sábado, 8 de março de 2014

Pró-Nacional: Arões SC, 0 - CCD Santa Eulália, 1

Opinião: 
Texto: Ricardo Castro | Fotos: Rui Silva
.
Expulsão de Raimundo complicou o jogo
.
No jogo grande da 25.ª jornada da Pró-Nacional, o Arões perdeu em casa com os vizelenses do Santa Eulália, por uma bola a zero. Um golo de Armando, jogador que já passou pela AD Fafe, decidiu um jogo intenso e típico de equipas da frente da tabela classificativa. A expulsão de Raimundo, aos 48 minutos, acabou por desequilibrar as contas de um jogo em que o Arões, mesmo com o golo sofrido, lutou sempre para somar pontos diante de um dos candidatos à subida.
.
Com uma bancada praticamente cheia, os primeiros quinze minutos foram muito equilibrados. Aos 17’, primeiro sinal de perigo, dado pelos visitantes. Após uma bola na área, Martins surgiu em posição frontal, mas atirou um pouco ao lado. Dois minutos depois, Élio também tentou, mas Miguel controlou a trajetória do esférico.
.
O Arões só deu um ar da sua graça aos 28 minutos. Forte pressão na defensiva vizelense, com a bola a ressaltar para Ismael, que não foi feliz na tentativa de chapéu a Espinha. Aos 34 minutos, a melhor ocasião de toda a primeira parte. Pela direita, Ismael tirou um oponente do caminho e deu no coração da área em Bruno Cunha. Mas após simular perante um defesa, o médio aronense viu Élio evitar o golo com a cabeça em cima da linha de baliza. Ao intervalo permanecia o nulo.
.
Logo a abrir a segunda parte, o Arões viu-se reduzido a dez unidades. Na sequência de um lançamento lateral, Raimundo terá agredido com uma cotovelada o central Basílio. José Carreira foi perentório e mostrou o vermelho ao jogador aronense. Aos 53 minutos, Ismael passou a bola por um lado, fugiu pelo outro e Filipe Alves cortou com a mão. O extremo aronense ia isolado para a baliza, mas o árbitro decidiu dar o cartão amarelo ao jogador visitante. O lance deu aso a um livre perigoso de Pablo, mas Espinha defendeu.
.
À hora de jogo, um remate colocado de Carlitos passou junto à trave. Miguel, em dificuldades, teve de ser assistido, mas recuperou rapidamente. Aos 68 minutos, surgiu o único golo do jogo. Num livre da esquerda, Miguel defendeu um primeiro desvio, a defensiva aronense evitou logo a seguir, mas na confusão a bola sobrou para Armando, que fez o 0-1 na partida.
.
O Arões reagiu como pôde ao golo e Miguel Paredes operou as substituições nos últimos vinte minutos. Gustinho, André e Garcia deram alguma frescura ao ataque, mas a defensiva do Santa Eulália foi conseguindo evitar o 1-1, perante a forte pressão aronense. Aos 82 minutos, André rematou cruzado, mas ninguém surgiu para o desvio e a bola passou ao lado. A um minuto dos noventa, Garcia surgiu em boa posição, mas entre dois adversários, perdeu uma boa oportunidade de rematar à baliza de Espinha. 
.
Perante um Santa Eulália que se apresenta como um dos candidatos à subida, o Arões mostrou muito caráter e vontade, mesmo reduzido a dez elementos e em posição de desvantagem. Um lance resultante de uma bola parada resolveu um jogo entre duas das melhores equipas do campeonato, que apesar das cautelas, foram muito ambiciosas na busca da vitória.
.
Jogo realizado no Parque Desportivo – Centro Para a Formação e Juventude de Arões.
.
Árbitro: José Carreira, auxiliado por Ricardo Silva e Carlos Macedo.
.
ARÕES SC: Miguel, Jorge Miguel, Fernando Beijinhos (cap.), Sérgio, Zezinho, Néné, Barbosa (André, 72'), Bruno Cunha (Gustinho 79'), Pablo (Garcia, 82'), Ismael e Raimundo. Treinador: Miguel Paredes.
.
CCD SANTA EULÁLIA: Espinha, Tiago Monteiro, Basílio, Filipe Alves (Filipe Magalhães, 61'), Armando, Élio, Martins (Paulinho, 72'), André Cunha, Nélson (cap.), Zézé e Carlitos I (João Pedro, 80'). Treinador: João Fernando.
.
Disciplina - cartões amarelos: Nélson, 35', Filipe Alves, 54', Tiago Monteiro, 75', Néné, 87', Garcia, 89', João Pedro, 90+2'. Cartão vermelho: Raimundo, 48'.
.
Marcador: Armando, 68'.
.

Sem comentários:

Enviar um comentário