segunda-feira, 28 de outubro de 2013

Pró-Nacional AF Braga: Maria da Fonte, 3 - Arões SC, 6

Opinião: 
Texto: Arões SC | Fotos: Sérgio Costa
.
Arões foi à fonte fazer golos e pontos
.
- Goleada histórica em resposta à primeira derrota
.
Após a primeira derrota no campeonato na jornada anterior, o Arões respondeu com um bom resultado, ao vencer o Maria da Fonte por expressivos e numerosos 3-6, e mantém a liderança da prova.

O jogo começou da pior forma para o Arões, que sofreu um golo do Maria da Fonte aos 50 segundos de jogo. Um golo marcado por Simão, que aproveitou uma bola nas costas da defesa e bateu Paulo Jorge.

Reagiu bem o Arões e em dois minutos inverteu o resultado. Aos quatro minutos, Ismael aproveitou uma bola longa nas costas da defesa e perante o GR Miguel fez o 1-1. Um minuto depois, Pedro Rosita, que jogou como médio ala, assinou um golo monumental, ao fazer de primeira um chapéu ao guardião do Maria da Fonte, num golo que será certamente dos melhores do campeonato.

Costa fez o sexto golo que fechou as contas do jogo
O Maria da Fonte reagiu e durante a primeira parte foi sempre mais forte e mais agressivo que o Arões e chegou aos 2-2 através de Rui Abreu, que aproveitou um passe na diagonal nas costas de Zezinho e rematou cruzado para o golo do empate.

No último minuto da primeira parte, mais uma bola ganha pelos avançados do Maria e o central Costa, em ultima instância, acaba por fazer penalty. Na marcação do mesmo,Paulo Jorge foi mais forte e defendeu o remate de Nandinho.

Ao intervalo o técnico Miguel Paredes fez a primeira alteração, tirando Barbosa e fazendo entrar Beijinhos para serenar a defesa, que durante a primeira parte esteve intranquila.

Se o Arões tinha entrado mal na primeira parte, o mesmo aconteceu na segunda e acabou por sofrer aos 50 minutos o 3-2, por Diogo, que emendou à boca da baliza um remate de um colega.

O Arões foi melhorando e cerca dos 65 minutos surge o lance marcante do jogo. Ismael combina com Raimundo e depois é derrubado por Diogo, que vê o segundo cartão amarelo, ficando o Maria da Fonte reduzido a dez jogadores. Pablo fez o 3-3 e a equipa tranquilizou e melhorou claramente no jogo.

André entrou para o lugar de Rosita e o Arões acabou por fazer o 3-4 aos 70 minutos, por Pablo, após jogada de Zézinho e Ismael, ao recolher a bola à entrada da área, encostando para o golo.

Com o adiantamento do adversário, o Arões passou a explorar os flancos e acabou por fazer o 3-5 aos 80 minutos, com André a isolar-se e à saída do guarda-redes, tocando para Raimundo encostar para o fundo das redes.

Até ao final o Arões foi construindo jogadas de perigo perante uma equipa que caiu com a reviravolta no marcador e entregou as armas. O Arões Acabou por fechar as contas por Costa, de penalty, aos 88 minutos, quando Garcia "dançou" sobre um adversário e foi derrubado.

O resultado ainda podia ser mais dilatado, pois Garcia e Raimundo obrigaram o guardião adversário a duas grandes defesas, mas tal seria demasiado penalizador para o Maria da Fonte.


Em suma, foi melhor o Maria da Fonte na primeira parte, com o Arões algo perdido em campo, mas uma boa segunda parte do Arões, principalmente após os 3-3, a partir do qual tranquilizou e apresentou um bom futebol, sempre com olhos na baliza adversária, deu os três pontos que deixam o Arões no primeiro lugar, agora com 20 pontos. Na próxima jornada, o Arões recebe o Taipas.
.
Jogo realizado no Estádio dos Moinhos Novos | Póvoa de Lanhoso.

Árbitro: João Costa, auxiliado por Eduardo Miranda e Bruno Costa.

SC MARIA DA FONTE: Miguel, Bruno Oliveira, Gilberto, Serginho, Rui Abreu (Bruno Moreira, 60), Diogo, Costinha (Marco, 55), Nandinho, Simão, Pikuá (Costeado, 81) e Carlos Veiga. Treinador: Armando Silva.

ARÕES SC: Paulo Jorge, Jorge Miguel, Costa, Óscar, Zezinho, Néné, Barbosa (Fernando Beijinhos, 45), Pablo, Ismael (Garcia, 82), Pedro Rosita (André, 63) e Raimundo. Treinador: Miguel Paredes

Marcador: Simão, 1’; Ismael, 4’; Rosita, 5’; Rui Abreu, 20’; Diogo, 50; Pablo, 66 (g.p) e 70’; Raimundo, 80’ e Costa, 88'.
.

Sem comentários:

Enviar um comentário