segunda-feira, 28 de janeiro de 2013

Sorteio Taça AF Braga - 1/8 Final

Opinião: 
Texto: Ricardo Castro
.
Arões recebe Pevidém
.
Realizou-se nesta tarde de 2ª Feira, no auditório da Sede da Associação de Futebol de Braga, o sorteio relativo aos oitavos de final da Taça AF Braga, no qual o Arões estava presente e onde ficou a saber que vai receber a formação do Pevidém Sport Clube, equipa que milita na Série B da 1ª Divisão e é o actual líder da prova.
.
A equipa vimaranense já é velha conhecida da formação de Miguel Paredes, mas os últimos confrontos entre as equipas datam já da época 2010/2011 na Divisão de Honra, onde o Arões venceu por 5-2 em casa, tendo empatado sem golos no campo adversário.
.
Na 1ª eliminatória, o Pevidém eliminou o GD Selho, com um agregado de 7-4. Na ronda seguinte, os vimaranenses encontraram uma equipa fafense, o Silvares, e seguiram em frente após empatarem em casa e terem goleado fora por 0-6. Na 3ª Eliminatória, já só a um jogo, o Pevidém foi ao reduto do Leões das Enguardas vencer por 1-4.
.
Aparentemente parece ser um sorteio simpático para o Arões, que jogará perante o seu público, mas apesar do adversário não ser da Honra, tem feito uma excelente campanha na 1ª Divisão e irá certamente lutar pelo apuramento e criar muitas dificuldades aos aronenses. Os jogos da Taça estão agendados para o fim-de-semana de 16 e 17 de Fevereiro.
.
Quanto às outras duas equipas fafenses em prova, o Travassós recebe o Terras de Bouro e o Regadas desloca-se ao reduto do Celeirós.
.
Confira o resultado do sorteio:
.
São Mamede Este - Ninense
U. Torcatense - Forjães
Porto d'Ave – Vieira
Arões - Pevidém
GD Travassós – Terras de Bouro
Celeirós - Regadas
Martim - Dumiense
Soarense - Brito
.

domingo, 27 de janeiro de 2013

1ª Div. AF Braga: Delães, 1 - Agrupamento Stª. Cristina, 1

Opinião: 
Texto e foto (arquivo): Ricardo Castro
Fred
.
Golo de Fred valeu um ponto
.
Na deslocação ao difícil terreno do Delães, o Agrupamento de Santa Cristina somou um ponto importante ao empatar a uma bola com os famalicenses.
.
Na primeira parte a equipa da casa adiantou-se, mas na etapa complementar, Fred repôs a igualdade e o Agrupamento trouxe um ponto na bagagem. Sendo certo que as dificuldades em termos de soluções são curtas no plantel de Marcelo Fernandes, não se pode pedir ou exigir muito mais a esta formação, que ainda assim está bem viva na luta pela manutenção na 1ª Divisão.
.
Com este empate, os homens de Santa Cristina ocupam o 14ª lugar, com 14 pontos e na próxima jornada, a primeira da segunda volta, deslocam-se ao reduto do Emilianos, equipa que o Agrupamento derrotou por 3-2 na primeira volta.

sábado, 26 de janeiro de 2013

Div. Honra AF Braga: Arões SC, 4 - Águias de Alvelos, 0

Opinião: 


