segunda-feira, 5 de outubro de 2015

Assembleia de freguesia nada pacifica

Opinião: 
João Laranjeiro

- "Quer se manter calado"

Realizou se na passada terça feira, dia vinte e nove assembleia ordinária nas instalações do auditório da Junta, com o ponto depois da ordem do dia a declaração escrita da Presidente de Junta acerca das atividades da junta desde a última assembleia.
.
Uma assembleia que teve onze presentes na plateia, e uma tribuna pela ausência (com o pedido de suspensão de trinta dias) da Conceição Pereira na qualidade de secretária da mesa desta assembleia e da deputada Andreia Miranda. Foram devidamente substituídos no ato da assembleia por legitimidade sem votação ao contrário do líder da oposição (psd) intervir a pedir à mesa a constituição da mesma e referiu "que iria ser bonito" se o substituto não fosse abordado, acabou por não querer ir a votação e o Presidente da mesa, por duas vezes convidou o para se "manter calado".
.
Cinco primeiros minutos em nada demonstraram ser uma assembleia pacifica e em nada valeu esta observação, porque seguiram a ordem dos presentes da bancada.
.
Abertura da assembleia com a intervenção do psd em relação à inauguração da loja do cidadão e "queria saber os efeitos destes serviços". O deputado por os independentes por Fafe também "queria saber e seria elegante os serviços desta loja do cidadão porque se é para cortar fita não me convidem, e parabéns pelo espaço do largo da Torre e aproveitou para alertar a pavimentação das ruas e as tampas está uma lástima e sinalizada".
.
O líder do psd, volta ( como já o fez em outras assembleias) referir "as atas e pede um cuidado maior, mantendo a posição que as mesmas assembleias sejam gravadas, ainda o PDM em relação à portela se foi desbloqueado, folgamos a posição do ASC e pecou pelo convite da inauguração do espaço do cidadão ter chegado só no dia anterior".
.
Ainda este líder da oposição fez referência "se existe algum plano de contingência relativo aos refugiados e se o público não tem ordem de opinar", sendo dirigido ao Presidente da mesa.
Esta mesma força politica quer chamar o ex Presidente do ASC (Pedro Castro) para lembrar tudo o que fez pelo clube.". e em relação ao parque escolar merece mais intervenção sobre a limpeza em toda a sua área e a feira de artesanato levou uma critica em relação aos expositores e propõe dar uma volta a isto e pretende que seja no mesmo dia da elevação a vila".
.
O executivo respondeu ás questões levantadas dizendo que "em relação ao espaço do cidadão está solidária pelas intervenções e as valências do Secretário de Estado mas não disse quais, mas vão progredir os serviços, a intervenção do lardo da Torre irá melhorar e em relação às tampas de saneamento está a ser feito um estudo na câmara para uma intervenção". 
" No PDM, o executivo irá apresentar já na próxima assembleia o mapa sendo extenso para melhor ficarem informados, e no assunto do ASC.( que é debatido por várias vezes pelo psd) o executivo já reuniu com a Autarquia perante a subida e suas dificuldades financeiras em que a mesma já disponibilizou verbas".
.
No ponto em agenda desta assembleia, a Presidente fez referencia às atividades na conclusão do espaço de lazer do largo da Torre, pavimentação da rua do penedo, passeios, limpeza no parque escolar e tanques públicos, e na ação social renovar parcerias com o programa "ser solidário", na educação prolongamento de horário escolar, transporte escolar, feira de artesanato e a festa da elevação do 6ª aniversário de elevação de Arões a vila" entre outras atividades neste verão. 
Presidente da mesa desta assembleia fez referência ao voto de louvor ao ex Presidente do ASC.
Na intervenção dos presentes, Sr. Nelson colocou ao executivo para dar solução a perda de visibilidade de quem vem da travessa de porinhos devido à publicidade do conhecida espaço de jogos da santa casa.
"Tempo de intervenções exagerado" referiu Sr.Alves, propondo um tempo para o fazer e é só porque gosto pouco de intervir". 
A intervenção do ex Autarca José Carvalho Freitas, em relação ao voto de louvor ao ex Presidente do ASC, Pedro Castro, esclareceu "em direito de cidadania é o que me move intervir ou mente o Presidente ou o ex Presidente, porque no dia dez de maio disse ao Pedro pelo voto de louvor do executivo e o Pedro não tinha recebido essa transmissão". Por sua vez O Presidente da mesa que também é o atual Presidente do ASC assume que enviou a documentação prova do voto de louvor".
O Presidente da mesa e "enquanto eu for não irei permitir a gravação e filmar e apela ao bom senso dos pontos em agenda" mesmo que as bancadas da oposição apelam que sejam gravadas.
.
Na votação da ata que continua "amarga" para o psd foi aprovada por unanimidade mas com a abstenção do psd.
.
Assembleia com quase duas horas de duração, que se podia evitar tanto tempo se fossem aos assuntos essenciais para o bem da freguesia e não de assuntos "fúteis".

editado em 8 de Outubro.

Sem comentários:

Enviar um comentário