sábado, 20 de outubro de 2012

1ª Div. AF Braga: GD Silvares, 0 - Agrupamento Stª. Cristina, 2

Opinião: 
 Texto e fotos: João Carlos Lopes
.
Não virar a cara à luta deu frutos
.
O Agrupamento de Santa Cristina foi a Silvares vencer por duas bolas a zero numa em que lutou até à exaustão, nunca dando um lance por perdido e acabou por ver o seu esforço premiado. Cerca de meia centena de espectadores presenciaram esta partida que mereceu atenção especial por parte da GNR que fez destacar para o campo Professor Manuel José Dias quatro elementos, entre eles um graduado, o que não agradou de maneira nenhuma aos dirigentes do Silvares pois entra-lhes no orçamento.
.
Nos primeiros quinze minutos registou-se apenas um livre directo para cada lado mas sem qualquer perigo.
.
O Agrupamento mostrou desde início que a Silvares discutir a partida e aos 16 minutos, uma má entrega de um homem da casa foi interceptada por Fred que contornou o guardião Bruno e este não teve outro remédio que não fosse derrubá-lo, mesmo na entrada da área, o que lhe veio a custar a expulsão. Na sequência disso, o treinador Vítor Pacheco tirou um avançado, Hugo, para meter o guarda-redes suplente David.
.
A primeira parte foi praticamente de descanso para os dois guarda-redes pois não se viu de qualquer equipa a fazer um remate intencional que obrigasse a uma defesa que não fosse de mero expediente.
.
Aos 40 minutos o Silvares reclamou grande penalidade por pretensa mão na bola de Stevienn na área, à qual o árbitro não anuiu tendo deixado irritados os homens da casa.
.
Na segunda metade o Agrupamento beneficiou de um livre directo aos 48 minutos, cobrado por André Daniel ao qual David correspondeu com uma grande defesa.
.
O Silvares tentou responder com remates de meia distância, com João de fora da área e Teles, praticamente do mesmo local, mas na cobrança de um livre a atirarem por cima.
.
Aos 58 minutos, Paulinho Vieira cobrou um livre na esquerda, de forma tensa, ao segundo poste, onde acorreram Carlos e Formiga, tendo o último atirado ao lado.
.
Depois disso surgiram alguns remates para os dois lados, tendo o mais flagrante pertencido a Gomes que, dentro da área, se atrapalhou com a bola e perdeu um eventual golo.
.
O primeiro golo surgiu aos 76 minutos. Paulinho Vieira colocou a bola a correr para Formiga e este foi á linha fazer um cruzamento tenso para o segundo poste onde apareceu Fred a cabecear para o golo.
.
O Silvares disporia de um livre directo aos 84 minutos, o qual Billa atirou forte mas à figura de Zé Luís.
.
Já em tempo de compensação o Agrupamento teve duas ocasiões, ambas pelo regressado Carneiro e marcou uma. Na primeira apareceu isolado na cara de David a quem tentou o chapéu mas viu a bola a sair por cima. Na segunda, um contra-ataque rápido em grande superioridade numérica conduzido por Paulinho Nogueira, a bola chega a Carneiro e este com a oposição do guardião David sentenciou o jogo.
.

Sem comentários:

Enviar um comentário