segunda-feira, 2 de dezembro de 2013

Pró-Nacional: Merelinense, 2 - Arões SC, 2

Opinião: 
Texto e fotos: Rui Silva
.
Arões em bom plano diante de um dos candidatos
.
- Jorge Miguel bisou num jogo que merecia outro relvado
.
O encontro da tarde de Domingo opunha os dois primeiros classificados, Arões e Merelinense. Os bracarenses tinham e têm dois jogos a menos. Arões e Merelinense são duas das equipas deste campeonato que praticam bom futebol e tiveram como grande obstáculo o recinto de jogo, um relvado em muito mau estado, dificultando e muito a tarefa aos jogadores.
.
A equipa de Miguel Paredes entrou bem no jogo, batalhando e disputando os lances com vontade e atitude. À meia hora de jogo havia dois lances de relevo, um para cada lado, aos 16 minutos, Ruca teve uma bela iniciativa, mas pressionado, rematou cruzado ao lado da baliza de Miguel. A outra foi de Ismael, que recebeu uma bola de Pablo e à entrada da área, só frente a Cláudio, não conseguiu inaugurar o marcador.
.
Minuto 38, oportunidade de o Arões passar para a frente do marcador. Ismael sofre falta indiscutível em plena área do Merelinense, mas Cláudio venceu o duelo a Pablo. Desperdiçou Pablo, mas aproveitou Canetas. Em cima do intervalo, ao minuto 45, superiorizou-se a Jorge Miguel, cabeceando para o fundo das redes aronenses.
.
O Arões regressava ao balneário com um sentimento de injustiça. Por outro lado o técnico Hugo Sousa sorria com o golo de Canetas nos instantes finais da primeira parte.
.
O Merelinense, no regresso ao jogo, voltou moralizado e Canetas teve oportunidade para fazer o segundo, mas não acertou com a baliza. O Arões, ciente do seu potencial, foi crescendo e assumiu o comando do jogo.
.
Ao minuto 55, o Arões ganhou um livre descaído sobre a esquerda. Pablo bateu ao segundo poste, onde surgiu Jorge Miguel a restabelecer a igualdade. Redimiam-se os dois atletas de Miguel Paredes e colocavam justiça no marcador. O Arões estava por cima e dois minutos volvidos, Óscar falhou por pouco o segundo do Arões, ao cabecear a milímetros do poste da baliza de Cláudio.
.
Aos 60 minutos, lance rápido do Merelinense, bola metida em Ruca na área, que disputa a bola com Óscar, acabando por cair, o juiz não apitou falta de pronto, sem se saber porquê, mas acabaria por assinar a grande penalidade, que Canetas não desperdiçou, colocando de novo os bracarenses em vantagem no marcador.
.
Os técnicos mexeram nas equipas, primeiro Hugo Sousa retirou Rafael e faz entrar Ni na partida, ao minuto 61. Mais tarde, Miguel Paredes fez dupla substituição ao minuto 65, retirando Alírio e Barbosa e lançando Raimundo e Pedro Rosita. O Arões estava bem no jogo, balanceado no ataque, mas corria perigo, pois o Merelinense espreitava sempre que podia o contra-ataque. Exemplo disso mesmo foi o lance em que Café apareceu só frente a Miguel, aos 70 minutos, mas o guardião aronense negou-lhe o golo com o pé, enviando a bola para canto. Ao minuto 73, sai Óscar lesionado e entra Kéke para o seu lugar.
.
Aos 77 minutos, Raimundo é derrubado na pequena área por Cláudio e é assinalada nova grande penalidade para o Arões. Desta feita, foi Jorge Miguel chamado à conversão, rematando com sucesso para o tento da igualdade. Seguiu-se um final de jogo emocionante, com o Arões a não baixar as linhas e chegando mesmo a fazer o terceiro, mas a não ser validado por suposto fora de jogo de Jorge Miguel.
.
O Merelinense efetuou outra substituição aos 84 minutos, entrando Belinha para o lugar do irrequieto Ruca. Mas foi o Arões a criar novo calafrio na área bracarense, com Raimundo a uma vez mais ser derrubado, mas a nada ser assinalado.
.
Final do encontro, com a repartição de pontos aceitável para o trabalho executado pelas duas equipas, mas com nota negativa para o “palco” do jogo, pois mais se assimilava a um pelado. Pedia-se outro tapete para os bons executantes de ambas as partes.
.
Jogo no Estádio João Soares Vieira, em Merlim São Pedro, Braga.
.
Árbitro: Marco Teixeira, auxiliado por Gaspar Castro e Fernando Alves.
.
MERELINENSE FC: Cláudio Machado, Cara (cap.), Mara, Rui, Rafael (Ni, 61’), João Araújo, Tiago, João Paulo, Café, Ruca (Belinha, 84’) e Canetas. Treinador: Hugo Santos.
.
ARÕES SC: Miguel, Jorge Miguel, Fernando Beijinhos (cap.), Óscar (Kéke, 73’), Zézinho, Néné, Pablo, Bruno Cunha, Barbosa (Pedro Rosita, 65’), Ismael e Alírio (Raimundo, 65’). Treinador: Miguel Paredes.
.
Disciplina - cartão amarelo: Néné, 10’; João Paulo, 37’; João Araújo, 62’.
.
Marcador: Canetas, 42' e 61', Jorge Miguel, 55' e 78' (g.p).
.

Sem comentários:

Enviar um comentário