sábado, 13 de outubro de 2012

AF Braga, 6ª Jorn. Div. Honra – Arões foi feliz no dérbi fafense

Opinião: 
Fotos: João Carlos Lopes

ACD Pica 0-1 Arões SC

- Com apenas 3 golos sofridos em 6 jogos o Arões tem até ao momento a melhor defesa da Divisão de Honra e ainda não conhece o sabor da derrota nesta edição.

A sexta jornada da associação de futebol de Braga colocou frente a frente duas equipas do concelho de Fafe, Pica e Arões, disputaram um jogo bastante fechado com poucas oportunidades de golo onde o Arões foi a equipa mais feliz ao conseguir o único golo do encontro.


Bom ambiente no Parque de Desportos da ACD Pica com casa cheia para assistir a um dos grandes jogos da jornada da Divisão de Honra.

Na equipa do Arões o habitual titular Romeu foi uma baixa de vulto, o jogador está a cumprir castigo após ter sido expulso no jogo de Iniciados do Arões SC na categoria de treinador.

A primeira grande situação de perigo foi aos 15 minutos na baliza do Arões, Zézinho faz um atraso para o guarda-redes, Paulo Jorge, que no momento de chutar na bola não acerta nesta acabando por chutar no “ar”, sorte para o Arões que a bola não tomou a direção da baliza ultrapassando a linha de baliza para canto.

Tanto uma equipa como outra durante a primeira parte foram realizando remates que sem perigo ora acabavam muito longe das balizas ora acabavam nas mãos dos guarda-redes.

Aos 23 minutos o jogador do Arões, André, impediu um ataque rápido pelo lado direito do Pica agarrando ostensivamente o adversário, num lance que lhe valeu o cartão amarelo. Esta foi a segunda advertência do jogo já que nos minutos iniciais Óscar, também do Arões tinha visto o cartão da mesma cor.

Um minuto após o lance de André foi a vez de Peixoto do Pica ver a cartolina amarela devido a um toque imprudente por trás na perna de um jogador aronense.

As maiores oportunidades de golo na primeira parte para o Arões surgiram primeiro aos 34 minutos, após um centro do lado direito do ataque do Arões, André coloca a bola na área de grande penalidade onde Raimundo acaba por tocar a redondinha que passa em frente à baliza à espera que alguém encosta-se a mesma. Depois aos 38 minutos, Costa na execução de um livre a acerca de 40 metros da baliza do Pica, coloca a bola com força no canto superior direito da baliza valendo-se o Pica de Rui que defendeu a bola para canto.

A três minutos do final da primeira parte o amarelado Óscar, foi substituído por problemas físicos entrando para o seu lugar Brinca.

O empate era um resultado perfeitamente ajustado ao intervalo com as equipas a necessitarem de fazer muito mais para conseguirem a vitória no segundo tempo.

Aos 5 minutos do segundo tempo André numa boa jogada individual avançou bastantes metros no terreno de jogo com a bola controlada acabando por rematar a mesma por cima longe da baliza do Pica.

Aos onze minutos, num lance bastante reclamado nas bancadas do Pica, André arriscou para ganhar a bola junto à entrada da área de grande penalidade do Pica e poderia ter visto o segundo amarelo após uma entrada fora de horas.

Nelinho no Pica foi uma das figuras do jogo que lutou bastante para encontrar o golo com sucessivos centros que acabavam por resultar em pouco perigo, apresentando o Arões uma defesa bastante coesa, não fosse este Arões a melhor defesa desta divisão até ao momento com apenas 3 golos sofridos em 6 jogos, dois deles no último jogo em casa contra o Porto d’Ave.

O único golo do jogo surgiu aos 72 minutos e para o Arões, após a execução de um livre junto à bandeirola de canto por Bruno Cunha, este colocou a bola com força a meia altura na área de baliza acabando por ser desviada por um homem antes de chegar a Raimundo que colocou os adeptos do Arões em êxtase.

O Pica acabou por ser a equipa mais perigosa no final do jogo, com sucessivos pontapés livres a serem executados tanto para a baliza do Arões como para a área mas todos estes acabavam sem o efeito desejado, Paulo Jorge acabou mesmo por fazer uma defesa que foi decisiva já aos 93 minutos desviando a bola para canto.

Apesar da vitória do Arões um empate não seria um resultado desajustado perante aquilo que se passou em campo, sorte para o Arões que soube aproveitar um erro defensivo que lhe valeram três preciosos pontos na luta pelos seus objetivos.

Equipas:
ACD Pica: Rui, Peixoto (c), Tiago, Fernando, Joel, Machado, Ramboia (66’ Fred), Nene (66’ Álvaro), Raul (74’ A. Miguel), Alirio e Nelinho
Treinador: Carlos Salgado  

Arões SC: Paulo Jorge, Tiago, Óscar (42’ Brinca), Costa, Bruno Cunha, Ismael (65’ Fernandes), André (79’ Ângelo), Raimundo (c), João, Zézinho e Keke.
Treinador: Miguel Paredes

Equipa de Arbitragem: Valdemar Maia, Paulo Rodrigues e José Gomes 

Sem comentários:

Enviar um comentário