Texto: Ricardo Castro | Fotos: Rui Silva
.
Ismael bisou e desbloqueou a vitória
.
- Goleada com muitas ausências importantes
.
- Gijo estreou-se a marcar e Costa também facturou
.
Após três derrotas consecutivas na Divisão de Honra, o Arões Sport Clube regressou aos triunfos, na recepção ao Águias de Alvelos, lanterna vermelha do campeonato e que saiu de Arões com uma derrota por quatro bolas a zero. Não foi um jogo fácil para a equipa de Miguel Paredes, que se tornou mais tranquilo com dois golos de Ismael, ao fechar a primeira parte e ao abrir a segunda. Costa também marcou, de penalti e Gijo estreou-se a facturar pelo clube.
.
Com várias ausências para este jogo, como os irmãos Beijinhos, Raimundo, Ângelo, Brinca e Trinta, o Arões apresentou-se com um onze mudado, onde o reforço Ivo Vieira se estreou a jogar em casa. Miguel Paredes teve ainda de recorrer aos Juniores Antunes e Fumega para o banco de suplentes.
.
O Arões entrou em campo com vontade de pôr termo a uma série de resultados negativos, mas a vontade de fazer tudo bem não permitiu que o golo surgisse mais cedo na partida, dadas as várias ocasiões que dispôs durante a primeira parte. O Alvelos mostrava luta mas poucos argumentos para incomodar verdadeiramente a equipa de Miguel Paredes.
.
Destaque para um livre de Ricardo Costa, aos 11’, que levava selo de golo, mas João fez uma grande defesa. Aos 28’, após remate de André, João defendeu para a frente e Gijo empurrou para o fundo das redes, mas o assistente de André Salazar assinalou bem fora-de-jogo. 
.
O tão ansiado golo surgiria numa altura importante, a dois minutos do intervalo, num cruzamento à linha de Zezinho para a área onde Ivo Vieira, de costas para a baliza e com dificuldade para o remate, deixou em Ismael, que num remate em jeito colocou o Arões a vencer por 1-0, resultado com que se seguiria para o descanso.
.
Logo a abrir a segunda parte, após boa intervenção de Carneiro perante Miranda, o Alvelos ficou a pedir penalti na sequência do lance, numa jogada confusa na área aronense, mas o árbitro de pronto mandou seguir.
.
Aos 53’, surgiria o golo da tranquilidade para o Arões. Cruzamento de Tiago Costa para a área, a bola passa por toda a gente e Ismael ao segundo poste foi ao encontro da bola e desviou para o 2-0.
.
Aos 57 minutos, Bruno Cunha isolou-se a passe de Ismael e fez o drible perante João, que só conseguiu travar o nº 6 do Arões em falta. Penalti a beneficiar a equipa aronense que Ricardo Costa bateu forte e colocado para o lado direito do guardião barcelense, fazendo o 3-0.
.
Aos 71’, após um contra-ataque culminado com um remate perigoso de André que deu canto, Tiago Nogueira não deu o melhor seguimento a este, cabeceando solto na área mas ao lado.
.
Aos 81’, após canto de Bruno Cunha, Keke desviou ao primeiro poste e Zezinho voou como um avião em direção ao esférico mas este ia tão rápido que lhe passou à frente.
.
O quarto golo surgiria pouco depois, aos 83’, após bola picada por Gijo para a área, Bruno Cunha driblou um adversário, picou a bola pelo guarda-redes que ainda lhe tocou, mas este foi ter ao segundo poste onde Gijo foi mais rápido que toda a gente, confirmando o 4-0.
.
Já para lá dos 90’, cruzamento bem executado por Zezinho e Bruno Cunha, de primeira, viu João negar-lhe um grande golo com igual defesa. Seria um prémio merecido para o médio do Arões, que tem assumido um papel fundamental no miolo da equipa. O jogo chegaria ao fim com a vitória esclarecedora e justa do Arões, que só fica manchada pela lesão de Óscar, jogador experiente e que após longo tempo de paragem, deverá falhar o próximo jogo da equipa diante do Amares. Esperam-se rápidas melhoras de um atleta que deu tudo em campo e que não merece o reencontro com as lesões.
.
Jogo realizado no Parque Desportivo – Centro Para a Formação e Juventude de Arões, Vila de Arões São Romão, Fafe.
.
Árbitro: André Salazar, auxiliado por Tiago Ribeiro e Pedro Gonçalves.
.
ARÕES SC: Carneiro, Tiago Costa, Ricardo Costa, Keke, Zezinho, Óscar (Joãozinho, 76’), Bruno Cunha, Gijo, André, Ismael (Fernandez, 68’) e Ivo Vieira (Tiago Nogueira, 59’). Treinador: Miguel Paredes.
.
ÁG. ALVELOS: João, Pedro, Daniel, Coutinho (Xavi, 56’), Correia, Zé Miguel, Miranda, Ricardo (Joca, 56’), Zé, Flávio e Telmo (Gabi, 72’). Treinador: Joel Costa.
.
Disciplina – cartões amarelos a: André, 2’, Coutinho, 14’, Tiago Costa, 25’, Flávio, 57’, Pedro, 57’, Telmo, 68’ e Joca, 82’; cartões vermelhos: nada a registar.
.
Marcador: Ismael, 44’ e 53’, Ricardo Costa, 58’ (g.p) e Gijo, 83’.
.

