sábado, 2 de março de 2013

Div. Honra AF Braga: Arões SC, 2 - ACD Pica, 0

Opinião: 


Texto: Ricardo Castro | Fotos: Rui Silva
.
Fernandez e Ângelo decidiram derby
.
O Arões levou a melhor no derby fafense da 21ª Jornada e voltou às vitórias na Divisão de Honra, ao receber e derrotar a formação do Pica, por duas bolas a zero. Após três jornadas em que o melhor que conseguiu foi um empate, a formação de Miguel Paredes arrancou uma vitória difícil mas justa, com os golos a surgirem já nos últimos dez minutos, por Fernandez e Ângelo, num jogo que ficou também marcado por 12 cartões amarelos no total e por duas expulsões para o lado do Pica, de Fernando e Joel, além de um penalti a favor do Arões, que Ricardo Costa não transformou em golo. 
.
Na primeira parte, o Arões entrou bem e aos sete minutos, o regressado Óscar correspondeu com uma cabeçada forte e colocada a um livre de Bruno Cunha, mas Rui fez uma bela defesa.
.
Pouco depois, livre perigoso de Ricardo Costa à entrada da área, mas a bola não levou efeito suficiente e saiu ao lado.
.
Aos 23’, Zezinho isolou Ismael, com o nº7 a tentar driblar Rui que por sua vez derrubou o extremo aronense na área, com o árbitro a assinalar penalti. Na marcação, Ricardo Costa, ao contrário do que é costume, acabou por falhar, enviando a bola ao poste.
.
Aos 38 minutos, Ramboia caiu na área ao tentar ganhar o lance a Carneiro, mas o árbitro não assinalou, e bem, a grande penalidade.
.
Com o penalti falhado, o Arões pareceu perder alguma agressividade, mas o Pica também não conseguia incomodar verdadeiramente Carneiro, que só foi obrigado a intervir aos 43 minutos, após um remate cruzado de Ramboia. Ao intervalo, tudo estava como no início. 
.
Logo a abrir a segunda parte, Óscar sentiu algumas queixas e Gijo acabou por entrar para o seu lugar. As equipas pareciam estar um pouco na expectativa, sendo que o Arões era quem tentava chegar mais à frente, mas não estava a conseguir incomodar Rui.
.
Aos 65 minutos, o recém-entrado Ângelo ganhou na velocidade a Fernando que chegou tarde ao lance, derrubando o jogador da casa. O árbitro mostrou o segundo amarelo ao central do Pica, que reduziu a sua equipa a dez. Este lance pareceu dar mais alento ao Arões, que aos 68 minutos esteve perto do golo. Canto de Bruno Cunha e cabeçada de Gijo ao primeiro poste, com Rui, um dos melhores em campo, a intervir de forma espectacular e evitando o golo. Em cima da linha.
.
Mas o golo do Arões acabou por surgir, à entrada para os últimos dez minutos. Jogada de Bruno Cunha pela esquerda, que tocou para o cruzamento tenso de Zezinho e ao segundo poste, Fernandez cabeceou certeiro para o 1-0.
.
Apesar da vantagem, o Arões não baixou a guarda, embora mantivesse todas as cautelas na zona defensiva. Aos 86’, Zezinho desmarcou Brinca que rematou na área, mas Rui defendeu com a perna.
.
Pouco depois, o Pica ficou reduzido a dez elementos, por expulsão directa de Joel, após entrada à margem das leis sobre Fernandez.
.
No primeiro de quatro minutos de compensação, Ângelo isolou Ismael que na cara de Rui não levou a melhor. Mais uma excelente intervenção do melhor jogador do Pica no encontro.
.
Mas no minuto seguinte, Ismael recuperou a bola à entrada da área do Pica e após dominar, tocou para Ângelo, que perante Rui desferiu um violento pontapé e fez o 2-0 final.
.
Vitória justa do Arões, num derby em que acabou por ser colectivamente melhor. A equipa de Miguel Paredes está provisoriamente no 6º lugar, com 36 pontos e na próxima jornada desloca-se ao reduto do Torcatense, num jogo clássico da Divisão de Honra.
.
Jogo realizado no Parque Desportivo Centro Para a Formação e Juventude de Arões.
.
Árbitro: Fernando Cunha, auxiliado por José Ribeiro e Luciano Maia.
.
ARÕES SC: Carneiro, Vítor Beijinhos, Fernando Beijinhos, Ricardo Costa, Zezinho, Fernandez, Óscar (Gijo, 50’), Bruno Cunha, Ismael, André (Ângelo, 61’) e Ivo Vieira (Brinca, 74’). Treinador: Miguel Paredes.
.
ACD PICA: Rui, Tiago, Nené, Fernando, Domingos (Nelinho, 82’), Fred, Edu, Joel, Alírio (Fábio Rafael, 67’), Ramboia (Serginho, 71’) e Vasco. Treinador: Carlos Salgado.
.
Disciplina – cartões amarelos a: Fernando, 9’ e 65’, Nené, 10’, Domingos, 17’, Rui, 23’, Alírio, 30’, Fernandez, 43’, Ismael, 60’, Vítor Beijinhos, 70’, Brinca, 84’, Vasco, 87’ e Ricardo Costa, 90+4; cartões vermelhos a: Fernando, 65’ e Joel , 88’.
.
Marcador: Fernandez, 80’ e Ângelo, 90+2’.


.

Sem comentários:

Enviar um comentário