terça-feira, 19 de maio de 2015

Assembleia de Freguesia, Arões São Romão

Opinião: 
João Laranjeiro

Realizou-se na passada quarta- feira, dia 29, pelas 21 horas, no auditório da sede da junta, a assembleia ordinária com seis pontos da ordem do dia.
.
Antes da ordem do dia, foi pedido um minuto de silêncio no voto de pesar pelo falecimento do funcionário da junta Sr. Fernando da Silva Pereira, para que o mesmo ficasse registado em ata. Ainda foi como nota de lembrar o título de campeões da distrital em juriores e juvenis do Arões SC.
Após a leitura da ata anterior, foi a bancada do psd, que frisou “o titulo de campeões do ASC, e pelo bom trabalho desenvolvido pelo ex pres, mas pretendendo retorno perante esta bancada. Unânime no voto de pesar. Falta de conhecimentos de contratos celebrados pela junta e volta a fazer o reparo às atas e sugeriu que estas mesmas fossem gravadas”, mesmo assim a ata foi a votação e teve aprovação por unanimidade.
.
A intervenção dos Independentes por Fafe, representada pelo deputado Fernando Costa vai lembrando ( como já o fez em outras assembleias) “a limpeza dos espaços públicos e se já foi celebrado contrato, salvaguardar a zona urbana na revisão do PDM e não caia em saco roto o nó de acesso à zona industrial e se a rua da tapada terá saneamento”. PS foi em torno do saneamento e locais a abrangidos e em que fases. Pela bancada do PS foi em torno do saneamento “e quais são as zonas abrangidas e se podem ser realizadas em segunda fase”O PSD congratula-se pelo andamento do saneamento, mas preocupado com a segurança da EB1 de Arões e ainda a situação do PDM.
.
O executivo respondeu, "a situação vista no terreno por uma equipa da autarquia e presidentes de junta para o arranque do plano diretor municipal com sessão pública, reclamarem (caso fosse do seu interesse) a área envolvida. O acesso à zona industrial, conhecido pelo nó de Arões vai arrancar para breve. Na EB1 já foi visitada pelo vereador do ensino para verificar a necessidade de uma intenvenção, sendo da responsabilidade da câmara, mas a segurança está “controlada”. As tampas de esgoto também junto deste estabelecimento de ensino vão ter nova forma de material para não voltar a ter este roubo".
.
Quanto ao saneamento em que foi questionado com mais revelo não só pelas bancadas mas também pela tribuna, sendo que foi feito um bom esclarecimento por parte do tesoureiro Joel Fernandes munido de mapas e realçou as novas fases, sendo a segunda pelos lugares dos barreiros, espadanal, fregim, quinta, veigas e portal. A terceira fase, na portela, souto novo e rua dos bons caminhos.
Nos pontos da ordem do dia, apreciação da informação escrita pela Presidente de Junta ( que foi lida pelo seu secretário Ricardo Lopes), realçando “que está concluído o arranjo nas sepulturas, rua da estrada, novos passeios, rotunda dos ferreiros, 1ª fase do saneamento, admissão de três novos funcionários pelo IFP, mantendo limpos os espaços do parque infantil e cemitério. Na acção social várias atividades, preenchimento do IRS, como também colaborando no transporte escolar”, frisou.
Apreciação do regulamento interno do cadastro e inventário de bens da freguesia e apreciação do mapa de inventário des bens móveis da freguesia. Perante a Lei das Autarquias locais foi feito o cadastro e inventário dos bens móveis, o que seus bens imóveis será posterior.
.
Apreciação e deliberação da proposta da atribuição de toponímia a novas ruas da freguesia. No antigo lugar do Porto, ficou rua do Porto e travessa do Porto, ainda a travessa dos Oleiros 3. Mesmo que para o deputado dos independentes por Fafe, ironicamente dissesse que esta travessa dos oleiros 3 “desse origem a nome de filme”, foi aprovado por unanimidade. Apreciação e votação da prestação de contas do ano de 2014, que foi aprovado por maioria e abstenção das bancadas do psd e independentes por Fafe.
.
Informação das declarações da Presidente de junta de acordo com o Art. 15 da Lei nº 8/2012 de 21 de fevereiro, que se trata de pagamentos, em que estes mesmos não se encontram em divida que tinham que ser esclarecidos nesta assembleia a título informativo, a onde todos os seus documentos estão devidamente registados. No último ponto da ordem de trabalhos, deliberação e aprovação da 1ª revisão do orçamento e PPI no ano de 2015, este ponto foi aprovado por maioria com abstenção pelos independentes por Fafe. Na intervenção dos presentes, em torno do saneamento, o executivo esclareceu , como ainda o local das novas toponímias, dos ecopontos queimados ( no pinhal), rotunda dos oleiros, wc do cemitério, buraco à entrada do café esplanada, estaleiro e PDM. Uma assembleia com uma duração de quase três horas, em que foi cordeal perante as bancadas e a tribuna.

Sem comentários:

Enviar um comentário