Liga Futsal Viagens Fafetur: Arões SC, 4 - Moreira de Rei, 1

Opinião: 
Texto e foto: Ricardo Castro
.
Reviravolta na segunda parte
.
Em jogo a contar para a 14ª Jornada da Liga Futsal Viagens Fafetur, o Arões venceu o Moreira de Rei por quatro bolas a uma, num jogo difícil e que a equipa de José Salvador só conseguiu resolver na segunda parte, tendo ido para o intervalo a perder.
.
Na primeira parte, viu-se um jogo equilibrado, com mais oportunidades para o Arões, mas foi mesmo o Moreira que inaugurou o marcador, quando estava decorrido cerca de um quarto de hora de jogo. E foi com esse golo que o intervalo chegou, com a vantagem do Moreira de Rei por uma bola a zero.  
.
Na etapa complementar, a eficácia que faltou aos aronenses veio ao de cima e Marcelo empatou a partida. Rui Soares completou a reviravolta e fez o 2-1. Romão foi o autor do terceiro golo do Arões, que deu maior tranquilidade à equipa de José Salvador.
Ainda antes do fim, Marcelo bisou e fixou o resultado final em 4-1 para o Arões. Face a mais um triunfo, o Arões consolida por mais uma jornada o 3º lugar, com 32 pontos agora somados, fruto de dez vitórias, dois empates e uma só derrota. 
O próxima fim-de-semana é de Taça, e o Arões volta a defrontar o Moreira de Rei, nos quartos-de-final da prova.
.

  

domingo, 20 de janeiro de 2013

Liga Futsal Fafetur Viagens: Arões SC, 2 - Ases S. Jorge, 0

Opinião: 
Texto: Ricardo Castro | Classificação (fonte): www.futsalfafe.com
.
Terceira vitória consecutiva
.
- Golos de Rui Soares e Marcelo Freitas
.
O Arões venceu no passado Sábado o Ases de São Jorge por duas bolas a zero, em jogo da 13ª jornada da Liga de Futsal Viagens Fafetur.
.
Os golos da equipa de José Salvador foram marcados por Rui Soares e Marcelo Freitas. Foi a quarta vitória consecutiva, a terceira no campeonato, sendo certo que a outra foi a contar para a Taça da Associação de Futsal de Fafe.
.
Com este resultado, o Arões mantém-se firme no 3º lugar com 29 pontos, fechando o pódio que conta com o Santo Ovídio com 39 pontos (mais um jogo realizado) e o Sol Poente, com 34.
.
Na próxima jornada, a equipa de José Salvador defronta a formação do Moreira de Rei, em jogo a realizar na próxima 6ª Feira, dia 25 de Janeiro, pelas 22:00 horas no Pavilhão Municipal de Fafe.

Taça AF Braga: Operário FC, 2 - Arões SC, 2 (2-4 após g.p)

Opinião: 


