quinta-feira, 3 de julho de 2014

Arões SC: Filipe e Rui Rampa confirmados

Opinião: 
Texto: Ricardo Castro | Foto: Ricardo Castro/João Carlos Lopes
.
Experiência e juventude fafense ao serviço de Miguel Paredes
.
Filipe (à esquerda) e Rui Rampa (à direita)
Depois do guarda-redes João Sampaio, o Arões Sport Clube garante mais dois reforços para a próxima temporada. Trata-se do avançado Filipe (ex-AD Fafe) e também do defesa central Rui Rampa, proveniente do Pica. Confirmadas mais duas aquisições, Miguel Paredes conta com mais experiência e juventude no plantel para 2014/2015.
.
Aos 39 anos, e depois de vestir de amarelo e preto nas últimas cinco épocas, o baixinho Filipe aumenta o leque de opções ofensivas da equipa, colmatando para já a saída do extremo Ismael, que emigrou para a Suíça.
.
Apesar da idade, Filipe tem revelado ser como o vinho do Porto, mostrando clara influência nos últimos anos em Fafe. Na época passada foi quase sempre titular com Agostinho Bento, apontando seis golos (cinco no campeonato e um na Taça de Portugal) em 33 jogos. Além do Fafe, Filipe já representou Maria da Fonte, Tirsense e Taipas.
.
Quem também reforça o Arões é Rui Rampa. Aos 21 anos, o jovem central reencontra Miguel Paredes, que já o treinara na formação do Fafe. Em declarações ao Arões Global, Rampa afirma que “ingressar no Arões é um grande passo”. “Vou representar o melhor clube fafense a jogar em campeonatos distritais e sem dúvida é um grande desafio, ao qual me irei entregar completamente e tudo farei para ajudar o clube a atingir patamares iguais ou maiores aos da época passada”, garante. O ex-Pica vê ainda o Arões como uma “boa oportunidade para evoluir” como jogador.
.
Sobre a mudança de ares, Rampa afirma que “nunca é fácil abandonar um clube que me acolhe como o Pica o fez, mas sou ambicioso e ao saber os objetivos do Arões e as pessoas com quem ia trabalhar, claro que facilitou muito a minha decisão”, refere. O central afirma que vai dar tudo para conseguir um lugar. “Nunca deixei nem vou deixar de me aplicar a partir do momento em que conseguir a titularidade”, diz. Contudo, Rampa sabe que será difícil “porque o Arões tem excelentes jogadores e com os quais sei que vou aprender muito”.
.
Depois da formação no Ases de São Jorge e na AD Fafe, onde chegou no segundo ano de juvenil, Rampa teve uma experiência no Vila Real, mas os estudos não compatibilizaram a sua permanência no clube. Chegou a treinar no GD Travassós, mas não foi inscrito e passou o último meio ano no Pica. Pelo meio, jogou futsal ao serviço dos Amigos de Fafe.
.
De notar que os três jogadores já garantidos pelo Arões tendo em vista a próxima época são todos naturais de Fafe. 
.

Sem comentários:

Enviar um comentário