terça-feira, 19 de maio de 2015

João Salgueiro, treinador do Terras de Bouro: "Virar a página e abri-la noutro lado"

Opinião: 
Foto: Ricardo Castro
.
O treinador do Terras de Bouro, João Salgueiro, considerou o resultado justo, ainda que, para si, a grande penalidade que decidiu o jogo a favor do Arões seja um lance "dúbio". O técnico dá como quase certa a saída do clube, depois de dois anos à frente dos terrabourenses:
.
“Atendendo ao que foi o jogo, penso que perdemos com um penalti um bocado dúbio, mas os resultados são sempre justos. Parabéns ao Arões. Ganhou e manteve um lugar honroso para uma equipa que há muitos anos luta por algo mais. O resultado acaba por ser o que não queríamos e acima de tudo, por aquilo que os jogadores fizeram, pelo calor intenso, penso que se o resultado fosse o empate, não desilustrava aquilo que se passou.

Desde o início da época que os nossos objetivos eram a manutenção. Claro que depois da excelente primeira volta que fizemos, muita gente não contava connosco, pensavam que eramos uma equipa que ia jogar para não descer, ficámos um pouco frustrados mais pelo que nos fizeram do que aquilo que nós fizemos. Acho que, a partir de determinada altura, não nos deixaram fazer mais e fomos cimentando uma posição tranquila. Percebemos que não podíamos lutar de igual para igual e então fomos à procura do nosso objetivo principal. Os jogadores, excelentes, estão de parabéns. Fizemos uma época acima das expetativas para o que muitas pessoas pensavam.

Não estou vinculado a ninguém, mas em princípio o meu ciclo no Terras de Bouro acabou, agora ficarei tranquilamente à espera de propostas para ver se no próximo ano volto a treinar uma equipa da Pró-Nacional. Acho que passei dois anos muito bons, uma subida de divisão e um nono lugar na Pró-Nacional. Está na altura de virar a página e se calhar abri-la noutro lado.”
.

Sem comentários:

Enviar um comentário