Texto e Fotos: Rui Silva
.
Aronenses foram verdadeiros operários
.
- Grande emoção nos minutos finais com passagem nos penaltis
.
- Reforço Ivo estreou-se a titular
Num princípio de tarde chuvoso, o relvado sintético do Operário, apresentava-se com muitos charcos de água, factor prejudicial para a boa prática da modalidade. Na bancada a falta de público era outro aspecto negativo da tarde.
.
Miguel Paredes escalonou para este encontro, um “onze” diferente dos últimos jogos, atribuindo a Carneiro a guarda das redes Aronenses, na lateral direita também Tiago Costa regressava após lesão, João titular na equipa no ano anterior, também fez parte dos planos do técnico Aronense e a novidade, Ivo recente aquisição, seria o ponta de lança apontado à baliza de Jorge.
.
Quanto ao jogo, o Arões principiou o encontro a comandar, procurando enquadrar-se com a equipa adversária, teve nos pés de João a primeira intenção de golo, com remate da esquerda, obrigando Jorge a desviar para canto. Raimundo também tentaria a sua sorte, mas sem êxito.
.
Seguiu-se então algum equilíbrio na partida, com nota mais para os minutos finais, Raimundo cabeceia pressionado por um adversário, na pequena área, mas a bola sobe em demasia. Para o lado do Operário, Hilário, jogador mais em foco da turma Famalicense, teve ao minuto 44, uma boa iniciativa, entrando na área Aronense e rematando rasteiro com perigo, mas carneiro estava presente e desviou para canto.
No último lance da primeira parte, o Arões ganha um canto e Raimundo a cabecear para fora.
.
No segundo tempo, o Arões regressa dos balneários com mais atitude e mais esclarecido. E logo nos minutos iniciais, dispõe duas boas oportunidades, Raimundo ganha a bola já na área, mas adianta em demasia o esférico que acaba por sair pela linha de fundo. João também em bom plano ganha a bola na esquerda e centra para trás, onde Bruno Cunha surge a rematar forte para a defesa de Jorge.
.
O Arões dominava e instalava-se no campo do adversário. Ao minuto 18, Rogério Monteiro mexe na equipa com dupla substituição, retirando Luís e Renato, lançando Daniel Magalhães e Hugo. Por seu lado Miguel Paredes também substituí João por Ismael, que aos 67 minutos esteve perto de dar vantagem ao Arões, quando executa um belo chapéu a Jorge, mas já em cima da linha um famalicense retira a bola do golo. O Arões muito melhor nesta fase do encontro, jogava no último terço do campo. À meia hora de jogo, nova alteração para os Fafenses, Ivo sai para dar lugar ao regressado Tiago Nogueira.
.
Ao minuto 75, boa triangulação entre Ismael e Bruno Cunha, com este último a rematar forte à barra. No minuto seguinte, Tiago Nogueira de “bicicleta” obriga Jorge a mais uma bela defesa para canto. O Arões atacava com tudo a baliza do Operário, exemplo dessa atitude, foi o golo invalidado a Raimundo, pois havia sido assinalado fora de jogo antes do remate.
.
Só dava Arões, mas na hora "H" o golo era adiado. E como quem não marcas (sofre) … foram os Famalicenses que na primeira vez que chegaram à baliza de Carneiro, colocaram-se em vantagem na eliminatória, isto a 5 minutos do tempo regulamentar. A injustiça seria maior aos 83 minutos, quando o Operário faz o 2-0. Balde de água fria, a 2 minutos do final da partida, para os poucos apoiantes, vindos de Fafe presentes na bancada, despida de adeptos.
.
Nos 4 minutos de desconto os pupilos de Miguel Paredes foram em busca da felicidade... e conseguiram-na, Ismael primeiro e Raimundo depois fizeram respetivamente aos 92’ e 93’
os golos que anulavam a injustiça feita há minutos atrás, permitindo o Arões seguir para prolongamento.
.
No período extra, Jorge de novo em evidência ao negar o golo a cabeceamento à queima-roupa, de Ismael. Tiago Nogueira e Ismael teriam ainda “chances” de desfazer a igualdade mas a passagem na eliminatória seria feita através das grandes penalidades, com o Arões a sair-se melhor, falhando apenas um, enquanto operário viria Carneiro negar-lhe um e outro em que falharam o alvo.
.
O Arões passa desta forma, com inteira justiça, a eliminatória seguinte.
.
Jogo realizado no Parque de Jogos do Operário F.C – V.N. Famalicão.
.
Árbitro: Sérgio Ferraz, auxiliado por Nuno Ferreira e João Macedo.

OPERÁRIO FC: Jorge, Tiago (cap.), Rui, Marcelo, Ricardo, Manuel João, João Alves, Luís, Eurico, Renato e Hilário. Treinador: Rogério Monteiro.
.
ARÕES SC: Carneiro, Tiago Costa, Ricardo Costa, Óscar, Zezinho, Fernandez, Bruno Cunha, Gijo, João, Raimundo e Ivo. Treinador: Miguel Paredes.
.
Disciplina - cartões amarelos: Fernandez, 61’; Eurico, 80; Renato, 89’; Ismael, 95’; Ricardo Costa, 101’; Hugo, 106’. Cartões vermelhos: nada a registar.
.
Marcador: Hilário, 85’; Hugo, 88’; Ismael, 90+2’ e Raimundo, 90+3’.
.

sábado, 19 de janeiro de 2013

Iniciados - 2ª Div. AF Braga: Serzedelo, 0 - Arões SC, 1

Opinião: 
Texto: Ricardo Castro
.
Telmo
Telmo garantiu os três pontos
.
- E vão oito vitórias seguidas!
.
Na difícil deslocação ao reduto do Grupo Desportivo Serzedelo, o Arões venceu pela margem mínima e somou mais três preciosos pontos, graças a um golo de Telmo, em jogo a contar para a 12ª jornada do campeonato.

No segundo jogo de Gijo como treinador da equipa de Iniciados, a primeira parte não trouxe golos e ao intervalo o marcador permanecia inalterado.
.
O único golo da partida surgiu já no decorrer da segunda parte, por Telmo, jogador que garantiu assim nova vitória para o Arões, a oitava consecutiva no campeonato.
.
Com esta vitória, os aronenses somam agora 29 pontos e sobem provisoriamente ao primeiro lugar da tabela classificativa, por troca com o Amigos de Urgeses, que soma 27 e que recebe amanhã, no jogo de destaque da jornada, o 3º classificado Pencelo, equipa vimaranense que soma 25 pontos. A equipa de Gijo ganhará pontos a pelo menos uma das equipas nesta jornada, sendo certo que, ou consolida o segundo lugar, ou confirma a liderança no fim da jornada.
.
Na próxima ronda, a 13ª, o Arões recebe a formação do Pevidém Sport Clube.

Juniores - 1ª Div. AF Braga: Arões SC, 1 - Celoricense, 6

Opinião: 
Texto: Ricardo Castro | Foto: Rui Silva
.
Primeira parte excelente e segunda parte fatal
.
- Auto-golo e expulsão foram preponderantes
.
Os Juniores do Arões voltaram a perder, desta feita na recepção ao Celoricense, equipa que goleou os comandados de Rui Almeida por seis bolas a uma.
.
Os aronenses realizaram uma excelente primeira parte, mas foi mesmo a equipa visitante que inaugurou o marcador. Porém, o Arões beneficiou de uma grande penalidade e repôs justiça no resultado, com Zé Paulo a converter com sucesso o castigo máximo. Ao intervalo, 1-1 era o resultado.
.
Mas na etapa complementar, a equipa de Basto entrou melhor e beneficiou de um auto-golo que a colocou de novo em vantagem. O Arões viria a ficar pouco depois reduzido a dez elementos, por expulsão de Du. Este conjunto de incidências deixou a equipa aronense em situação complicada e os homens de Celorico acabaram por marcar por mais quatro ocasiões, conseguindo assim a vitória.
.
À semelhança do jogo em São Paio, os segundos 45 minutos foram fatais para os Juniores do Arões, que apesar dos maus resultados, também não tem tido alguma sorte do seu lado.
.

sexta-feira, 18 de janeiro de 2013

Agenda desportiva de fim-de-semana

Opinião: 
.
Liga Futsal Viagens Fafetur:
Arões SC - Ases São Jorge | SÁB 19 JAN | 21:00H | Pavilhão Municipal de Fafe.
.

domingo, 13 de janeiro de 2013

Div. Honra AF Braga: GD Travassós, 2 - Arões SC, 0

Opinião: 


