domingo, 18 de novembro de 2012

Div. Honra AF Braga: GD Gerês, 1 - Arões SC, 1

Opinião: 
Texto e fotos: Rui Silva
.
Arões escorrega mas não cai
.
- Fernandez atenua a injustiça aos 85'
.
O Arões viu-se em desvantagem muito cedo. Apesar de ter entrado muito bem e com oportunidade de golo aos 2 minutos, em que a bola andou em cima da linha, foi o Gerês que na 1ª vez que subiu, beneficiou de um canto inexistente e precedido de falta sobre Zezinho. Na sequência do canto Carneiro a cabecear sem oposição e a inaugurar o marcador aos 6 minutos de jogo. 
.
O Arões não sentiu muito o golo, fez o seu jogo, perante uma equipa aguerrida a meio campo, a anular as investidas dos Aronenses, muitas vezes em falta. Ao minuto 21, o Arões ganha um canto com boa oportunidade para chegar a igualdade, Kéke desvia ao primeiro poste mas Salto atento agarra a bola. O Gerês em vantagem, espreitava o contra ataque e à meia hora de jogo ganha um livre, lance estudado com Carneiro a meter a bola na pequena área, onde surge Fernando Beijinhos, muito bem, a cortar para canto. 
.
O Arões procurava neste últimos minutos do 1º tempo ultrapassar a barreira do Gerês, mas a equipa da casa mais agressiva ia impedido que o Arões chegasse mais à frente. Kéke aos 38 minutos vê gorada uma boa hipótese de empatar o jogo, após cabecear, a bola embate na barra de Salto. 
.
Dois minutos depois, lance faltoso para penalti, sobre Raimundo derrubado na área. Bem posicionados, o árbitro e seu auxiliar nada assinalaram. Regresso às cabines com escorregadela inicial a penalizar o Arões.

Ao intervalo, Miguel Parede lança mais um avançado, Trinca e deixa o amarelado Kéke no balneário. O Arões surgiu mais agressivo e determinado em mudar o rumo do jogo, teve aos 14 minutos uma excelente jogada ganha a bola de costas para a baliza entra na área mete para traz para Raimundo que de primeira atira ao lado. Boa oportunidade que ainda galvanizou mais o Arões.
.
O Gerês estava nesta fase do jogo literalmente encostado no seu meio campo defensivo, o Arões mais entusiasta, com desenvoltura nas jogadas de ataque ia ganhando as linhas e criando perigo no último teço do campo. O Gerês somente saia em contra-ataque. Aos 76 minutos Miguel Paredes refresca a linha da frente entrando André e Brinca para os lugares de Ângelo e Ismael. E foi a partir daí que o sufoco foi total, o Arões impondo um ritmo forte com o Gerês algo constrangido a sacudir a pressão de qualquer jeito. 
.
Finalmente faz-se alguma justiça, minuto 85, uma entrada fortíssima de Fernandes a cabecear para o fundo das redes de Salto, igualdade mais que justa para o Arões. Ainda se tentou chegar mais além, mas este acabaria por ser o resultado final.
.
O Arões escorregou muito cedo permitindo o golo ao Gerês, na 1ª oportunidade fez o golo. Mas soube manter-se sempre em pé e fez na 2ª parte uma excelente partida com grande atitude e empenho.
.
Ao fim de mais uma jornada o Arões ocupa o 2º lugar da tabela a par do Celoricense, com o Prado a liderar isolado com mais 2 pontos. Prado que será o próximo adversário do Arões, de novo fora de portas.
.
Local: Campo da Pereira - Gerês
.
ÁRBITRO. Hélder Franklim Branco; Auxiliares | José Carlos Tinoco e António José Barbosa
.
GD GERÊS: Salto, Vitinha, Vinhas, Rui Montenegro, Valete, Pinto, Giovani, Ricky (Tiririca, 57), Carneiro (Patrick, 82), Moura (Pereira, 55) e André (cap.). Treinador: Acácio Fernandes.
.
ARÕES SC: Paulo Jorge, Vítor Beijinhos, Ricardo Costa, Fernando Beijinhos (cap.), Zézinho, Kéke (Trinca, 45), Fernandez, Bebeto, Ismael (André, 76), Ângelo (Brinca, 76) e Raimundo. Treinador: Miguel Paredes.
.
Disciplina - cartão amarelo: Kéke, 18; Raimundo, 26; Moura, 55; André, 58; Pereira, 70; Bebeto, 77; Fernandes, 80; Tiririca, 84; Ricardo Costa, 87.
.
Marcador: Carneiro, 5; Fernandez, 85.
.

Sem comentários:

Enviar um comentário