sábado, 21 de setembro de 2013

Pró-Nacional: Arões SC, 2 - Vieira SC, 1

Opinião: 
Texto: Ricardo Castro | Fotos: Rui Silva
.
Óscar e Pablo quebraram a tradição
.
O Arões recebeu e venceu o Vieira por 2-1, na 5.ª Jornada do Pró-Nacional. Num jogo bem disputado e equilibrado, os golos de Óscar e Pablo, com Nelsinho a empatar pelo meio, foram suficientes para os aronenses baterem oficialmente pela primeira vez a equipa de Vieira do Minho.
.
A formação da casa entrou praticamente a vencer no jogo. Logo aos dois minutos, livre de Bruno Cunha do lado esquerdo, com Óscar a desviar subtilmente, quase sem contar, para o fundo da baliza.
.
Embalado pelo golo, o Arões esteve muito perto do segundo golo no minuto seguinte. Bruno Cunha cruzou para a área, Raimundo desviou e Hugo, após defesa incompleta, salvou em cima da linha.
.
O Vieira conseguiu assentar as suas ideias de jogo e conquistou o primeiro canto aos 14 minutos, que terminou com um remate de Nelsinho à malha lateral.
.
Aos 18 minutos, Barbosa rematou do lado esquerdo, pouco ao lado. No mesmo minuto, bola metida nas costas da defensiva aronense, Zezinho falhou o corte e Nelsinho, perante Paulo Jorge, igualou a partida.
.
Com a igualdade, as equipas encaixaram uma na outra e não conseguiram clara superiorização. Aos 36 minutos, Ismael fez a diagonal e à entrada da área rematou com o pé esquerdo, com a bola a passar perto da baliza.
.
Aos 42 minutos, Roger apareceu em boa posição na área e rematou de imediato, mas atirou ligeiramente ao lado. Ao intervalo, empate 1-1, que se justificava pela reacção forasteira ao golo madrugador que sofreu.
.
Na segunda parte, a qualidade de jogo baixou de parte a parte e o Arões tentou tomar a iniciativa de jogo perante um adversário organizado e difícil, só chegando à baliza aos 59 minutos, com um livre de Pablo à figura de Hugo.
.
Na resposta, o Vieira dispôs da melhor oportunidade da etapa complementar. Após bom trabalho pelo flanco esquerdo, Costa cruzou para a área e Orlando surgiu solto ao segundo poste a desviar de primeira, mas por cima da trave.
.
Aos 77 minutos, Ismael dominou a bola pela esquerda, seguiu até à área e ao fletir para o meio sofreu falta do capitão Bruno. José Ribeiro apontou de imediato para a marca de grande penalidade. Na marcação, Pablo fez o 2-1 final. Bola para um lado, guarda-redes para o outro.
.
Em vantagem, o Arões soube aguentar e refrescou a parte recuada do terreno com as entradas de Fernandes e Costa. Roger Bastos lançou Dani e Gala nos últimos minutos, mas nada mudou até final.

Vitória muito difícil do Arões, que finalmente quebrou a tradição de não ganhar ao Vieira. Ao fim de quatro jogos, a equipa de Miguel Paredes soma 10 pontos e segue no grupo da frente da Pró-Nacional. No próximo Sábado, deslocação ao reduto do Dumiense, num jogo com início pelas 16h00.
.
Jogo realizado no Parque Desportivo de Arões.
.
Árbitro: José Ribeiro, auxiliado por Luciano Maia e Bruno Silva
.
ARÕES SC: Paulo Jorge, Pedro Rosita, Fernando Beijinhos (cap.), Óscar, Zezinho, Néné, Barbosa (Fernandes, 80’), Bruno Cunha, Pablo, Ismael (Ricardo Costa, 87’) e Raimundo (Garcia, 65’). Treinador: Miguel Paredes.
.
VIEIRA SC: Hugo, Petit, Élio, Duarte, Paulinho (cap.), Luca (Pedro José, 65’), Bruno, Costa (Gala, 87’), Roger, Orlando e Nelsinho (Dani, 80’). Treinador: Roger Bastos.
.
Disciplina – cartões amarelos: Bruno Cunha, 51’, Roger, 55’, Duarte, 60’, Pablo, 69’, Costa, 73’, Bruno, 77’ e Néné, 81’. Cartões vermelhos: nada a registar.
.
Marcador: Óscar, 2’, Nelsinho, 18’ e Pablo, 78’ (g.p).
.

Sem comentários:

Enviar um comentário