domingo, 2 de março de 2014

Taça AF Braga: CD Celeirós, 0 - Arões SC, 1

Opinião: 
Texto e fotos: Rui Silva
.
Ismael foi um Deus no(s) livre
.
- 'Folha seca' do extremo coloca Arões nos 'oitavos'
.
O Arões apurou-se para os oitavos-de-final da Taça AF Braga ao vencer em Celeirós por uma bola a zero. A equipa regressava a um campo onde não tinha sido feliz para o campeonato e em véspera de carnaval, nova partida não era desejada pelo balneário aronense.

Viu-se um Arões mandão, a assumir o jogo criando logo aos três minutos um bom lance, numa arrancada de Raimundo após recuperar a bola, entrega a Bruno Cunha que bem posicionado foi intercetado pelo adversário.

À passagem do quarto de hora o Celeirós reagiu criando, de bola parada, alguns calafrios na defensiva aronense. Mas a melhor oportunidade esteve nos pés de Cesário, que após isolar-se na área, assustou-se com o enorme Paulo Jorge a negar-lhe o golo.

O Arões responderia ao minuto 20, num livre apontado por Bruno Cunha. Barbosa antecipou-se a Malhão e cabeceou para o fundo das redes, mas incompreensivelmente, o golo seria anulado por suposta falta que não se deslumbrou.

Voltaria o Arões de novo à carga, com Ismael a furar a defensiva contrária mas o remate ao não sair. Aos 39 minutos, boa subida de Jorge Miguel, a rematar de surpresa obrigando Malhão a esticar-se e desviar para canto. 

O Arões estava por cima e terminaria com dois lances de perigo, ambos finalizados por Ismael. No primeiro Raimundo e Ismael “cozinharam” um belo lance na área, mas falhou o remate. O outro lance inicia junto à linha de meu campo, com o génio Pablo a fabricar um lance em que Ismael, na área, não daria o final desejado. O intervalo surgia com o lance aos 20 minutos a marcar a primeira parte.

No segundo tempo, aos 48 minutos, livre de Bruno na esquerda, Raimundo receciona bem mas Malhão atento antecipa-se agarrando o esférico. Minuto 54, Zezinho na esquerda, combina com Raimundo, mas este prefere deixar para Pablo que atira por cima da baliza de Malhão.

Ao minuto 59, livre a favorecer os Aronense, Ismael confiante apodera-se da bola e saca “uma folha seca” não dando hipóteses a malhão e inaugurando o placar. Vantagem merecida para o Arões que num jogo disputado de forma aguerrida por ambas as equipas, tinha no Arões a equipa a praticar melhor futebol.

Aos 65 minutos protestou-se nas bancadas, quando Fernando Beijinhos à entrada da área vê a bola embater-lhe na mão, sobrando para Bruno Mota que isolado na área, desperdiçou a oportunidade de igualar a partida, perante um Paulo Jorge de novo em grande a negar-lhe o golo. Ajuizou bem o árbitro da partida, pois a marcar falta beneficiava o infrator, pois Bruno Mota estava em excelente posição para fazer o golo.
Ismael inspirado, de livre ao minuto 76, obrigou Malhão a aplicar-se e a sacudir para canto. No minuto seguinte Jorge Miguel investe na área e vê de novo Malhão a desviar para novo canto.

O Arões estava na mó de cima e nem um cabeceamento de Bruninho aos 84 minutos evitou a justa vitória da equipa fafense. Este triunfo encaminha o Arões para os 1/8 de final, onde irá defrontar novo emblema de Braga, desta feita o Parada de Tibães.

#  ficha de jogo #

Jogo realizado no Parque desportivo Celeirós . O Feliz | Celeirós . Braga

Árbitro: Vítor Ferreira , auxiliado por Nuno Freitas e José Silva.

CD CELEIRÓS: Malhão, Ruisinho, Nélson Feliz, Tiago, Figo (Fábio, 60’), Bruninho, Perry (Luizinho, 82’), Cesário, Police (Serra, 60’), Bruno e Bruno Mota. Treinador: Jorge Macedo.

ARÕES SC: Paulo Jorge, Jorge Miguel, Fernando Beijinhos, Sérgio, Zezinho, Néné, Pablo, Bruno Cunha (André, 89’), Barbosa, Ismael (Agustinho, 78’) e Raimundo (Kéke, 86’). Treinador: Ricardo Cunha.

Disciplina – cartões amarelos: Tiago, 21’; Perry, 58’; Fernando Beijinhos, 66’; Cesário, 66’; Ruizinho, 71’; Fábio, 74’. 

Marcador: Ismael, 59’.

Sem comentários:

Enviar um comentário