domingo, 28 de abril de 2013

Div. Honra AF Braga: Arões SC, 2 - Brito SC, 2

Opinião: 
Texto: Ricardo Castro | Fotos: Rui Silva
.
Desta vez não chegou André e Raimundo
.
- Arões acabou o jogo com nove                                       
.
Arões e Brito dividiram pontos no jogo grande da 28ª Jornada da Divisão de Honra. Num jogo com muito público e bom tempo, viram-se quatro golos, mas muita dureza no capítulo disciplinar, com nove cartões amarelos e três vermelhos, quase todos na segunda parte. Numa primeira parte sem grande espectáculo, a equipa forasteira foi para o intervalo a vencer. O Arões entrou demolidor na etapa complementar e virou o resultado, com os mesmos protagonistas da jornada passada em Celorico, André e Raimundo. Mas o Brito viria a empatar de grande penalidade.
.
A primeira meia hora de jogo não deu muito aos adeptos, nem ao próprio espectáculo. Duas defesas muito compactas, sem darem muitos espaços, o que se traduziu em poucas (ou nenhumas) oportunidades de golo. O Brito quase teve a felicidade de chegar ao golo aos 14 minutos, num livre de Vasco, que sofreu um desvio em Ricardo Cruz, mas Carneiro salvou em cima da linha.
.
O Arões respondeu aos 28 minutos. Após um passe magistral de Bruno Cunha, Óscar surgiu solto na área e desviou a bola do alcance de Miguel, mas a defesa do Brito atirou para canto.
.
Aos 33 minutos, o Brito foi eficaz e no primeiro remate à baliza, fez o golo. Livre de Vasco para a área e após alívio da defensiva aronense, Roger desmarcou-se da confusão e rematou à entrada da área. Carneiro esticou-se todo, mas não conseguiu impedir o golo.
.
O Brito soltou-se mais após o golo, conseguiu organizar-se melhor e geriu a vantagem até intervalo. A equipa de Miguel Paredes conseguiu responder já perto do intervalo, mas o remate frontal de Ismael saiu um pouco ao lado.
.
A segunda parte trouxe um filme totalmente diferente. O Arões entrou muito forte, encostou o Brito à sua defensiva e chegou ao empate aos 50 minutos. Raimundo recebeu a bola na área, de costas para a baliza e serviu André, que rematou frontal para o 1-1.
.
A igualdade não satisfez a equipa fafense, que não demoraria muito a completar a reviravolta. Aos 56 minutos, livre potente de Ricardo Costa, Miguel defendeu com dificuldade para a frente e Raimundo foi mais rápido que os adversários e cabeçeou na pequena área para o 2-1.
.
O treinador do Brito, Jorge Batista, que fez a sua estreia pela equipa, resolvou fazer a primeira substituição à hora de jogo, fazendo entrar João para o lugar de Paulinho.
.
Mas era o Arões quem estava por cima no jogo e podia ter sentenciado o jogo aos 65 minutos. Passe de Raimundo a isolar Ângelo, que rematou após drbilar um defesa, mas viu Miguel tapar o caminho da baliza. Primeira metade da etapa complementar totalmente aronense.
.
Contudo, o jogo viria a mudar drasticamente a partir dos 70 minutos, altura em que João, o tal que tinha entrado na equipa do Brito, ganhou uma grande penalidade após falta de Fernando Beijinhos, que viu o amarelo. Na marcação do castigo máximo, Vasco restabeleceu o empate.
.
Muito público na bancada de Arões
Aos 74 minutos, o capitão do Arões viu o segundo amarelo e foi expulso. A equipa fafense ficava reduzida a dez elementos, com um quarto de hora pela frente. Nesta altura, já o árbitro José Silva era o protagonista, a marcar faltas por tudo e por nada, usando e abusando no capítulo disciplinar.
.
No primeiro minuto dos descontos, o médio vimaranense Barbosa também foi expulso por acumulação de amarelos, ao impedir um contra-ataque perigoso e no minuto seguinte, Fernandez fez uma falta no meio campo defensivo e viu o vermelho directo. Decisão algo exagerada em comparação a algumas que se viram durante os 90 minutos.
.
Na próxima quarta-feira, as duas equipas voltam a encontrar-se no Parque de Jogos de Brito, pelas 16h00, em jogo a contar para a 1ª mão das meias-finais da Taça AF Braga.
.
Jogo realizado no Parque Desportivo de Arões.
.
Árbitro: José Silva, auxiliado por Miguel Silva e Rui Amaral.
.
ARÕES SC: Carneiro, Tiago Costa, Fenando Beijinhos (cap.), Ricardo Costa, Zezinho, Óscar, Fernandez, Bruno Cunha, Ismael (Ângelo, 63’), André (Gijo, 81’) e Raimundo (Ivo, 89’). Treinador: Miguel Paredes.
.
BRITO SC: Miguel, Vasco, Mouzinho, Luís Miguel, Paulinho (João, 60’) Barbosa, Pereira (Sérgio, 89’), Miguel Mota, Ricardinho (Meira, 77’), Ricardo Cruz e Roger. Treinador:  Jorge Batista.
.
Disciplina – cartões amarelos a: Paulinho, 23’, Ricardinho, 43’, Vasco, 55’, Fernando Beijinhos, 70’ e 74’, Barbosa, 80’ e 90+1’ Miguel, 82’, Raimundo, 89’; cartões vermelhos a: Fernando Beijinhos, 74’ (acumulação) Barbosa, 90+1’ (acumulação) e Fernandez, 90+2 (directo).
.
Marcador: Roger, 33’, André, 50’, Raimundo, 56’ e Vasco (g.p), 71’.
.

Sem comentários:

Enviar um comentário