segunda-feira, 28 de abril de 2014

Juniores do Arões vencem em Porto D'Ave (0-2)

Opinião: 
Texto: Ricardo Castro | Foto: Rui Silva

Bruno e Luís Soares selaram segunda vitória forasteira
.
Os Juniores do Arões Sport Clube deram o melhor seguimento à vitória caseira diante do São Nicolau e foram a Porto D’Ave somar três pontos este domingo. Triunfo por duas bolas a zero, naquele que foi o segundo êxito na condição de visitante neste campeonato.
.
O Arões entrou bem e Fumega deu o primeiro sinal, numa boa jogada pelo lado esquerdo, onde só faltou o cruzamento final. Logo a seguir, Marco colocou a bola em Miki, que com pouco ângulo rematou para uma boa defesa do guarda-redes da casa. 
.
A equipa de Miguel Castro não se livrou de alguns sustos, mas continuou a procurar o golo, que surgiu de grande penalidade, num lance onde o árbitro expulsou o jogador da casa. Na conversão do castigo máximo, Bruno permitiu a defesa do guarda-redes, mas o árbitro mandou repetir o lance, por infração dos jogadores do Porto D’Ave. À segunda, o lateral não falhou e levou o Arões a vencer pela margem mínima para o intervalo.
.
Mesmo em inferioridade, o Porto D’Ave entrou melhor na segunda parte. Mas o Arões conseguiu evitar as investidas do adversário, tentando contra-ataques rápidos com a velocidade de Miki. A meio da segunda parte, Miguel Castro refrescou a equipa, fazendo entrar Zé Dias e Zé Fernandes, para os lugares de Cardoso e Jota.
.
O Porto D’Ave buscava o empate, mas Leonel estava numa tarde inspirada e evitou o primeiro golo da equipa da Póvoa de Lanhoso. Aos 70 minutos, Cenoura solicitou Miki e este desferiu um potente remate, para a defesa da tarde do guardião visitado. Volvidos cinco minutos, numa nova iniciativa de Cenoura, a bola sobrou para Luís Soares, que arrancou pela direita em direção à baliza e à saída do guarda-redes, fez um chapéu que só terminou no fundo da baliza. Um grande golo do dianteiro aronense, que deixava a equipa mais tranquila em campo.
.
Dobrada a vantagem, Miguel Castro mexeu no meio campo, ao tirar Cenoura para a entrada de Roberto. Até final, o Arões geriu os dois golos de vantagem e conquistou três preciosos e moralizadores pontos nesta reta final do campeonato.
.
Foi a segunda vez que a equipa aronense conseguiu duas vitórias consecutivas. Os comandados de Miguel Castro isolaram-se no 10.º lugar, tendo agora 22 pontos, mais três que o Pencelo e menos dois que o Tabuadelo. Na próxima jornada, a penúltima, o Arões tem uma boa oportunidade para vencer, com nova deslocação à Póvoa de Lanhoso, desta feita para defrontar o Emilianos, 12.º classificado com 12 pontos.
.

Sem comentários:

Enviar um comentário