domingo, 30 de março de 2014

Pró-Nacional: CC Taipas, 1 - Arões SC, 0

Opinião: 
Texto e fotos: Rui Silva
.
Eficácia foi inimiga dos aronenses
.
- André defendeu tudo o que havia para defender
.

Não foi uma derrota justa, mas no futebol sabe-se que nem sempre ganha quem o mereceu. Apesar dos condicionalismos por lesões durante a semana e no próprio jogo em que Pablo e Zézinho forçaram o técnico aronense a mexidas na equipa, o Arões poderá queixar-se das várias ocasiões clamorosas de golo.

Kéke foi o primeiro a dar a rematar à baliza de André, ao minuto 10, mas o remate esbarrou num defesa, sobrou para Bruno Cunha que entrega de novo a Kéke, mas o remate voltou a apanhar um defesa.

Ao minuto 16, Bruno Cunha cai na área do Taipas, após disputa de bola com Vítor. Ficou a sensação de um toque do defesa, mas o juiz da partida assim não entendeu e admoestou o jogador aronense com a cartolina amarela. Pablo pica a bola por cima da defensiva do Taipas, onde surge Gustinho isolado, mas André saiu-se bem e negou o golo. Assistia-se a um jogo “partido”. Aos 28 minutos, o Taipas ganha dois cantos seguidos, mas sem perigo para a baliza à guarda de Miguel.

Com meia hora de jogo, duas perdidas, a primeira de Bruno Cunha a responder ao cruzamento de Pedro Rosita, mas a falhar o alvo. Volvidos dois minutos, foi Zézinho que cruzou para Ismael não conseguiu mais que um canto. Minuto 34, primeira contrariedade da partida, sai Pablo queixoso e entra André.

Nelson proporcionou a Miguel uma enorme defesa, quando ao minuto 35, desferiu um “míssil” a uns bons 30 metros, sendo-lhe negado o golo, com Miguel a desviar para canto. Na resposta, Gustinho recupera a bola, entra na área mas rematou saiu-lhe por cima. Na resposta o Taipas através de cruzamento largo vê Zézinho atira o “pão da boca” a Saviola, ao cortar a bola quando este se aprontava para o remate.

Aos 41 minutos, Ismael fica bem posicionado, após um defesa escorregar à sua frente mas o remate foi desviado, para canto, mas assinalaria pontapé de baliza. Intervalo sem golos, a castigar a má eficácia atacante.

No regresso ao relvado foi o Arões de novo a procurar chegar ao golo, minuto 48, Zézinho cruza, Ismael amortece para André que chega atrasado para finalizar. Ao 50º minuto, nova mexida forçada, sai Zézinho lesionado entra Jorge Miguel. Minuto seguinte Bruno Cunha à sua imagem, tem um lance de insistência pela zona central, entregando a Gustinho á entrada da área que teve o gigante André a negar mais uma vez o golo Aronense.

Novo duelo Gustinho vs André, aos 60 minutos - Gustinho tentou um chapéu que não foi aceite por André, que desviou para canto. Aos 64 minutos, respondeu Saviola de cabeça mas a bola saiu desenquadrada com a baliza. O Taipas ganhou um canto aos 72 minutos, a bola sobrou para Berto, mas o remate saiu por cima.

Fernando Beijinhos voltou a ser expulso
Minuto 76, mais uma perdida do Arões, após um lance de bola parada, bola metida na direita onde Fernando Beijinhos apareceu isolado perante André, que uma vez mais evitou o golo cortando para canto. Minuto 82, ataque do Taipas com bola metida em Zézé, que à entrada da área sofreu falta de Fernando beijinhos. Pediu-se penalti do lado do Taipas e fora de jogo do lado do Arões. O juiz apontaria a marca do penalti, que seria concretizado em golo pelo próprio Zézé. Do lance Beijinhos seria expulso com a amostragem do cartão vermelho.

Garcia, que entraria para o lugar de Gustinho, ainda importunou a defensiva do Taipas, e teve mesmo uma bela oportunidade, num forte remate a baliza de André, mas a errar o alvo. O jogo aproximava-se do fim, com o técnico Marco Alves a “queimar” os derradeiros minutos com três substituições nos últimos minutos da partida, 90, 92 e 93 minutos.

Saiu castigado o Arões do campo do Montinho, pelas excessivas falhas atacantes, foram inúmeras e diga-se em abono da verdade que André esteve imbatível. Pois se às vezes se perde por um defesa falhar, outras perde-se ou empata-se por não se marcarem as muitas oportunidades que uma equipa cria ao longo do jogo.

#  ficha de jogo #

Jogo realizado no campo do Montinho . Caldas das Taipas . Guimarães.

Árbitro: Filipe Araújo, auxiliado por Ricardo Antunes e Lázaro Martins.

CC TAIPAS: André, Carlos, Vítor, Carlos Campos, Saviola, Dunio, Berto, João Paulo, Nelson, Lapinha e Zézé. Treinador: Marco Alves.

ARÕES SC: Miguel, Pedro Rosita, Fernando Beijinhos, Sérgio,  Zezinho (Jorge Miguel, 50’), Kéke, Pablo (André, 34’), Barbosa, Gustinho (Garcia, 83’), Bruno Cunha e Ismael. Treinador: Miguel Paredes.

Disciplina - cartão amarelo: Bruno Cunha, 16’; Nelson, 53’; André, 80’; João Paulo, 86. Cartão vermelho: Fernando Beijinhos, 82’.

Marcador: Zézé, 82’.

Sem comentários:

Enviar um comentário