sábado, 6 de outubro de 2012

Div. Honra AF Braga: Arões SC, 2 - Porto D'Ave, 2

Opinião: 
Texto: Ricardo Castro | Fotos: Rui Silva
.
Empate penalizador
.
O Arões não foi além de um empate a duas bolas no desafio caseiro diante do Porto D’Ave, em jogo da 5ª jornada da Divisão de Honra. Além dos quatro golos, viram-se duas expulsões e uma dúzia de cartões amarelos mostrados, além de duas grandes penalidades favoráveis ao Arões, que só concretizou um deles.
.
A equipa de Miguel Paredes entrou melhor na partida e após um primeiro lance de perigo, aos 13’, com um toque em habilidade de Brinca após cruzamento de Zezinho, o Arões chegou à vantagem ao vigésimo minuto, num livre de Romeu, descaído para a direita eximiamente marcado, com a bola a sofrer um desvio no caminho para a baliza e entrando no poste mais distante.
.
Dois minutos volvidos, Zé Beto dispôs de uma boa chance ao aproveitar um mau atraso defensivo, mas com a baliza à sua mercê não conseguiu o empate, o qual chegou à meia hora de jogo, por Gera, na recarga a uma tentativa de chapéu de Zé Beto na área, com a bola a esbarrar em Paulo Jorge e a sobrar para o dianteiro dos visitantes. Gera, que havia entrado aos 11’ para substituir o lesionado Dany, foi peça crucial na estratégia da equipa de Sérgio Lino.
.
Aos 43’, o Porto D’Ave ficou reduzido a dez elementos, por expulsão de Bruno, antigo jogador do Arões. No minuto seguinte Romeu rematou na área após livre de Bruno Cunha mas viu um defesa intercetar a bola no caminho para a baliza.
.
A segunda parte abriu praticamente com o segundo golo dos visitantes, com Marco Lima a conduzir o ataque pela direita e a entregar a bola a Gera que, isolado na área, completou a reviravolta no marcador.
.
O Arões respondeu aos 53’, com um livre de Costa, que obrigou Pedroto a aplicar-se. A partir daqui a equipa da casa tomou conta do jogo, acampando literalmente no meio campo adversário, mas sem que as coisas saíssem bem. Só aos 74’ surgiu clara oportunidade de golo. Bola metida nas costas da defesa do Porto D’Ave, Ismael disputa a bola com Pedroto e cai na área, com o árbitro a assinalar grande penalidade. Romeu foi infeliz e atirou ao lado, desperdiçando o lance.
.
Mas cinco minutos depois, o Arões beneficiou de nova grande penalidade, a castigar falta do ex- Arões Piruta, sobre Raimundo, com o primeiro a ser também expulso. Na marcação, Costa não falhou e empatou a partida, a dez minutos dos 90’.
.
Até final nada se alterou e o jogo terminou com 2-2 no marcador. Com este resultado os aronenses estão agora em segundo lugar, a par do Celoricense, com 11 pontos, menos um que o Vieira, agora novo líder após seis jornadas disputadas.
.
Jogo realizado no Parque Desportivo/Centro Formação e Juventude de Arões.
.
Árbitro: Nélson Cunha, auxiliado por Hélder Lamas e Rui Mota.
.
ARÕES SC: Paulo Jorge, Zezinho, Keke (Trinca, 81’), Costa, André, Fernandez (Raimundo, 55’), Bruno Cunha, Romeu, Ângelo (Pedro Pinto, 68’), Ismael e Brinca. Treinador: Miguel Paredes.
.
PORTO D’AVE: Pedroto, Pesca, Ricardo, Mota, Rui Costa, Bruno, Peixoto, Dany (Gera, 11’), Piruta, Zé Beto (Zé Fernandes, 72’) e Marco Lima. Treinador: Sérgio Lino.
.
Marcador: Romeu, 20’, Gera, 30’ e 49’, Costa, 80’.
.

Sem comentários:

Enviar um comentário