segunda-feira, 9 de dezembro de 2013

Pró-Nacional: Esposende, 1 - Arões SC, 4

Opinião: 
Texto e fotos: Rui Silva
.
Pablo esteve em todas
.
- Bis do médio e duas assistências para golo
.
Após o empate conquistado fora em Merelim, o Arões defrontava o “lanterna vermelha” que se estreava esta época, em jogos caseiros, na sua própria casa, no que seria a inauguração do seu novo tapete, um relvado sintético que receberá também os jogos da formação Esposendense.
.
A primeira nota de relevo surgiu logo aos quatro minutos, quando um avançado da casa apareceu isolado à entrada da área, valeu Zézinho a cortar “in extremis” para canto.
.
O Arões por intermédio de Rosita, também dispôs de uma excelente oportunidade, aos dez minutos, quando recebe a bola no canto direito da pequena área, e com toda a calma do mundo tentou colocar em vez de fuzilar, mas enviou a bola para os braços de Tozé.
.
O Arões, como se fazia prever assumia o jogo, mas de forma pachorrenta e com falta de velocidade. Minuto 16, contrariedade para o técnico Tiago Losa, que se viu forçado a mexer na equipa, por lesão de Nuno Gonçalves, entrando Miquelino para o seu lugar.
.
O Arões, através de remate de génio de Ismael, inaugurou o marcador aos 28 minutos, passe de Pablo, mal intercetado por um defesa, a bola fica à mercê de Ismael que de primeira faz um golo de bandeira, colocando o Arões em vantagem.
.
Mas após a vantagem, o Arões como que adormecesse, viu o Esposende desinibir-se e igualar ao minuto 36, na sequência de um canto inofensivo, marcado rasteiro ao primeiro poste, onde surgiu Serra a atrapalhar a defensiva aronense, acabando a bola por entrar sem se saber quem tocou por último na bola.
.
Os pupilos de Miguel Paredes acusaram o golo e demoraram a voltar ao jogo. Mas de novo a dupla do primeiro golo surgiu em cena. Pablo desmarca Ismael, que domina a bola de peito em plena grande área e quando avança para o golo, é derrubado por Serra, que foi expulso. Penalti assinalado por Nelson Cunha sem contestações. Pablo agarrou no esférico rematou certeiro para o segundo do Arões. Vantagem dos homens de Fafe, que assim foram para o descanso em vantagem.
.
No segundo tempo, perante um adversário em inferioridade numérica, esperava-se que o Arões procura-se cedo aumentar a diferença no marcador. Mas foram os Esposendenses a criar aos 48 minutos um calafrio na área do Arões. Minuto 58, desta feita seria Miguel Paredes a mexer por lesão, Ismael cedeu o lugar a Raimundo.
.
Raimundo pouco tempo após a sua entrada, beneficiou de uma boa oportunidade para dilatar o placar, quando bem colocado na pequena área rematou ao lado da baliza de Tozé. Seguiram-se mexidas nos dos conjuntos, primeiro para o Esposende saiu Rúben, entrou Jardel. Miguel Paredes lançou André para a saída de Alírio.
.
Minuto 70, mais uma obra de arte de Pablo, na marcação de um livre direto, faz um belo golo, entrando a bola no ângulo superior direito, não dando hipóteses a Tozé. Dois minutos após, de novo Pablo a isolar André que tenta o chapéu, mas este saí defeituoso.
.
O Esposende procurava bolas metidas na frente, onde Miquelino, com a sua estatura tentava ganhar nas alturas. E assim foi aos 73 minutos na sequência de um livre, mas a errar o alvo. Minuto 81, estreia para o jovem atleta Aronense, Hugo, que entrara para o lugar de Rosita.
.
Aos 87 minutos, um cruzamento do Esposende, que mais pareceu um remate, quase dava golo não fosse Miguel atento a desviar para canto. Mas o “mágico” Pablo ainda tinha algo na cartola, livre a favorecer o Arões, Pablo pica a bola por cima da barreira e Bruno Cunha surge isolado na área e perante Tozé só teve de fazer golo.
.
Seria assim feita a historia do jogo, nesta deslocação do Arões ao terreno do lanterna vermelha, numa partida não muito bem conseguida, apesar dos quatro golos apontados e principalmente dos três pontos conquistados, com aqui e ali bons pormenores dos Aronenses, que recuperaram o primeiro lugar da tabela, à condição.
.
Jogo no Estádio Padre Sá Pereira . Esposende
.
Árbitro: Nelson Cunha, auxiliado por José Caldeira e Hélder Lamas.
.
AD ESPOSENDE: Tozé, João Diogo, Serra, Merrelho, Nuno Gonçalves (Miquelino, 16’), David Francês, Hugo Oliveira, Manó, Rúben (Jardel, 60’), Rui Azevedo e João Peão. Treinador: Tiago Losa.
.
ARÕES SC: Miguel, Jorge Miguel, Fernando Beijinhos (cap.), Kéke, Zézinho, Néné, Pablo, Bruno Cunha, Pedro Rosita (Hugo, 81’), Ismael (Raimundo, 57’) e Alírio (André, 62’). Treinador Miguel Paredes.
.
Cartão amarelo - Ismael, 52’; João Peão, 62’; Jorge Miguel, 79’; Fábito, 80’; Hugo Oliveira, 85’; Kéke, 87’ e Miquelino, 89’. Cartão vermelho: Serra, 44’.
.
Marcador: Ismael, 28’, Serra, 36’, Pablo, 44’ (g.p) e 70’, Bruno Cunha, 88’.
.

Sem comentários:

Enviar um comentário