, criando várias situações de perigo para a baliza de China, que se opôs sempre bem, destaque para dois lances, um de Ismael outro de Bruno Cunha, que puseram os reflexos deste à prova.
.
E foi já ao minuto 43, que se fez justiça no marcador, Romeu abriu o livro e apontou um livre de forma exemplar colocando o Arões em vantagem, provocando um enorme frenesim nos adeptos da casa.

Mas a segunda parte teria outra história, com início idêntico ao jogo de Terras de Bouro. Minuto 2, com livre apontado de forma rápida pelos homens do Gerês e Carneiro ao primeiro poste a cabecear para a igualdade.
.
Balde de água fria para os Aronenses que tiveram quase 45 minutos para tentar de novo chegar à vantagem, mas sem nunca ter a destreza para o fazer.
.
Pelo contrário a equipa de Roger Bastos, galvanizada pelo golo do empate, demonstrou e justificou os resultados positivos dos últimos encontros, chegando mesmo a assustar os adeptos Aronenses, num lance em que Paulo Jorge foi um gigante, ao fazer a mancha, evitando assim a derrota do Arões.
.
Local: Parque Desportivo Arões S.C. / Centro Formação da Juventude de Arões - Arões São Romão - Fafe.
.
ÁRBITRO. Pedro Ferreira; Auxiliares | César Picas e Rui Torres
.
ARÕES SC: Paulo Jorge, Vitinha (cap.), Duarte Nuno, Fernando Beijinhos, João, Fernandes (César, 89), Bruno Cunha (Pedro Rosita, 75), Romeu, Ângelo, Ismael (Brinca, 64) e Raimundo (Brinca, 77). Treinador: Paulinho Soares.
.
GD GERÊS: China, Neno, Hélio (Maré, 88), Pisco, Rui Costa, Pinto, Nélson (Ni, 86), Rafa, Carneiro, Tuca e Ramos (Pereira, 46). Treinador: Roger Bastos.
.
Disciplina - cartões amarelos: Neno, 9; Hélio, 42; Rafa, 63; Tuca, 62; Ângelo, 65 e Duarte Nuno, 67.
.
Marcador: Romeu (6 pb; 11 e 43) e Carneiro 47.
.

1 comentário: