domingo, 13 de janeiro de 2013

Div. Honra AF Braga: GD Travassós, 2 - Arões SC, 0

Opinião: 


Texto e fotos: Rui Silva 
.
Arões acordou tarde demais
.
- Má entrada em jogo, expulsões e um “Gigante” na baliza
.
Nesta viragem do campeonato, o Arões deslocou-se ao vizinho Travassós, num 'derby' de Fafe, que muitos aguardavam com expectativa. Daí a boa moldura humana nas bancadas do campo dos Carvalhinhos.
.
À semelhança dos últimos dois jogos o Arões entrou apático no jogo, o que permitiu aos homens de Paulo Soares, que bem posicionados no seu reduto, ganharam as disputas de bola, com grande atitude e agressivos, no bom sentido, na abordagem dos lances. O que retirou posse de bola aos Aronenses. 
.
Nem o golo madrugador de Joel, que aos 5 minutos, bem posicionado, responde com um belo remate, a um alívio a soco de Paulo Jorge. O Arões muito diferente de outros jogos a que já assistimos, teve somente uma boa oportunidade aos 38 minutos, quando Raimundo recebe em profundidade e remata para defesa de João.
.
No regresso ao jogo, ambas as equipas efetuaram alterações, Miguel Paredes deixa Fernandez no balneário, talvez por ter visto a cartolina amarela e Paulinho lança Feirinha para o lugar de André. A equipa do Arões entrou melhor, prova disso, foram os dois lances de Raimundo que deram ânimo à equipa. Ao minuto 50 chega um nada atrasado para a emenda e aos 53, bem posicionado no interior da área preferiu dar para o lado em vez de rematar à baliza. 
.
No minuto seguinte, o Arões ficaria reduzido a 10 elementos, hipotecando desta forma a hipótese de reação, quando Kéke num erro infantil, vê o segundo cartão amarelo. De salientar que minutos antes o juiz da partida havia fechado os olhos, num lance em que Ricardo Azevedo, merecedor do 2º cartão amarelo, ficou impune. Da marcação da falta a favor do Travassós, a equipa Travassolista volta a lucrar com nova desatenção da defensiva Aronense, Pablo marca o livre e Pedro Mendes surge só a cabecear para o 2 a 0. Paulo Jorge, sem efetuar nenhuma defesa, acaba por sofrer dois golos praticamente a frio. Óscar respondeu de seguida com um remate fora da área, mas este acabaria por ser desviado para canto.

À meia hora de jogo, já com Brinca em campo que entraria para o lugar de Ângelo, o Arões era mais forte, mas era dia de (São) João que não vacilava perante os avançados Aronenses. Como o fez no livre de Ricardo Costa, aos 74 minutos, ao defender um forte remate, assistindo-se talvez à defesa da tarde. 
.
Trinca também entraria no jogo em substituição por Gijo, também ele teve nos pés uma boa oportunidade, ao surgir na pequena área, mas rematando ao lado. Brinca ao minutos 35, num remate de pronto, vê a bola subir em demasia. O mesmo Brinca viria a ser expulso, pois após sofrer uma falta feia não assinalada pelo juiz da partida, responde no lance seguinte com uma falta, merecedora de cartão amarelo, mas José Silva de pronto admoestou-o com um vermelho direto.
.
Mesmo jogando com 9, com ainda cerca de 15 minutos para jogar, o Arões procurou sempre a baliza do Gigante João. Mas a baliza tinha um Guarda (redes) que não claudicou, nem mesmo relaxou aos 94 minutos, ao evitar o golo de honra do Arões, defendendo um bom remate de Trinca.
.
Fica aqui uma chamada de atenção para o  Arões. Será que com a atitude do segundo tempo e principalmente depois de jogarem em inferioridade numérica, em que criou inúmeras ocasiões de perigo e não permitiu que o Travassós subisse no terreno, o resultado seria negativo?
.
Local: Campo dos Carvalhinhos . Travassós . Fafe
.
ÁRBITRO. José Silva; Auxiliares | Miguel Silva e Joel Vale

GD TRAVASSÓS: João, Vieirinha, Belmiro, Ricardo Azevedo, Bruno, Joel (Luís Filipe, 71’), Óscar, Rui Ossos, Pablo, André (Feirinha, 45’) e Pedro Mendes (Marco Lobo,58’) .
Treinador: Paulo Soares.
.
ARÕES SC: Paulo Jorge, André, Ricardo Costa, Keke, Zézinho, Óscar, Fernandez (Ismael, 45’), Bruno Cunha, Gijo (Trinca, 76’), Ângelo (Brinca, 64’), e Raimundo (cap.).
Treinador: Miguel Paredes.
.
Disciplina: cartões amarelos - Fernandez, 15’; Pedro Mendes, 22’; Kéke, 38’; Ricardo Azevedo, 39’; Óscar, 45’; Kéke, 54’; Feirinha, 63’; Marco Lobo, 65’; Lameirão, 84’; Marco Lobo, 90’ + 3’.
.
Cartões vermelhos | Kéke, 54’; Brinca 81’; Marco Lobo, 90’ + 3’.
.
Marcador: Joel, 5’; Pedro Mendes, 55’.

Sem comentários:

Enviar um comentário