sábado, 19 de outubro de 2013

Arões - Torcatense: reacções após o jogo

Opinião: 
Miguel Paredes: "A minha equipa não fez um jogo competente"
.
“A minha equipa não fez um jogo competente, longe disso. Mas apesar das dificuldades na primeira parte, só nós criámos oportunidades de golo. Tivemos o Ismael isolado, com uma boa defesa do Ricardo. Na segunda parte, estávamos a atacar mais um bocadinho e na primeira vez que o Torcatense criou, marcou. Penso que é um lance precedido de falta à entrada da área sobre o Pablo, que toda a gente viu. Tentamos ir atrás do jogo e acabamos por sofrer o segundo golo. A minha equipa não fez um jogo competente, o Torcatense fez um jogo competente e o árbitro fez um jogo tremendamente incompetente. O primeiro golo é falta e além das faltas que enervam a equipa, onde os jogadores se metem-se à frente da bola e não levam cartão amarelo, ainda expulsou um jogador nosso, que é alvo de uma entrada violentíssima em falta e que leva o cartão vermelho directo. Estava eu convencido que tinha sido por palavras, mas o árbitro disse no campo que foi por pisar o adversário, depois à entrada do balneário já foi por tentar pisar. Penso que é uma decisão que nos prejudica, porque nos deixa sem um dos nossos melhores jogadores e uma decisão totalmente errada que só existiu na cabeça do árbitro.”
.
Fernando Eusébio (treinador-adjunto do Torcatense): “Vitória muito importante e justa”
.
“Foi uma vitória muito importante  e justa, penso que estamos de parabéns. Uma primeira parte em que o Arões entrou melhor. Mas a partir dos 15 minutos começamos a controlar o jogo. Na segunda parte, em duas saídas rápidas nossas, acabámos por fazer os dois golos e penso que foi inteiramente merecido.”
.

Sem comentários:

Enviar um comentário