domingo, 28 de setembro de 2014

Pró-Nacional: Porto D'Ave, 0 - Arões SC, 0

Opinião: 
Texto e fotos: Rui Silva
.
Aronenses falham assalto à liderança
.

Após a derrota caseira perante o Torcatense na última jornada e a consequente perca do primeiro lugar, o Arões dispunha de uma boa oportunidade para voltar à liderança, face a derrota do Torcatense em Guimarães, frente ao Maria da Fonte, que destronou a equipa da casa, assumindo provisoriamente o comando do Pró-nacional.
.
Num terreno tradicionalmente difícil, foi o Arões foi quem tentou tomar as rédeas do jogo, perante uma equipa do Porto de Ave pressionante e que procurava servir Roger com bolas metidas na frente.
.
Todos conhecem as qualidades de Roger e sabem o seu valor, mas o atleta/homem teve por volta do quarto de hora de jogo, uma atitude anti-desportiva, “agredido” Fernando Beijinhos, num lance que passou despercebido à equipa de arbitragem.
.
O Arões criaria uma boa oportunidade quando André sobre a direita serviu Zézé que chegou atrasado para a emenda. O Porto de Ave foi respondendo mais com lances de bola parada enquanto o Arões tinha dificuldade em organizar o seu jogo perante pressão constante sobre o homem da bola por parte do meio campo Portodavenses.
.
O Arões voltaria a criar perigo junto à baliza de Abreu com Agostinho a servir Zézé que falharia o remate para golo.
.
Porto Ave responderia com um contra-atque lado direito cruzamento perigoso para Roger encostar, mas por cima da baliza de Paulo Jorge.
.
A equipa de Miguel Paredes dispôs ainda de dois cantos antes do intervalo, num deles a bola sobrevoou toda a área do Porto de Ave sem que ninguém surgisse para emendar.
.
No regresso do intervalo nenhum técnico efetuou mexidas e seria novamente o Arões a ter a iniciativa de jogo. Ao minuto 55, Pablo desmarca Zézé que já na pequena área puxa para traz, quando poderia ter rematado, acabando por perder a bola. O Porto de Ave respondia com lances rápidos de gera que tentava servir Roger.
.
Ao minuto 65 Abreu lesionado daria o seu lugar a Rafa, outras alterações aconteceram, com os técnicos a tentarem mexer no jogo. Do lado do Porto de Ave Bom Jardim entrava para o lugar de Luís Filipe e Miguel Paredes tirava Pablo e Raimundo lançando Barbosa e Gustinho.
.
As substituições não trouxeram melhorias, e pelo contrário seguiu-se um período em que o Porto de Ave estaria por cima, sem que criasse perigo.
.
Os fafenses tentariam novo assalto, mas sem sucesso, pois esbarravam num bloco defensivo bem estruturado.
.
O irrequieto Gera teria uma excelente oportunidade a poucos minutos do final do jogo, num lance muito rápido, contorna Paulo Jorge rematando à baliza, mas Fernando beijinhos no papel de “pronto socorro” cortaria a jogada para canto.
.
O Arões respondeu de canto, Agostinho cobra para Raimundo penteia a bola, sobrando para André que só na pequena área remata por cima.
.
O empate acabaria por permanecer até ao apito final, sendo que se aceita o nulo face à produtividade das equipas que lutaram muito a meio campo, dispuseram de algumas oportunidades, mas sem conseguirem alcançar o golo.
.
Ficha de jogo:
.
Jogo realizado no Parque de jogos de Porto D´Ave. Porto Ave – Póvoa de Lanhoso.
.
Árbitro: Gaspar Castro, auxiliado por Nuno Salgado e Luís Salgado.
.
GD PORTO AVE: Abreu (Rafa, 65’), Giane, Montenegro, Costa, Jorge Miguel, Shweppes, Geraldo (cap.), Luís Filipe (Bom Jardim, 69’), Bruno Monsul, Cláudio (Rui Ossos, 85’) e Roger. Treinador: Guilherme Ramos.
.
ARÕES SC: Paulo Jorge, Marquinhos, Fernando Beijinhos (cap.), Nandinho, Zezinho, Néné, Pablo (Gustinho, 75’), Agostinho, André Sampaio (Garcia, 85’), Raimundo (Barbosa, 69’) e Zézé. Treinador: Miguel Paredes.
.

Sem comentários:

Enviar um comentário