quarta-feira, 11 de setembro de 2013

Resumo da assembleia de 10 Setembro, 2013

Opinião: 
Ontem no auditório da Junta de Freguesia a reuniu-se a Assembleia de Junta, naquela que foi a última da legislatura 2009-2013.

Numa assembleia de junta com mais público do que o habitual, foi prestado por sugestão do presidente de assembleia, Vitor Castro, um minuto de silêncio em honra dos bombeiros portugueses.

Debateram-se assuntos como a execução de obras na freguesia, nomeadamente Agostinho Pereira da bancada social-democrata, interrogou o executivo sobre o “porquê de tantas obras” num tempo em que as eleições autárquicas estão tão próximas, qual era o ponto de situação em relação ao muro na Rua do Portal que está bastante degradado representando nas suas palavras um perigo para a via pública, questionou também o critério da atribuição de subsídios às festas em Arões S. Romão.

Cláudia Castro, começou por responder em relação aos subsídios das festas que no passado a Junta pagava os encargos com a luz, mas que neste momento devido às alterações legislativas o critério de atribuição de subsídios é feito mediante o valor gasto na luz em anos passados.
Em relação ao muro no Portal, foi atribuída essa responsabilidade à câmara pois é da competência da mesma resolver a referida situação.

Agostinho Pereira, frisou tratar-se de um jogo sujo por parte do executivo deixar para o fim do seu mandato as obras que decorrem neste momento, na resposta João Ricardo Lopes, referiu não andarem a brincar e que a Junta está a fazer obra e que sente que a câmara não teve à altura da freguesia e haver pessoas que não reconhecem a obra desenvolvida pela Junta de Freguesia nestes últimos quatro anos.
As “grandes obras” que ficaram por se fazer devessem em parte à suspensão dos fundos do QREN segundo o executivo.

Referindo-se ao ponto das atividades desenvolvidas pela freguesia foram citadas as seguintes: Novos passeios e pisos, aulas de hidroginástica, distribuição de bens alimentares, realização de oficinas para beneficiários do RSI, atendimento jurídico na sede da junta às segundas-feiras, passeios à praia com seniores, parque infantil e feira de artesanato. Irá ser iniciado brevemente o parque de lazer dos Ferreiros.
No que refere ao saneamento foi frisado que atualmente existe uma isenção para executar a ligação à rede de saneamento, algo que à pouco tempo não se verificava e que mesmo assim sente-se uma “falta de civismo” por parte das pessoas que têm a possibilidade de fazer a ligação à rede e não o fazem, referiu Joel Fernandes.

Por parte das candidaturas do PS, PSD e Independentes por Fafe foi frisado que tudo farão para que a campanha eleitoral decorra do modo mais harmonioso possível, relembrando ainda o presidente da assembleia que as candidaturas independentemente do resultado não deverão apenas ficar pelo ato de candidatura mas dar o seu contributo no futuro para Arões.

Sem comentários:

Enviar um comentário