Texto e fotos: Rui Silva 
.
Arões acordou tarde demais
.
- Má entrada em jogo, expulsões e um “Gigante” na baliza
.
Nesta viragem do campeonato, o Arões deslocou-se ao vizinho Travassós, num 'derby' de Fafe, que muitos aguardavam com expectativa. Daí a boa moldura humana nas bancadas do campo dos Carvalhinhos.
.
À semelhança dos últimos dois jogos o Arões entrou apático no jogo, o que permitiu aos homens de Paulo Soares, que bem posicionados no seu reduto, ganharam as disputas de bola, com grande atitude e agressivos, no bom sentido, na abordagem dos lances. O que retirou posse de bola aos Aronenses. 
.
Nem o golo madrugador de Joel, que aos 5 minutos, bem posicionado, responde com um belo remate, a um alívio a soco de Paulo Jorge. O Arões muito diferente de outros jogos a que já assistimos, teve somente uma boa oportunidade aos 38 minutos, quando Raimundo recebe em profundidade e remata para defesa de João.
.
No regresso ao jogo, ambas as equipas efetuaram alterações, Miguel Paredes deixa Fernandez no balneário, talvez por ter visto a cartolina amarela e Paulinho lança Feirinha para o lugar de André. A equipa do Arões entrou melhor, prova disso, foram os dois lances de Raimundo que deram ânimo à equipa. Ao minuto 50 chega um nada atrasado para a emenda e aos 53, bem posicionado no interior da área preferiu dar para o lado em vez de rematar à baliza. 
.
No minuto seguinte, o Arões ficaria reduzido a 10 elementos, hipotecando desta forma a hipótese de reação, quando Kéke num erro infantil, vê o segundo cartão amarelo. De salientar que minutos antes o juiz da partida havia fechado os olhos, num lance em que Ricardo Azevedo, merecedor do 2º cartão amarelo, ficou impune. Da marcação da falta a favor do Travassós, a equipa Travassolista volta a lucrar com nova desatenção da defensiva Aronense, Pablo marca o livre e Pedro Mendes surge só a cabecear para o 2 a 0. Paulo Jorge, sem efetuar nenhuma defesa, acaba por sofrer dois golos praticamente a frio. Óscar respondeu de seguida com um remate fora da área, mas este acabaria por ser desviado para canto.

À meia hora de jogo, já com Brinca em campo que entraria para o lugar de Ângelo, o Arões era mais forte, mas era dia de (São) João que não vacilava perante os avançados Aronenses. Como o fez no livre de Ricardo Costa, aos 74 minutos, ao defender um forte remate, assistindo-se talvez à defesa da tarde. 
.
Trinca também entraria no jogo em substituição por Gijo, também ele teve nos pés uma boa oportunidade, ao surgir na pequena área, mas rematando ao lado. Brinca ao minutos 35, num remate de pronto, vê a bola subir em demasia. O mesmo Brinca viria a ser expulso, pois após sofrer uma falta feia não assinalada pelo juiz da partida, responde no lance seguinte com uma falta, merecedora de cartão amarelo, mas José Silva de pronto admoestou-o com um vermelho direto.
.
Mesmo jogando com 9, com ainda cerca de 15 minutos para jogar, o Arões procurou sempre a baliza do Gigante João. Mas a baliza tinha um Guarda (redes) que não claudicou, nem mesmo relaxou aos 94 minutos, ao evitar o golo de honra do Arões, defendendo um bom remate de Trinca.
.
Fica aqui uma chamada de atenção para o  Arões. Será que com a atitude do segundo tempo e principalmente depois de jogarem em inferioridade numérica, em que criou inúmeras ocasiões de perigo e não permitiu que o Travassós subisse no terreno, o resultado seria negativo?
.
Local: Campo dos Carvalhinhos . Travassós . Fafe
.
ÁRBITRO. José Silva; Auxiliares | Miguel Silva e Joel Vale

GD TRAVASSÓS: João, Vieirinha, Belmiro, Ricardo Azevedo, Bruno, Joel (Luís Filipe, 71’), Óscar, Rui Ossos, Pablo, André (Feirinha, 45’) e Pedro Mendes (Marco Lobo,58’) .
Treinador: Paulo Soares.
.
ARÕES SC: Paulo Jorge, André, Ricardo Costa, Keke, Zézinho, Óscar, Fernandez (Ismael, 45’), Bruno Cunha, Gijo (Trinca, 76’), Ângelo (Brinca, 64’), e Raimundo (cap.).
Treinador: Miguel Paredes.
.
Disciplina: cartões amarelos - Fernandez, 15’; Pedro Mendes, 22’; Kéke, 38’; Ricardo Azevedo, 39’; Óscar, 45’; Kéke, 54’; Feirinha, 63’; Marco Lobo, 65’; Lameirão, 84’; Marco Lobo, 90’ + 3’.
.
Cartões vermelhos | Kéke, 54’; Brinca 81’; Marco Lobo, 90’ + 3’.
.
Marcador: Joel, 5’; Pedro Mendes, 55’.